Rede Social Espiritualista : Doutrina Espírita (Kardec), Budismo, Esoterismo, Hinduismo, Antroposofia, Seicho-No-Ie, Taoísmo, Celtas/Druidas

Membros

Fórum

PSICOPATIA, PERTURBAÇÃO ESPIRITUAL ou AMBOS ?

Iniciado por Henrique em Geral. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 10 Set. 3 Respostas

Como ajudar um espírito suicida?

Iniciado por Nilza Garcia em Geral. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 9 Dez, 2020. 1 Resposta

A PACIÊNCIA !!!

Iniciado por Fernanda Souza em Doutrina Espírita 13 Nov, 2020. 0 Respostas

Espírito Imortal - 5 minutos de espiritismo - Morel Felipe Wilkon

Iniciado por Carolina Flores Quintanilha em Doutrina Espírita. Última resposta de Beatriz caffarate 10 Ago, 2020. 1 Resposta

Mundos de Expiações e de Provas

Iniciado por Nilza Garcia em Doutrina Espírita. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 23 Maio, 2020. 1 Resposta

COMO A VERDADE O LIBERTA

Iniciado por Nilza Garcia em Esoterismo. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 20 Maio, 2020. 1 Resposta

SER MÉDIUM É SINÔNIMO DE MISSIONÁRIO?

Iniciado por Nilza Garcia em Geral. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 20 Maio, 2020. 1 Resposta

Carnaval - Artigo de Divaldo Franco

Iniciado por Nilza Garcia em Geral. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 17 Maio, 2020. 2 Respostas

Chegada ao Mundo Espiritual - A Colheita

Iniciado por Nilza Garcia em Doutrina Espírita. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 17 Maio, 2020. 2 Respostas

Tudo é Vibração

Iniciado por Nilza Garcia em Geral. Última resposta de Nizomar Sampaio Barros 16 Maio, 2020. 1 Resposta

ORACÃO DO CRIADOR

Iniciado por Nilza Garcia em Esoterismo 29 Fev, 2020. 0 Respostas

Enquadrando o espertinho

Iniciado por Nilza Garcia em Geral 20 Fev, 2020. 0 Respostas

Badge

Carregando...

Colunistas em Destaque

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Últimas atividades

Ricardo gomes curtiu a postagem no blog Consolo Espiritual - Quem de nós nunca chorou pela morte de uma pessoa amada? de Patrizia Gardona
7 horas atrás
Ricardo gomes curtiu a postagem no blog Nossa prece de Patrizia Gardona
7 horas atrás
Ricardo gomes curtiu a postagem no blog EMPATIA - Fazei aos homens tudo o que desejai que eles vos façam... de Patrizia Gardona
7 horas atrás
Ricardo gomes comentou a postagem no blog Você já leu o livro O Martírio dos Suicidas de Almerindo Martins de Castro? de João Paulo Dias Rosa
"Muita Phaz e Prosperidade Moral !!."
7 horas atrás
Ricardo gomes comentou a postagem no blog Você já leu o livro O Martírio dos Suicidas de Almerindo Martins de Castro? de João Paulo Dias Rosa
"Sim !. Todo o tipo de esclarecimento é bem vindo !!."
7 horas atrás
Ricardo gomes curtiu a postagem no blog Você já leu o livro O Martírio dos Suicidas de Almerindo Martins de Castro? de João Paulo Dias Rosa
7 horas atrás
Ricardo gomes comentou a postagem no blog Encontrando Espíritos Familiares durante o Sono de Patrizia Gardona
"Sim !. Não precisaremos desencarnar para chegarmos a conclusão da vida após…"
7 horas atrás
Ricardo gomes curtiu a postagem no blog Encontrando Espíritos Familiares durante o Sono de Patrizia Gardona
7 horas atrás

Quem vem aqui ?

 

Bate-papo

Conversas ativas

Desconectado

    Desconectado

    Você está desconectado do bate-papo. Conecte-se para entrar no bate-papo.

    Suspenso do bate-papo

    Registre-se para bater papo no Espirit book.

    Registre-se

    Blog - Assuntos em Destaque

    Abnegação

    Postado por Patrizia Gardona em 29 novembro 2021 às 5:59 0 Comentários

    A evolução espiritual é um fenômeno bastante complexo, que se dá em sucessivas fases.

    No começo, predomina a natureza corpórea.

