Desde que uma amiga internauta me mandou o material sobre Ho'ponopono, iniciei uma investigação e procurei acessar o Universo para encontrar uma resposta elucidativa para esse processo. Senti que era interessante, verdadeiro, tendo muito a ver com o Processo Esponja, que está explicado no livro A Gênese, de Allan Kardec, uma das obras básicas do Espiritismo.
Nessa obra, está explicado que do mesmo jeito que uma esponja se embebe de um líquido, o perispírito (corpo que envolve o Espírito), assimila com facilidade os fluidos de um ambiente, de uma pessoa ou ainda de um Espírito habitante do mundo paralelo.

Por sua propriedade de irradiação e expansão fluídica o perispírito penetra e é penetrado com facilidade. O fluido tanto pode ser emitido pelo curador (médium, sensitivo ou uma pessoa qualquer) como pode ser atraído pelo desejo ardente do paciente de se curar e também por sua confiança e fé. Às vezes, é necessária a simultaneidade dos efeitos, enquanto noutras basta uma das ações, a de dar ou de receber(Gênese - Cap. XIV e Cap. XV item II).

Esse processo explica situações como as que nos envolvemos quando vamos visitar alguém ou mesmo quando estamos a conversar com uma pessoa e, de repente, nos dá a vontade de bocejar, sentimos o corpo pesado, sonolência e às vezes até mal estar. Nesse momento, seu corpo energético está realizando o efeito esponja, você está assimilando um tipo de energia ou qualidade de pensamento da pessoa ou ambiente.

Por outro lado, quando você se dispõe a visitar um doente e aplicar energia, fazer orações ou praticar qualquer tipo de auxílio, pode se dar esse processo. Você vai irradiar e o doente vai atrair sua energia. 
Na Bíblia há um fato desse tipo. Jesus estava no meio da multidão, ensinando-os e uma mulher, com hemorragia, tocou as fímbrias de sua roupa. Ele se virou e disse: Alguém tirou de mim “virtudes”. Essa virtude a que ele se refere é a energia que ele, como um Mestre irradiava naturalmente. E para completar ele elucida: A mulher, diante do que falou o Mestre se identificou e ele disse: Tua fé te curou. Ou seja, atribuiu à mulher o poder de atrair e assimilar a energia curativa.

O psicólogo Dr. Ihaleakala Hew Len, 70 anos de idade, é considerado um "xamã avô" e atua como terapeuta no Havaí. Ele é o criador do processo

Ho´oponopono. 


No Hospital Estatal do Havaí havia um pavilhão onde ficavam os loucos criminais muito perigosos. O Dr. Len nunca viu os pacientes. Assinou um acordo para ter uma sala no hospital e revisar os prontuários médicos deles. Depois de poucos meses, os pacientes que estavam acorrentados receberam a permissão para caminharem livremente. Outros, fortemente medicados, começaram a ter sua medicação reduzida. E aqueles, que não tinham jamais qualquer possibilidade de serem liberados, receberam alta. 
E um fato singular: Nesse setor do Hospital, antes era comum o pessoal se negar a estar com aqueles doentes. As pessoas que passavam por aquele pavilhão simplesmente caminhavam com as costas coladas à parede com medo de serem atacadas pelos pacientes. Não era um lugar bom para viver, nem para trabalhar, nem para visitar. Após o processo, o pessoal começou a gostar de ir lá e trabalhar.

Joe Vitale, autor dessa reportagem, perguntou ao Dr. Len: "O que foi que o senhor fez para ocasionar tal mudança nessas pessoas. Explicou o psicólogo, hooponopono significa amar-se a si mesmo. Se você deseja melhorar sua vida, você deve curar sua vida. Se você deseja curar alguém, mesmo um criminoso mentalmente doente, você o faz curando a si mesmo.

Perguntei ao Dr. Len como ele curava a si mesmo. O que era, exatamente, que ele fazia, quando olhava os prontuários daqueles pacientes.
- "Eu, simplesmente, permanecia dizendo "Eu sinto muito" e "Te amo".
Será tão simples assim? Com certeza. Porque quando diz “Eu sinto muito” ele está trazendo para o seu Universo (efeito esponja) as dores e desacertos da criatura e quando ele pronuncia esta palavra de poder (mantra): “Te amo”, ele está permitindo ou realizando o efeito mutação (cura), a que se refere Jesus. 

Eu entendo que esse processo - O Efeito Esponja - atualmente redescoberto e aplicado como Ho´ponopono, pode ser um passo decisivo para a humanidade. 
Você estará pondo em prática um ensinamento milenar - o amor ao próximo - de uma maneira simples e objetiva. 
Não é necessário dizer para a pessoa ou para o doente (ajudar sem ostentação) e nem traz qualquer tipo de conseqüência nefasta para seu corpo ou alma, pois as atitudes de amor ocultas e sinceras se transformam em antibiótico divino.



Retirado de Rede Amigo Espírita

Exibições: 3256

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Renata Lisboa em 19 março 2012 às 15:12

Adorei saber, obrigada por compartilhar!

Comentário de Livia Abade em 19 março 2012 às 15:11

Realmente,o amor é a mais bela das virtudes!

Vamos colocar em pratica este ensinamento de do mestre Jesus.

Muita luz...

Comentário de claudie lopes em 19 março 2012 às 14:54

Valeu, Henrique!! Tb achei muito interessante a fundamentação espírita.

Um abração!!

Comentário de Henrique em 19 março 2012 às 14:39

muito bom...

© 2022   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!