Os tormentos voluntários Fénelon – Lion, 1860 ( O Evangelho Segundo o Espiritismo )

O homem está incessantemente em busca da felicidade, que lhe escapa a todo instante, porque a felicidade sem mescla não existe na Terra. Entretanto, apesar das vicissitudes que formam o cortejo desta vida, ele poderia ao menos desfrutar de uma felicidade relativa. Contrariamente, busca-a nas coisas perecíveis e sujeitas às mesmas vicissitudes, ou seja, nas  alegrias materiais, ao invés de procurá-la nas alegrias da alma, que são uma antecipação das  imperecíveis alegrias celestes. Ao invés de procurar a paz no coração, única felicidade real neste mundo, ele está ávido de tudo o que pode agitá-lo e perturbá-lo e, curiosamente, parece criar de propósito os tormentos, que somente cabia a ele mesmo evitar. Haverá maiores tormentos que aqueles causados pela inveja e pelo ciúme? Para o invejoso e o ciumento, não existe repouso, pois ambos sofrem de um tormento constante. As posses alheias lhes causam insônia; os sucessos  dos rivais causa-lhes vertigem; seu único interesse é o de eclipsar os outros; toda a sua alegria reduz-se em provocar, nos insensatos como eles, a cólera e o ciúme. Pobres insensatos, na verdade, não imaginam que, talvez amanhã, seja necessário deixar todas essas futilidades, cuja cobiça lhe envenena a vida! Não é a eles que se aplicam estas palavras: “Bem- aventurados os aflitos, pois eles serão consolados”, pois os seus cuidados não têm compensação no céu. Por outro lado, quantos tormentos pouparia aquele que contentar-se com o que possui que vê sem inveja aquilo que não lhe pertence, que não procura parecer mais do que é. Ele é sempre rico, pois, se olhar para baixo, ao invés e olhar para cima de si mesmo, verá sempre pessoas que possuem ainda menos do que ele. Está sempre calmo, porque não cria necessidades ilusórias. E a calma em meio às tempestades da vida não será uma felicidade?

Exibições: 143

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!