    Dominada pelos instintos, a criatura dedica seu tempo e seu interesse a atividades comezinhas.

    Comer, vestir-se, abrigar-se, procriar e cuidar da prole, eis a que se resumem suas preocupações.

    Nesse período, o egoísmo é marcante.

    Os instintos de conservação da vida e da preservação da espécie têm absoluta preponderância.

    Com o tempo, o ser começa a desvincular-se de sua origem.

    A inteligência se desenvolve, o raciocínio se sofistica e o senso moral desabrocha.

    As invenções tornam possível gastar tempo com questões não diretamente ligadas à sobrevivência.

    Viver deixa de ser tão difícil, sob o prisma material.

    Em compensação,…

    Continuar

    Aborrecimentos

    Postado por Patrizia Gardona em 29 novembro 2021 às 5:58 0 Comentários

    Nada mais comum, nas atividades terrenas, do que o hábito enraizado das querelas, dos desentendimentos, das chateações.

    Nada mais corriqueiro entre os indivíduos humanos.

    Como num grupo de meninos, em que cada gesto, cada nota, cada menção se torna um bom motivo para contendas e mal-entendidos, também na sociedade dos adultos ocorre o mesmo fenômeno.

    Mais do que compreensível que nós, como se fôssemos um menino de pavio curto, liberemos adrenalina nos episódios cotidianos que desafiam a nossa estabilidade emocional.

    Compreensível que nos agitemos, que nos irritemos, que levantemos a voz, que afivelemos ao rosto expressões feias de diversos matizes.

    Tudo isso é possível de acontecer por causa do nível do nosso mundo íntimo.

    No entanto, é bom lembrarmos que não viemos…

    Continuar

    A arte de ensinar

    Postado por Patrizia Gardona em 29 novembro 2021 às 5:56 0 Comentários

    Aquele garoto de oito anos tinha o hábito de dialogar com os pais. Numa tarde, enquanto a mãe providenciava um lanche, ele contava a ela suas experiências na sala de aula.

    Comentava sobre cada professor, sua maneira de ser e de transmitir ensinamentos.

    Dizia que gostava muito das aulas de uma determinada professora, embora não gostasse muito da matéria.

    Comentava, ainda, que detestava ter de assistir aulas de sua matéria preferida porque não gostava da professora.

    Dizia, com a franqueza que a inocência infantil permite: A professora de História está sempre de mau humor. Ela grita com a gente por qualquer motivo e nunca sorri.

    Quando passa uma lição e algum aluno não faz exatamente como ela mandou, arma um escândalo. Todos os alunos têm…

    Continuar

    Observando o contexto

    Postado por Patrizia Gardona em 29 novembro 2021 às 5:54 0 Comentários

    Quando mais jovem, eu era muito crítico. Tinha a exata ideia de que era um tanto melhor que os demais.

    Quase sempre, conversando com meu pai, me punha a reclamar de alguém.

    Sempre tinha um relato de um colega, de um amigo, que me havia machucado com palavras grosseiras. Ou havia mentido ou traído minha confiança.

    Papai me aconselhava a ser mais brando. E menos reclamão.

    Certo dia, quando comecei a ladainha das reclamações, ele me perguntou se eu conhecia bem a pessoa que me ferira o orgulho.

    Respondi que era um colega chato, que eu só via na escola.

    Então, ele recomendou que eu procurasse saber um pouco mais a respeito de quem eu tanto reclamava.

    Um dia, em que fui à casa de minha professora, para conseguir…

    Continuar

    Quem foram as irmãs Fox? Conheça a história

    Postado por João Paulo Dias Rosa em 27 novembro 2021 às 11:39 0 Comentários

    Em 1847, em um vilarejo dos EUA, chamado Hydesville, o Sr. Weckman morava em uma casa, onde coisas inexplicáveis ​​aconteciam. Desesperado, ele resolveu se mudar...

    Clique aqui para continuar lendo!

    Contemplando a Sabedoria Divina

    Postado por Patrizia Gardona em 27 novembro 2021 às 7:55 0 Comentários

    Tudo na natureza nos oferece extraordinárias lições. E nos remete a pensarmos em quem a delineou de forma tão perfeita, tão harmônica.

    Por exemplo, quando olhamos para o reino animal e observamos o amor materno presente.

