O VAMPIRO NÃO É O ÚNICO CULPADO

A pergunta mais comum é como se deve fazer para evitar que os ‘outros’ roubem a nossa energia. A primeira sugestão que costumo dar é inverter a pergunta. Não questione como o outro está roubando sua energia e sim como você está deixando que os outros te roubem. Deu para notar a diferença? Quando você inverte as coisas, assume a responsabilidade, retoma o seu poder e toma as redeas da situação.

Cada um de nós é responsável pela sua energia pessoal, pelo seu bem-estar e pelo rumo dos acontecimentos de sua vida. Se alguém está roubando sua energia ou interferindo negativamente em sua vida é porque você está dando abertura para isso. E quando você sabe onde estão suas vulnerabilidades, seus pontos fracos e onde as portas estão abertas, pode, então, saber como agir e com o tempo ir se fortalecendo e fechando gradativamente as portas para todo o mal.

Existem alguns elementos muito úteis no processo de limpeza e proteção pessoal: banhos de ervas, chás, amuletos, florais, salmos, rezas, passes energéticos ou mediúnicos, reiki, cristais, defumadores, desobsessões, entre outros procedimentos, mas todos eles são apenas paliativos. Enquanto a pessoa não mudar sua forma de ser e não alterar traços de seu caráter, continuará aberta a todos os tipos de interferência em sua vida.

VAMPIRO SEMPRE ATACA O SEU PONTO FRACO

Para entrar em seu campo aúrico e roubar a sua energia, o vampiro precisa criar sintonia com você, é preciso que os dois estejam na mesma freqüência vibratória. Como a freqüência de um vampiro é sempre baixa e negativa, ele vai tentar deixar você do mesmo jeito. Os recursos que usa são portando, impingir no outro o medo, a culpa, a raiva, o nervosismo, a preocupação, a auto-desvalorização, a revolta e toda a sorte de estados de espírito de baixo nível. Se você fizer o jogo do vampiro, com certeza ficará num estado vibracional tão negativo, que abrirá as portas para que sua energia seja sugada.

A saída mais eficiente é não deixar que o vampiro determine o padrão e o nível da conversa ou do encontro. Tente impor o seu padrão, ou seja, mantenha-se sempre na positividade e no bem. Corte as conversas fiadas, evite pragas e assuntos negativos, queixas repetitivas, revoltas, nervosismos, exaltações e tudo aquilo que rebaixe o tom da conversa. Apenas lembre-se que ajudar um amigo em dificuldade e ouvir um desabafo é outra coisa, é bem diferente daquelas pessoas que ficam se queixando a vida toda, que estão em crises eternas e não fazem nada para sair delas.

Triste é quando você também gosta de se entregar a esse tipo de conversas e relações de baixo nível de energia!!!! Outro problema é quando sua auto-estima é baixa e você permite que pessoas lhe digam o que fazer ou o que é certo para sua vida, ou seja, quando você não tem firmeza de caráter.

Quem vive cheio de medos também é vulnerável às energias negativas: medo de perder o emprego, medo de não ser bom o bastante, medo de perder o afeto das pessoas. Outro fator que nos deixa vulneráveis é a culpa: se você não se sente merecedor das boas coisas que possui, vai acabar entregando o ouro ao bandido, afinal, quem julga que não merece não toma posse energética do que conseguiu e perde facilmente.

A idéia é entender como o vampiro vai atuar para te desestabilizar, para fazer com que você saia da sua positividade e se abra para que ele roube o que você tem. Tem gente que é especialista em nos tirar do sério, não é mesmo? Enquanto não nos vêem tendo um ataque histérico, não sossegam… Mas se você sabe de antemão qual é a intenção dele e como vai fazer para te provocar, pode escolher não fazer o seu jogo e até se divertir com isso.

Procure conhecer suas vulnerabilidades, seus pontos fracos e tudo aquilo que possa deixar você aberto aos vampiros: baixa auto-estima, medos, culpas, traumas, ressentimentos, frustrações, emoções reprimidas, enfim, aquele lado obscuro que muitas vezes tentamos ocultar.

EXERCÍCIO DE VISUALIZAÇÃO CRIATIVA QUE NOS PROTEGE DAS ENERGIAS DO MAL

Imagine um sol bem grande e brilhante acima de sua cabeça. Ela vai descendo lentamente e penetra sua cabeça. O sol vai lentamente descendo até os seus pés, aquecendo e iluminando todo o seu corpo. Depois o sol sobe e vai novamente para a cabeça. Agora rapidamente ele sobe e desce dos pés à cabeça, repetidas vezes. Você pode fazer isso em qualquer hora ou lugar, enquanto fala ao telefone, enquanto trabalha ou sente que a vibração não está boa. Apenas evite fazê-lo enquanto dirige ou manipula equipamentos que exijam muita atenção, caso você tenha facilidade em entrar em estado alterado de consciência. Para facilitar você pode sincronizar o movimento do sol com a sua respiração.

Além de nos colocar em estado vibracional elevado, impedindo assim que nos conectemos com energias de baixo nível, limpa nossos canais energéticos e alinha os chakras.

Vera Caballero

 Fonte:Lady Sissi

Exibições: 81

Tags: aura, energetica, energias, limpeza, negativas, positiva, vampiro

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!