Nem tudo que escrevo vem da minha mente hiperativa e criativa. Às vezes algo simplesmente fica martelando... Dizendo dentro da minha cabeça: - Escreva, escreva, escreva.

E então quando me dou por vencida. Escrevo, deixo que vá para o papel aquilo que tem de ir, porem nem sempre entendo ou me é agradável a princípio, mas em geral procuro não dar demasiada atenção, guardo e só anuncio quando sinto que assim deve ser. Seja como for, tentarei farei meu dever, mas ainda de acordo com minhas limitadas possibilidades e imperfeições, andando e subindo um degrau de cada vez e que seja feita a vontade do nosso pai maior.

Abraços de paz

Exibições: 57

Tags: Escrevo, devo., o, que

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!