    Mesmo em se falando de animais ferozes, constatamos que todos têm por seus filhotes o mais terno afeto.

    As mães animais são criaturas preocupadas com suas crias. Elas dedicam tempo para lhes ensinar as coisas da vida e fazem de tudo para protegê-los.

    A fêmea do urso polar é um exemplo de mãe apegada aos filhotes. Antes deles nascerem, ela prepara uma espécie de berço, cavando na neve um local protegido.

    Os bebês costumam ser gêmeos e nascem entre dezembro e janeiro, quando é inverno no hemisfério norte e ela os aquece com seu corpo e a…

    Continuar

    Contando tesouros

    Postado por Patrizia Gardona em 27 novembro 2021 às 7:54 0 Comentários

    Após a aula de Educação Física, o professor Jorge pediu aos seus alunos que se reunissem em torno dele.

    Como hoje é nosso último dia de aula, eu vou lhes propor um desafio, falou ele.

    Aquele que me trouxer o objeto mais caro, seja qual for, ganhará esta bola de futebol.

    Os alunos ficaram afoitos. Assim, ao sinal do professor, saíram correndo pela escola, a fim de buscarem o objeto mais caro que pudessem encontrar.

    Alguns entraram nas salas de aula, pedindo aos outros professores que lhes emprestassem seus relógios, anéis, colares.

    Outros foram conferir os enfeites que ornamentavam a mesa da diretora, buscando por aqueles que, julgavam, seriam os mais caros.

    Meia hora depois, conforme o combinado, reuniram-se novamente na quadra esportiva, com o intuito de apresentar seus objetos…

    Continuar

    Contando tesouros

    Postado por Patrizia Gardona em 27 novembro 2021 às 7:54 0 Comentários

    Após a aula de Educação Física, o professor Jorge pediu aos seus alunos que se reunissem em torno dele.

    Como hoje é nosso último dia de aula, eu vou lhes propor um desafio, falou ele.

    Aquele que me trouxer o objeto mais caro, seja qual for, ganhará esta bola de futebol.

    Os alunos ficaram afoitos. Assim, ao sinal do professor, saíram correndo pela escola, a fim de buscarem o objeto mais caro que pudessem encontrar.

    Alguns entraram nas salas de aula, pedindo aos outros professores que lhes emprestassem seus relógios, anéis, colares.

    Outros foram conferir os enfeites que ornamentavam a mesa da diretora, buscando por aqueles que, julgavam, seriam os mais caros.

    Meia hora depois, conforme o combinado, reuniram-se novamente na quadra esportiva, com o intuito de apresentar seus objetos…

    Continuar

    Construtores da vida

    Postado por Patrizia Gardona em 27 novembro 2021 às 7:52 0 Comentários

    Por mais que gostemos da vida no corpo físico, um dia, todos morreremos, isto é fato.

    Morrem os pobres e morrem também os ricos.

    Foi assim que um dia aquele homem, que detinha poder e muitas posses, foi habitar o além.

    Foi recebido pelo benfeitor, encarregado de conduzi-lo à sua nova residência.

    Caminhavam calmamente por um lugar pitoresco, com ruas calmas, um gramado extenso e grande variedade de árvores e jardins.

    Ao passarem por uma das casas, o benfeitor mostrou-a ao homem e lhe disse: “observe! Aquela é a casa de sua cozinheira.”

    “Mas ela ainda não morreu”, respondeu o…

    Continuar

    Observando o contexto

    Postado por Patrizia Gardona em 27 novembro 2021 às 7:51 0 Comentários

    Quando mais jovem, eu era muito crítico. Tinha a exata ideia de que era um tanto melhor que os demais.

    Quase sempre, conversando com meu pai, me punha a reclamar de alguém.

    Sempre tinha um relato de um colega, de um amigo, que me havia machucado com palavras grosseiras. Ou havia mentido ou traído minha confiança.

    Papai me aconselhava a ser mais brando. E menos reclamão.

    Certo dia, quando comecei a ladainha das reclamações, ele me perguntou se eu conhecia bem a pessoa que me ferira o orgulho.

    Respondi que era um colega chato, que eu só via na escola.

    Então, ele recomendou que eu procurasse saber um pouco mais a respeito de quem eu tanto reclamava.

    Um dia, em que fui à casa de minha professora, para conseguir uma explicação…

    Continuar
     
     
     

    © 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

    Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

    Free counters!