28/07/2014 07:31

No Momento de Luz de hoje, Ismael de Almeida, nos presentei com suas reflexões sobre o julgar, o estar, a todo tempo, assinando sentenças contra atitudes que encontramos pelo caminho.

No texto, percebemos que mundo precisa, urgentemente, de BONDADES! Assim, não devemos ser o mensageiro de aves de rapina, mas o SOL de compaixão sempre irradiando paz para um mundo já tão conturbado.

Sejamos propagadores da ternura.

 

 

O JULGAMENTO!

 

Um malfeitor da humanidade foi abatido, a justiça se fez, e o mundo se regozija! Este é o julgamento do mundo, mas não será o teu! O mundo já está cheio de juízes e carrascos. Lembra-te da doçura de Jesus, que mesmo condenado ao holocausto infamante, não julgou e ainda pediu ao Pai Celestial para perdoar os seus carrascos.

Aquele que julga cria um leito de lama. A veste esfarrapada do teu irmão pode ter sido a tua de ontem ou pode ser a tua de amanhã. Mesmo que o crime do teu irmão seja infamante e inafiançável não seja tu o juiz nem o carrasco. Que beneficio advirá para o mundo se julgares?  Ao contrário dê ao infeliz malfeitor um pensamento de amor, e estarás aliviando a dor do mundo. Deixa o mundo julgar, nem se importe com os propagadores de catástrofes ou os profetas do medo. Tu falarás da misericórdia da divindade, da imensidão do amor de Deus, da ternura do Pai. Falarás de bondades e compaixão, da imensurável misericórdia do Criador, que ama e vela pelo bem estar dos seus filhos!

Amar e servir! Este é teu lema, e ele é fonte benigna do eterno amor de Deus! O pensamento tem força e poder, para o bem ou para o mal. Um simples julgamento que pode te parecer inofensivo cria uma egrégora que levará ao mundo a força irradiante que pode ser luz ou trevas.  NÃO JULGUES NUNCA! Tu não és propulsor da JUSTIÇA, tu és servidor do amor de Deus!

Quando tiveres conhecimento de um desviado irmão que trilhou o caminho largo da perdição, e estiver condenado pela opinião pública, não acrescente poder ao mal com teu julgamento, que nada trará de bom para o mundo, mas envie um pensamento de amor, para o desditoso irmão que caiu ceifado pelas armadilhas das forças trevosas, e tem pela frente um calvário de dor! Sejas piedoso e indulgente com o pecador, quem pode assegurar que num passado distante tu também não agasalhaste o mal em teu coração e talvez tenha sido julgado e punido pelos teus crimes perpetuados num longínquo pretérito!

Tu deves sempre AMAR E SERVIR! Falar da bondade de Deus, do amor de Jesus, da Paternidade do Criador e da irmandade dos homens! Deixa o mundo falar de catástrofes, de punições, de medo e terror. Tu falarás da ternura do Pai Celestial de compaixão e misericórdia. Deus é amor, paz e alegria.  O que tu ganhas falando de medo? Nada! E nada construirás criando desordens na atmosfera psíquica do planeta com tantas nuvens de escuridão!

O mundo precisa urgentemente de BONDADES por isso seja tu um propagador de ternura! Não deves nunca ser o mensageiro de aves de rapina, mas o SOL de compaixão sempre irradiando paz para um mundo já tão conturbado.

Nunca permitas que a chama do AMOR, se apague em teu coração. Mesmo que a dor venha tirar o brilho dos teus olhos, e teu sorriso possa esmaecer pela tristeza do infortúnio que te visite, abasteça com azeite de compaixão a lamparina que te conduzirá na trilha escura deste vale de lágrimas que é educandário de almas delinqüentes, que aqui vieram conduzidas pela MISERICORDIA divina para aprender a lição do AMOR!

Que tua linguagem seja sempre de amor, que tua fala seja construtiva e benéfica, e que nenhum pensamento de condenação venha macular a pureza do santuário da tua alma!

Ismael de Almeida.

Fonte: CACEF

Exibições: 106

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Inocêncio Diniz Araujo em 31 julho 2014 às 21:52

Boa noite, Nilza... Parabéns, sempre lembrando.... Muito obrigado...

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!