< DESENCARNOU TERÇA FEIRA DIA 13/03/18, na casa dele em Cambridge, aos 76 anos, Stephen Hawking, um dos maiores gênios da Física. Aos 21 anos foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo, causando a perda da capacidade de mover-se, de falar, de engolir e de respirar. A medicina havia lhe dado, na época, no máximo 2 a 3 anos de vida. Viveu quase toda a sua vida em uma cadeira de rodas e era dependente de um sistema eletrônico de voz. Mesmo assim, estudou muito, pesquisou e trabalhou (era professor na Universidade de Cambridge), e ao partir deixa para a humanidade um inestimável patrimônio científico e cultural.
Aproximadamente 30 anos atrás ganhei de um amigo o livro de Stephen "Uma breve história do tempo", a partir desse livro tive despertado o interesse pelos estudos e pesquisas dele, embora quase incompreensíveis para meu intelecto, o livro, entretanto foi elaborado para a leitura de leigos o que me permitiu razoável entendimento.
Reproduzo a seguir alguns tópicos dessa obra notável:
Diz Stephen Hawking: "Um famoso cientista - alguns dizem que foi Bertrand Russel - fazendo uma conferência sobre Astronomia, descreveu como a Terra gira em torno do Sol e como o Sol, por sua vez, gira em torno de uma vasta constelação de estrelas, nossa galáxia. No final da conferência, uma senhora baixinha e idosa levantou-se ao fundo da sala e falou:
- O que o senhor acaba de dizer é uma tolice. O mundo, em verdade, é um objeto achatado, apoiado nas costas de uma tartaruga gigante.
O cientista sorriu com superioridade antes de replicar:
- E sobre o que se apoia a tartaruga?
- Você é muito esperto rapaz, disse a velhinha -, mas existem tartarugas do mar por toda extensão embaixo dela (...).
Muitas pessoas, prossegue Stephen, podem julgar ridícula essa imagem do nosso Universo como uma torre infinita de tartarugas mas, por que pensar que sabemos mais? O que sabemos sobre o Universo e como sabemos? De onde surge e para onde vai? Existe um começo do Universo, e se existe o que acontecia "antes" dele? Qual é a natureza do tempo? Chegará ele a um termo?
Vivemos num Universo desconcertante. Tentamos dar sentido ao que vemos a nossa volta e perguntamos: qual é a natureza do Universo? Que lugar ocupamos nele e de onde viemos, para onde vamos, ele e nós? (...).
Einsten uma vez formulou a pergunta: " Que nível de escolha teria tido Deus ao construir o Universo"?
Até então, a maior parte dos cientistas tem estado muito ocupada com o desenvolvimento de novas teorias que descrevem "o que é o Universo" para ocupar-se da questão do "por que?".
Se descobrirmos de fato uma teoria completa, ela deverá, ao longo do tempo, ser compreendida, "grosso modo", por todos e não apenas por uns poucos cientistas. Então filósofos, cientistas e mesmo leigos, seremos capazes de fazer parte das discussões sobre a questão do por que nós e o Universo existimos. Se encontrarmos a resposta para isso teremos um triunfo definitivo da razão humana; porque, então teremos atingido o conhecimento da mente de DEUS. (STEPHEN HAWKING - Uma breve história do tempo", Editora Círculo do Livro - 1988).

Exibições: 608

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Benoni Martins em 21 março 2018 às 11:29

Caro amigo Adão de Araujo, companheiro de ideal Espírita,, no item 12, capitulo 3 de "A Gênese", aprendemos que: "A inteligência revela-se por atos voluntários, combinados, segundo a oportunidade das circunstâncias. É, incontestavelmente, um atributo exclusivo da alma. Todo ato maquinal é instintivo; e o que denota reflexão, combinação, é inteligente; um é livre, o outro não o é. O instinto é um guia seguro, que não se engana jamais, A inteligência, por ser livre, é sujeita a erro". Diante do exposto concluímos pela soberana e suprema inteligência de Deus! Abraço de cordialidade.

Comentário de adão de araujo em 20 março 2018 às 8:21

Verdade. stephen Hawking foi uma vida plena de amor pelos estudos, pelo trabalho, pelas pesquisas e pela família.

Comentário de Nilza Garcia em 19 março 2018 às 23:35

Muito bom, amigo...gratidão!

Uma vida plena de AMOR.

.

Comentário de adão de araujo em 18 março 2018 às 22:02

Amiga Nilza Reis R. de Paiva Melo. Eu acredito que Stephen Hawking já havia encontrado Deus. Que me diz?

Comentário de adão de araujo em 18 março 2018 às 21:59

Amigo Benoni Martins, confesso que ainda não vi o filme "A Teoria de Tudo". Fiquei curioso; pretendo assistir nos próximos dias. Um forme abraço e muto grato por sua participação.

Comentário de nilza reis ribeiro de paiva melo em 18 março 2018 às 20:29

Muito bom. Vamos desejar que ele tenha encontrado Deus.

Comentário de Benoni Martins em 18 março 2018 às 17:08

Para complementar caros irmãos, e, como diz o Adão, para esclarecer meu pobre intelecto, assisti hoje no canal 157 o filme "A Teoria de Tudo", estrelado por Stephen Hawking... magnífico!

Comentário de adão de araujo em 18 março 2018 às 11:21

Muito grato irmão Henrique. Um grande abraço.

Comentário de Henrique em 18 março 2018 às 11:01

Muito bom !!!

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!