A Revista CidadeNova em sua edição de Fevereiro de 2013, apresenta um artigo assinado por Daniel Fassa através do qual ficamos sabendo que recentemente a Intitution of Mechanical Engineers publicou o resultado de um estudo revelando que anualmente é jugado no lixo entre 1,2 e 2 BILHÕES  de toneladas de toda a comida produzida no mundo.

     O estudo intitulado Global Food: Waste not, Want not (" Alimentos Globais; não desperdice, não sinta falta"), mostra que esse desperdício varia entre 30% e 50% de toda a produção de gêneros alimentícios. Esse estudo aponta ainda algumas das causas de tamanha perda, as quais seriam: Transporte e armazenamento em condições inadequadas; prazos de validade muito rigorosos para alguns produtos; promoções do tipo: "Pague um e leve dois", e ainda a demanda por produtos hortifrutigranjeiros de aparência perfeita.

     Recentemente a ONU publicou um relatório  informando que atualmente 870 milhões de pessoas no mundo, passam fome. Muitos, (milhares), morrem por desnutrição.

     Tim Fox, diretor da Institution  of Mechanical Engineers, considera que a quantidade de comida desperdiçada poderia ser usada para saciar a fome desses 870 milhões de famintos e ainda sobraria alimento para abastecer a crescente população mundial!

"O Pão Nosso de cada dia, dai-nos hoje  e  PERDOAI OS NOSSOS ERROS"...

Exibições: 1372

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de adão de araujo em 13 março 2013 às 16:48

É verdade presada irmã Isa Isaura Silva! Ainda temos muito que prender sobre a prática da verdadeira fraternidade.

Votos de muita paz para você amiga.

Comentário de Isa Isaura Silva em 13 março 2013 às 15:33

Tanta gente passando fome e ainda se desperdiçam comida, a humanidade tem muito a aprender infelizmente.

Comentário de adão de araujo em 11 março 2013 às 6:52

Amigos Luiz Carlos Lomba e Flavio Andrade. Nossa gratidão por sua presença e comentários. Abraços.

Comentário de adão de araujo em 11 março 2013 às 6:48

Amigo Antonio J.G. Veloso. Belíssimo texto! Muito agradecido em nome de todas as nossas irmãs mulheres.

Abraços.

Comentário de adão de araujo em 11 março 2013 às 6:45

Alô amiga Glaciane Far. Muitíssimo grato por sua atenção sobre esse relevante assunto. Muita paz para você.

Comentário de adão de araujo em 11 março 2013 às 6:42

Oi Marta Valéria. Essas questões que você mencionou ainda existem, infelizmente, o que é um absurdo, principalmente nestes tempos em que tanto se fala em "inclusão social". Penso que seria um bom momento de  fazermos uma avaliação sobre até que ponto estaríamos contribuindo, conscientemente ou não, para a manutenção desses paradoxos. Afinal, nós brasileiros não somos um povo cristão?

Um grande abraço miga Marta. Muita paz.

Comentário de GLACIANE FAR em 10 março 2013 às 11:36

É INCRIVEL MESMO COMO NÓS SERES HUMANOS DESPERDIÇAMOS ALIMENTOS....

TENDO TANTA GENTE COM FOME NESTE MUNDO!!!

Comentário de antonio joaquim gonçalves veloso em 9 março 2013 às 7:04

permita-me colocar um texto em homenagem ao dia internacional da mulher

A AVENTURA - A PRIMEIRA MULHER
A mulher recebe a sabedoria Divina por direito
Por isso será através dela que a Terra se modificará.

A história bíblica da humanidade. É a história de uma aventura
Simbolicamente a aventura de Adão e Eva
No início somente Deus era a vida. Mas até para Ele a vida era monótona, inconsciente, sem mérito ou felicidade.
As almas, os espíritos ou anjos já existiam. Faltava a matéria, então Deus criou Adão Porém Deus não criou Adão para viver no Paraíso
Senão o criaria apenas como espírito
Deus lhe deu inteligência e consciência. Deus criou Eva, a primeira mulher.
Quantas vezes para manter a mulher dominada tantos líderes religiosos a culpam pela introdução do pecado, e com ele todos os males na Terra.
Quanta ignorância! Eva representa nossa inteligência, ávida de aventuras, de liberdade que o nosso livre arbítrio nos dota.
Sem Eva a criação não teria sentido. Ela criou a ilusão, a obsessão do conhecimento, a necessidade de passarmos pela vida material. Criou a história, que sem ela não existiria.
Qual o mérito para Deus que o homem fosse igual aos anjos?
Nenhum. Era necessário passar pela provação da vida material para se conscientizar que saiu da imaginação de Deus e a Ele deve retornar
Após ter vivido a “Aventura Humana”.
Sem Eva a vida não teria mérito algum. Não haveria livre arbítrio, não poderíamos escolher nosso caminho, pois só um existiria.
É necessário que tropecemos, que erremos para sermos conscientizados que devemos lutar para encontrarmos a felicidade ou o caminho verdadeiro, que nos conduza ao amor. A felicidade de encontrar o Divino.
Ainda meu filho, não houvera nascido e lembro a primeira aventura de minha filha. Aos dois anos de idade, levamo-la para passear ao Campo de São Bento em Niterói.
Nunca havia ficado só. Pediu-nos para a deixar passear sozinha no trenzinho que percorria o local
Foi, ficamos receosos, esperando seus gritos. Mas partiu e voltou sem medo. Deu seu grito de liberdade nesse dia. Seu grito de Eva.
Cada um de nós receia se pôr a caminho. Dar um passo no desconhecido. Seja o primeiro dia de aula, a procura de novo emprego
ou a necessidade de mudança para outro local.
Contudo, quando atingimos o novo, sentimos alívio. Sentimo-nos felizes por conseguir atingir os objetivos, pelos quais vínhamos lutando.
É a consciência adquirida nas lutas, vitórias ou revezes das tribulações da vida que nos conduz à verdadeira felicidade.
Tudo na vida é temporário, mas a energias que dedicamos à temporalidade, pode nos conduzir ao absoluto, à espiritualidade, à unidade com Deus.
Fechando a cicatriz produzida pela separação de quem já está com Ele. No meu caso, meu amado e único filho Junior. O Quim no Colégio

Comentário de adão de araujo em 9 março 2013 às 6:54

Presada amiga Marilza Helena de Oliveira: você disse muito bem " se cada um de nós fizesse um pouquinho de cada coisa, não existiria tanta miséria". 

Um grande abraço. Muita paz.

Comentário de Marta Valéria em 8 março 2013 às 8:35

Adãooooooooooooooooooo saudades !!!

Queridinho muito boa essa postagem e trago, se me permite, um comentário.

Existe, em níveis micro e macro, uma "cultura da pobreza". Políticos e economistas ligados à "grande balança do capital" fazem os movimentos de manutenção dessa cultura e,  nós como sociedade, alimentamos ela continuamente através do consumismo sem discernimento.

Existem bolsões de pobreza "crônica" aqui no Brasil. Lugares esses que possuem recursos para saciariam a fome de todos da localidade e que ainda serviriam de bens sustentáveis aos projetos comerciais. Mas isso não ocorre. Precisamos refletir o "por quê" disso.

Temos sim que "aprender" a consumir para o equilíbrio da balança humana. Mas acima de tudo, temos que saber em que ponto da nossa conveniência estamos alimentando a "cultura da pobreza".

Beijocas querido....

© 2022   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!