Ontem eu li alguns trechos do Livro Urânia de Camille Flamarion, um misto de romance e ciência, e me impressionou algo, que eu já havia lido antes, mas que me impressionou novamente. São aquelas ideias, que para uns pode já ser ponto pacífico, mas que acho muito interessante conceitualmente. O fato de que qualquer ato, palavra, movimento de um átomo em qualquer parte do universo repete-se infindavelmente ao longo do espaço infinito universal. Lembrei ali que  o que os astrônomos registram hoje são eventos que ocorrem muito tempo atrás, que o registro de nascimento de estrelas hoje captadas aqui no planeta pode advir de astros que de fato nem existam mais, mas que continuam se manifestando ao longo do infinito espaço tempo indefinidamente. Quanto mais perto estivermos de um dado evento mais atualizado estaremos sobre o mesmo, no contrário, quanto mais distante estivermos deste mesmo evento no espaço mais defasado no tempo estaremos daquilo que ocorreu. Cada ato, emoção, acontecimento da humanidade, ou de cada indivíduo, em qualquer ponto do universo infinito ressoa por toda parte no infinito do tempo-espaço... 

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!