Raul Teixeira nos fala sobre Homossexualismo Conheça a Doutrina Espírita : http://www.blogespirita.com VIsite sempre : http://www.videosespiritas.com.br

Exibições: 104

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de angela.carneirodacunha em 28 novembro 2012 às 20:50

amigo inácio,

sua página está ótima. muito bom, aprendi alguma coisa.

parabéns,

angela

Comentário de Eliane Maria da Conceição Dias em 5 janeiro 2012 às 16:53

Muito boa essa palestra. Ainda mais nos dias de hoje, vamos buscar o conhecimento para podermos entender os outros.

Comentário de Inacio Queiroz em 3 janeiro 2012 às 13:51

Eu também achei lá muito legal.

Acho que cairá como uma luva prar muita gente do CEU.

Vamos convidar o povo e dar uma moral.

Eles só tem agora uns 400 e poucos integrantes.

Muito o que trocar. Muito o que aprender.

Beijão ...

Comentário de Shirley em 3 janeiro 2012 às 12:58

Ah querido, muito obrigada por vc ter feito este email pro SEF. Fico feliz.

Sim, é um desconforto mesmo. A diferença de pensamento existe. Assim como existe a diferença em relação a problemas outros que vc sabe bem, ligados a intelerancia religiosa. Aliás, te agradeço muito o convite que me fez pra outra rede. Vi algumas postagens e senti muita amorosidade.

Muito grata,

bjs

Comentário de Inacio Queiroz em 3 janeiro 2012 às 10:22

Eu sei disso tudo.

Eu estava contigo nessa palestra quando ele fez o comentário, lá no SEF.

Na época, eu fiz um e-mail pro SEF pedindo que ele refletisse sobre isso.

Afinal, se ele não estivesse em crescimento como todos nós, ele não estaria nesse plano.

O humor dele é mais ácido que o do Divaldo e do Chico.

Mas, mesmo no Divaldo, eu vi situações que mostram que ele, apesar da palavra brilhante e do trabalho fabuloso, não está ainda na angelitude. Tem dificuldades e está no esforço, como todos nós.

Mas ele atinge um certo público com esse jeito de ser, assim como Adolfo tem o público dele, assim como a Rosa tem o dela, como Robson Pinheiro tem o dele, como a Zíbia tem o dela e assim vai...

 

Dá para se falar tudo isso que ele disse, usando outras palavras, mais elegância, mais erudição e menos acidez. Dá também para falar esculachando o verbo de vez.

Esse desconforto que vc sentiu e que eu percebi é a diferença de sintonia entre nosso jeito de pensar e o dele.

Legal, não?

Muitos beijos e valeu pela bela reflexão.

Comentário de Shirley em 3 janeiro 2012 às 9:54

Sim, querido, foi isso mesmo. E mais, ele usa estereótipos: o bigodudo, o fortão, a lesbica... etc. isso não ajuda muito. Sei q é muito difícil desapegar disso. Eu mesma tenho meus preconceitos. Tento não ter mas vejo-os muitas vezes. Tenho muitos amigos homoafetivos, pessoas MARAVILHOSAS, melhores que muitos heteros, militantes religiosos ativíssimos. Mas.... tenho reservas com o Raul Teixeira. Gosto muito da palavra dele mas ele, diferente do Divaldo (sinto mas tenho que comparar) tem exemplos muito infelizes em algumas palestras. Certa feita o vi "brincar" com os que bebem. Fazendo piadas que considero de profundo mau gosto. Imagina se tem na platéia dele uma pessoa alcoólatra? Imagina como me senti sabendo que tenho um alcóolatra muito perto? Nao foi amoroso, nem cristão. Desculpe falar. Então, eu gosto do Raul mas ele precisa rever esse tipo de brincadeira que não agrega à palavra dele, que certamente é luminosa. bjs

Comentário de Inacio Queiroz em 3 janeiro 2012 às 8:46

Verdade, Shi.

Tem sim porque ele versa sobre situações onde o preconceituoso se vê acuado, na possibilidade dele ter que viver aquilo que ele condena. Ao levantar estas questões (condenar, estar acuado, etc), nosso emocional reage. Dispara na gente sensações típicas do preconceito, um desconforto com algo que deveria ser algo comum.

Não sei se foi bem isso que vc percebeu, mas percebi esta vertente a partir do seu comentário.

No mais, achei legal o fato dele usar uma linguagem bem cotidiana, popular, para trazer conceitos importantes e tentar abrir um fórum de entendimento verbal, menos velado, usando idéias de nosso tempo.

 

Qual sua visão?

Beijão ...

Comentário de Shirley em 2 janeiro 2012 às 19:25

Olha, ok, mas ainda sinto um q de preconceito neste vídeo. Sobre a sexualidade e homossexualismo estamos estudando o livro Loucura e Obsessão que tem capítulos que tratam do tema. Tema muito complexo esse, requer mais aprofundadas reflexões.  bjs

Comentário de Inacio Queiroz em 2 janeiro 2012 às 14:01

Muito importante que a gente consiga mudar a visão para a sexualidade.

Como disse o Chico, se os sentidos e habilidades são criações divinas e louvam Sua presença, porque só o sexo deverá ficar condenado às trevas?

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!