RESPOSTAS A 16 QUESTÕES CÉTICAS SOBRE RELIGIÃO - Texto sobre ANTROPOSOFIA

    

RESPOSTAS A 16 QUESTÕES CÉTICAS SOBRE RELIGIÃO :

- Se Deus é todo poderoso (onipotente) por que ele precisa de um dia de descanso?

- Fala "Não matarás!" mas assassina primogênitos do Egito, como pode?

- Se o incesto é banido, e Adão e Eva tiveram apenas dois filhos homens, da onde vem toda a humanidade?

- Por que mesmo criando o universo inteiro do nada ele precisa de uma costela para criar a mulher?

- Por que culpa Satã pelo mal se o mundo está no controle de Deus?

- Demanda das pessoas que perdoem e sejam boas mas manda os pecadores para o inferno eterno?

- Conhece tudo do destino e futuro mas diz para as pessoas rezarem de toda maneira?

- Se tudo é parte de um plano porque manda os estupradores/assassinos para o inferno por seguir o plano?

- Por que apesar de Infinitamente inteligente se sente satisfeito com rituais idiotas?

- Como se pode criar luz no primeiro dia e a fonte de luz (Sol) só no 4 dia?

- Por que fica bravo com humanos que fazem algo errado quando eles não tinhamo conceito de certo/errado?

- Por que não pode ser culpado pelo mal mas recebe os créditos por todo o bem?

- Por que para de fazer milagres justamente quando o homem consegue gravar e documentar eventos?

- Leva três dias para criar a Terra e 80 bilhões de galáxias em 1 dia só, como pode?

- Por que manda cortar a pelinha do pênis se o homem é criado à imagem de Deus?

- Cria múltiplas religiões mas manda pro inferno os que escolheram a religião errada?

RESPOSTAS em : http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/religiao-questoes.html

Exibições: 2192

Tags: Deus, antroposofia, reencarnação, religião

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Demerval Mendes Ferreira em 14 janeiro 2016 às 5:21

Façam a pesquisa sugerida que encontrarão vários endereços e artigos, esse é um abaixo citado é um deles...

http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/pdf/st5/Adriano%20Filho,%20Jose.pdf

-Shalom Adonai!!1

Comentário de Demerval Mendes Ferreira em 14 janeiro 2016 às 5:00

Parabenizo a todos que já participaram deste debate filosófico e meu desejo foi de comentar cada um dos artigos postados, mas isso seria moroso e desnecessário posto que todos poderão receber o comentário que farei citando apenas Simone Amond (em seus dois artigos) como se resposta à si dirigida...

De fato Simone o que importa a cada um de nós é o próprio situar no tempo e espaço em busca da definição da identidade conforme, que ainda mais experienciada como individual é de fato "nossa".

A palavra identidade pressupõe identificação com algo, com o artífice de tudo e com o todo de que obviamente se é parte.

O possível e exequível resume das leis feito por Jesus é o modelo a ser editado por todos, já o significado oculto que cada simbolo real enseja é verdade que cada um há de interpretar em conformidade com seu nível de consciência de utilidade e valor... (Um certo dia alguém criou uma tesoura pra cortar cabelos/tecidos,etc; mas um outro a usou pra apunhalar.)

-Peço-vos que façam um estudo sobre o modo alegórico como o filósofo Filon de Alexandria (Philon de Alexandria) fez sua exegese e compilou seus estudos filosóficos. Assim penso eu...

Obs: -Foi grande minha alegria ao confirmar que existem pensadores sérios nesses estudos...

-Shalom Adonai!!!

Comentário de Kleber Miguel N V Nascimento em 23 fevereiro 2014 às 21:49

Uma análise da Vida.

Comentário de sueli rodrigues em 22 fevereiro 2014 às 18:01

perfeito

Comentário de Valdemar W. Setzer em 12 outubro 2013 às 22:33

Olá a todas/os,

Marilu, acho que o mais importante em minhas respostas às perguntas é que a Bíblia deve ser tomada muito a sério, mas é preciso distinguir o que é imagem, símbolo, do que é fato histórico. Leia meu artigo "Ciência, religião e espiritualidade" em 

http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/ciencia-religiao-espiritualidade.html

onde mostro que tanto a ciência materialista quanto as religiões deveriam mudar. A propósito, o Papa Francisco parece que vai mudar muita coisa, talvez até o celibato dos padres e permitir sacerdotizas. Mas tenho dúvidas que ele vá mudar duas coisas absolutamente essenciais: permitir total liberdade dos fiéis e admitir a reencarnação (sem um conceito de reencarnação a vida humano não faz sentido). Sem isso a Igreja Católica não poderá adequar-se à natureza espiritual do ser humano de hoje.

aaaaaaaaaaa, VWS.

