“A obra de cada um se manifestará.” - Paulo (I Corinthios: 3-13)

Ninguém julgue que seus trabalhos individuais sejam elementos perdidos na vastidão imensurável da obra coletiva.

Tudo está sendo analisado pelas Forças Superiores que dominam a vida.

Se o homem pudesse apreender a extensão das energias que o cercam modificaria toda atitude que não evidenciasse a verdade, renovaria qualquer conceito que fugisse do bem.

Há seres cujo padrão de vida, por enquanto, não poderá se distanciar em excesso das operações propriamente animais.

Mas quantos possuem raciocínio para a indagação da origem e do destino, deveriam compreender que se encontram em uma expressão de lutas transitórias.

Que lhes pede a existência fragmentaria?

Nutrição e reprodução são meios.

O homem, portanto, não tem por finalidade suprema o ato de comer e de perpetuar-se, já convertidos por sua imprevidência em glutonaria e perversidade.

O fim de sua passagem no mundo é aprendizado, é a aquisição do espírito de serviço, é a obra de seu aperfeiçoamento, através de labores duros e persistentes.

 

O planeta é a oficina luminosa, que jamais se encontrou acéfala.

Quem te enviou ao trabalho da Terra está observando o teu esforço.

Não peças muita apreciação dos que te cercam; eles também são identificados por olhos vigilantes.

Cumpre o teu dever.

As gotas d’água fornecem uma ideia de nosso patrimônio coletivo, mas não somos simples gotas d’água.

Somos filhos de Deus e nossa tarefa pessoal se manifestará, fatalmente, na obra d’Ele.

 

Do livro "Luz no Caminho"

pelo Espírito Emmanuel

Médium: Francisco Cândido Xavier

Fonte: CACEF

Exibições: 638

Tags: caminho, cândido, emmanuel, francisco, luz, obra, pessoal, xavier

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Marcelio Brito santos em 24 junho 2014 às 15:39
Belíssima mensagem.
É dessa maneira que vamos compreendendo o nosso papel de cocriadores na obra universal.

O próprio Chico Xavier vai nos dizer, fazendo uma extraordinária comparação, que quando olharmos uma grande árvore, precisamos entender que ela partiu de uma minúscula semente, mostrando-nos que toda ação no bem, por mais simples que seja, é digna do nosso mais profundo respeito.
Somos Deuses em potencial, foi o que Jesus quis nos dizer, mas, como nenhum sentimento se desenvolve a esmo, precisamos do trabalho, do burilamento para desenvolver em nós todas as potencialidades divinas, depositadas em nós, em estado latente.

Busquemos então, na medida de nossa capacidade, permitir que as nossas ações, sejam elas quais forem, estarem sempre norteadas pelos ensinamentos de Jesus e aguardemos, sobretudo, confiantes na misericórdia divina.

Paz e luz.
Comentário de sueli rodrigues em 24 junho 2014 às 15:16

muito bom .

Comentário de Alvaro dos Santos em 23 junho 2014 às 22:13

"Quem te enviou ao trabalho da Terra está observando o teu esforço..."

“Obra pessoal” é o texto que Emmanuel nos brinda hoje.

Nele Emmanuel nos lembra que o nosso objetivo máximo é o nosso aprendizado.

Aprendamos um pouco mais então.

CACEF

© 2022   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!