Por que as Pessoas são Enganadas pelos Picaretas?

É muito importante que todos tomem muito cuidado com os picaretas que existem dentro do movimento Espiritualista.

Há uma grande proliferação de falsos profetas hoje em dia. Isso não se restringe apenas ao Espiritismo e ao Espiritualismo, mas abrange todas as religiões, correntes, tradições, seitas e espaços holísticos. Há muitos aproveitadores, oportunistas e pessoas que se valem da boa fé das pessoas para auferir vantagens indevidas.

Infelizmente não podemos dizer o nome destas pessoas que atuam aqui no Brasil, pois isso poderia gerar vários processos na justiça. Por isso, todos precisam ter discernimento e não aceitar tudo o que nos aparece. Muitas pessoas se desviam do caminho espiritual levadas pelos falsos profetas, por falsos terapeutas, por falsos médiuns, por charlatães que enriquecem às custas daqueles que acreditam em tudo, ou melhor, que querem acreditar.

É muito importante que as pessoas duvidem dos “espiritualistas”, dos médiuns, daqueles que escrevem psicografias feijão com arroz do tipo “novelas da Globo”. É preciso sempre ter o pé atrás.

Mas por que tantas pessoas são enganadas pelos picaretas? Essa resposta está dentro de cada um de nós, em nossa atitude insistente de querer tudo fácil, tudo pronto, tudo dentro da chamada “lei do menor esforço”. Muitas pessoas são enganadas pelos picaretas não apenas por culpa desses oportunistas, mas principalmente porque essas pessoas optaram em seguir a via mais fácil, mais cômoda.

Vamos dar um exemplo para a melhor compreensão desse ponto. Imagine uma pessoa que acredita numa falsa cigana leitora de cartas. Ela busca esse adivinho porque é o caminho mais confortável para descobrir sobre si mesma. Ao invés de fazer um esforço para se autoconhecer, para analisar a si mesmo, entrar dentro de si e superar suas angústias, ela procura alguém que lhe dará todas as respostas prontas e que, principalmente, alguém que lhe dirá o que ela quer ouvir. Assim, ela não precisará fazer uma terapia mais profunda para se descobrir, ela não precisará buscar as respostas dentro de si, ela não precisará fazer uma análise minuciosa de seu comportamento, de suas tendências; ela não precisará adentrar em seu inconsciente e ver o que ela não quer ver… ela precisará apenas ir na vidente e descobrir as respostas.

Assim é, sem dúvida, muito mais fácil, porque, afinal de contas, entrar dentro de si e ver as causas de nossas angústias é algo que doi muito.

Vejamos outro exemplo. Por que tantas pessoas buscam romances tipo “novelas da globo” e assim acabam caindo nas garras dos falsos médiuns de psicografia? Porque essa pessoa quer uma leitura mais simples, menos reflexiva, mais agradável, algo que ela não precise pensar muito. Ela procura uma obra que não exija um senso crítico mais apurado, que não seja muito profunda e que toque apenas questões superficiais. Ela deseja uma literatura mais rasa porque pensar e refletir sobre as questões mais profundas dá muito trabalho. Pensar chega até a doer para algumas pessoas. Rever nossas crenças nos deixa inseguros. Pensar sobre as questões essenciais da vida nos dá medo. Olhar para a vida e admitir o mistério nos faz sentir um certo vazio, afinal de contas, o ser humano acredita que sabe ou deveria saber tudo. Quando descobrimos que sabemos muito pouco, ou quase nada, constatamos o quanto ainda precisamos peregrinar por um muito longo e árduo caminho. Essa caminhada é penosa e cansativa, então a maioria prefere acreditar que já sabe tudo e que não se faz necessária a revisão profunda de suas crenças. Com esta atitude, o que acontece? A pessoa facilmente cai em ciladas de livros falsos que dizem apenas o que a pessoa quer ouvir. Romances superficiais que não tocam as grandes questões da existência. Obras que ao invés de rever certas crenças, vem a reforça-las, para que o leitor se sinta seguro dentro da insegurança básica da existência material. São livros que criam ilusões dentro de ilusões e ao invés de nos colocar diante da verdade, apenas nos fazem decair ainda mais em ilusões que só aumentarão nosso sofrimento. Assim, as pessoas caem nas enganações e nas mentiras dos charlatães. No fundo, elas não são enganadas, elas apenas buscam alguém que as ajude a enganar e mentir para si mesmas.

Por outro lado, por que tantas pessoas buscam os falsos terapeutas? A resposta é a mesma… Porque esses profissionais oferecem métodos de tratamento com fórmulas prontas, com respostas fáceis, com um caminho que pouco exige da pessoa. Eles passam uma técnica de cura em que a pessoa não precisa rever a sua vida; ela não necessita mudar certas atitudes; ela não terá que entrar dentro de si mesma e fazer uma catarse mais profunda… Basta apenas seguir a fórmula pronta, fazer um sinal, usar um adereço, defumar o ambiente, proferir algumas supostas “palavras de poder”, ou precisará apenas ficar parada e esperar que o terapeuta haja sobre ela, sem que ela precise fazer coisa alguma. Não afirmamos aqui que nenhuma destas coisas possa ter um efeito, mas nenhuma delas vai transformar a nossa vida e resolver os nossos problemas.

Por isso dissemos com convicção: não existe caminho mais fácil para a solução dos nossos problemas. Enquanto as pessoas continuarem buscando o método “feijão com arroz”, a comodidade da técnica oferecida por um picareta, nada será mudado: a pessoa continuará a mesma e pode até piorar.

Quanto mais o ser humano amadurece, mais ele percebe que na vida nada se consegue sem esforço e sem dedicação. É preciso mergulhar em nosso interior, encarar frente a frente nossos demônios e exorciza-los um a um.

É isso… sinto dizer… Só a própria pessoa pode realizar, ninguém mais pode. Claro que o terapeuta sério vai te indicar o caminho; o verdadeiro mestre vai te ajudar a olhar para dentro de si; o xamã honesto vai descer ao inferno com você no auxílio da cura de suas mazelas, o sensitivo correto vai ajudar a equilibrar as suas energias. No entanto, no fim das contas, é você mesmo e mais ninguém, que pode resolver-se a si mesmo. Aqueles que continuarem buscando facilidades na resolução das impurezas do seu ser vão continuar sendo enganados pelos picaretas, pelos falsos profetas e pelos falsos terapeutas… E pior: vão continuar sofrendo, angustiados, doentes e bloqueados quando já podiam ter se curado e se transformado.

Por isso, não acreditem no caminho mais fácil. Não optem pela via do comodismo. Não creiam em fórmulas prontas, cursos ou workshops de fim de semana miraculosos que prometem cura, prosperidade e outras benesses mundanas. Acreditem em Deus e em sua própria capacidade de superar todos os seus limites. Uma coisa é certa: a doença foi criada por nós e consequentemente a cura também está tão somente dentro de nós mesmos.

Hugo Lapa

lapapsi@gmail.com

https://gecasadocaminhosv.blogspot.com/2017/01/

Exibições: 162

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Vera em 25 agosto 2020 às 0:27

Excelente artigo!

Fecha com chave de ouro o que vc postou hoje,Henrique!

Paz Profunda,

Vera

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!