Nascer, morrer, renascer ainda, e progredir sempre, tal é a lei

A lei das vidas sucessivas explica encontros e desencontros que se dão em nossa existência. Pessoas que antes nunca vimos, em minutos parecem velhos conhecidos e entes que conhecemos a vida toda, até mesmo parentes, nos são totalmente estranhos e sem afinidades. 

É simples, uns conhecemos de outras vidas, outros estamos caminhando pela primeira vez juntos na estrada terrena. Irmãos há que, quase de imediato, simpatizamos, outros, porém mesmo que não nos façam mal algum, não conseguimos nos afeiçoar. 

São afetos e desafetos anteriores que afloram com o reencontro. A reencarnação ao invés de enfraquecer os laços de amizade e de família, os fortalece, pois a certeza do reencontro pós-túmulo, nos consola na morte de um ser amado. 

Sendo Deus justo, as causas das diferenças que existem em nosso globo também são justas. Por que Deus criaria um homem bom, doente e na miséria e criaria um homem mau na opulência? 

Onde haveria justiça fosse a vida terrena uma única existência? 

Nós somos criadores de nossa felicidade e de nossa infelicidade. Deus é todo amor e sua justiça é de misericórdia para com todos nós. Somos julgados pela nossa própria consciência que não deixa escapar nada. 

Na maioria das vezes escolhemos as dificuldades pelas quais passamos para resgatar erros pretéritos e assim seguir adiante na evolução. O que aparentemente é uma injustiça, trata-se apenas de uma correção de um passado culposo. Deus não nos pune e sim nos dá novas oportunidades de fazer as escolhas certas. Nós somos o resultado de nossas próprias escolhas. 

Deus nos criou a todos iguais, simples e ignorantes. Com o nascimento e renascimentos adquirimos o conhecimento, com isso começamos a fazer escolhas certas ou erradas. Com as certas evoluímos mais rápido e com menos dificuldade. As escolhas erradas atrasam um pouco a marcha evolutiva, mas mesmo assim ela se dá, pois não há retrocesso. 

As ideias inatas que temos e gênios precoces, crianças ainda com conhecimentos que ultrapassam a compreensão, nada mais são que almas que adquiriram esclarecimento em vidas anteriores na área que hoje se destacam. 

Jesus falou de reencarnação a Nicodemos quando lhe respondeu: “em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. E perguntou-lhe ainda Nicodemos: pode um homem nascer, sendo velho? Pode porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vez? E respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da carne e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, o que é nascido do Espírito é Espírito. Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo.” Bíblia, Novo Testamento – João, cap. 3 v.1 a 12.

Exibições: 63

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!