Comentário de marilu salete xavier bernardes em 12 outubro 2013 às 11:38

Agradeço ,senhor Valdemar,pelo excelente debate,sobre a tão falada biblia sagrada,como dizem, mas, assim como o senhor também tenho muitas dúvidas  a respeito dela. Acredito que, ao longo dos milênios,ela até chegar aqui, foi muito distorcida em suas palavras,pois seria sim, usada pela igreja para manipular os crentes e fiéis daquela época,que pouco ou nada aprofundavam conhecimentos sobre assuntos. Da-me revolta em constatar hoje ,como nossa humanidade vem sendo manipulada pelas religiões,onde o fanatismo impera,e a verdade é abafada,pois o poder,o dinheiro,estão sempre falando mais alto,e não é de hoje.Igrejas construidas sobre mentiras, calúnias,injurias,ainda existem, acho que a chaga da maldade ainda não será debelada tão cedo, por mais que levantemos questões sobre isso.Louvo sua ação,parabenizo também, pela sua coragem em tal assunto.Abraço fraterno, Marilu.

Comentário de sandra maria simonin de miranda em 9 outubro 2013 às 1:48

Realmente perguntas para reflexão!  Ótima postagem.

Obrigada por nos fazer estudar.

Comentário de Valdemar W. Setzer em 9 outubro 2013 às 0:36

Olá a todas/os,

Acho que sé tenho a responder a observação do José Santana. José, a cena do templo aos 12 anos ocorre apenas no evangelho de Lucas (2:42-50), não ocorre no de Mateus, que é o único outro que trata de Jesus antes de o Cristo incorporar-se nele no batismo no Jordão. E na cena do templo não se tratou de batismo; a família tinha ido a Jerusalém para comemorar a Páscoa judia. O batismo no Rio Jordão se deu quando Jesus tinha 30 anos (Luc 3:23). Daí em diante, foram mais 3 anos de vida do Cristo Jesus -- não é uma coincidência que, em geral, uma criança só começa a falar Eu para si própria ao redor dos 3 anos; antes disso refere-se a si própria pelo seu nome, como citei no artigo (onde não falei dessa coincidência).

aaaaaaaaaaa, VWS.

Comentário de Jose Santana Santana em 8 outubro 2013 às 17:52

Quero com todo respeito pela bíblia, mostrar algumas dúvidas que inclusive entendi uma contradição que inclusive me deixou um pouco encabulado, Como: diz, Jesus, foi batizado por João Batista quando pregava no Rio Jordão, isto levou-me ao princípio que Diz Maria visitou sua prima Izabel que também grávida de seis meses, ou seja a diferença entre a idade de João para Jesus e somente de seis meses sendo que Jesus foi batizado aos 12 anos, a mesma idade de João; onde achei impossível uma criança batizando a outra ao qual tinha a mesma idade. Embora os dois ter sido concebido pelo Espírito Santo. Mas, João estava pregando para multidão. Esta é uma das dúvidas que tenho. Pode ser uma ignorância, mas não consegui encontrar outro raciocínio. Mas, não deixo de seguir os exemplos do Mestre! 

Comentário de Simone Armond em 8 outubro 2013 às 14:52

Vc esta certissimo José Santana :                  "Todas estas incertezas, e dúvidas, levam a crer que foi esquecido os dez mandamentos que reduz em dois! Amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a sí  mesmo. Seguindo assim como o Pai ensinou, está no verdadeiro caminho e muito menos em preocupar com tantos porquês inseridos na vida carnal. Temos sim que nos preocupar precisamente é com a vida Espiritual assim como foi procedido por JESUS, mostrando através de grandes sofrimentos, nosso principal procedimento pela nossa passagem terrena, lembrando que a verdadeira religião, chama-se Caridade! Pois: Jesus Cristo nunca pregou religião, simplesmente demonstrou amor ao próximo, semeando a caridade! ""

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!