“Bem-aventurados os pacificadores porque serão chamados

filhos de Deus.” – JESUS. (Mateus, 5:9.)

Na cultura da paz, saibamos sempre:

respeitar as opiniões alheias como desejamos seja mantido o respeito dos outros para comas nossas;

colocar-nos na posição dos companheiros em dificuldades, a fim de que lhes saibamos ser úteis;

calar referências impróprias ou destrutivas;

reconhecer que as nossas dores e provações não são diferentes daqueles que visitam o coração do próximo;

consagrar-nos ao cumprimento das próprias obrigações;

fazer de cada ocasião a melhor oportunidade de cooperar a benefício dos semelhantes;

melhorar-nos, através do trabalho e do estudo, seja onde for;

cultivar o prazer de servir;

semear o amor, por toda parte, entre amigos e inimigos;

jamais duvidar da vitória do bem.

Buscando a consideração de pacificadores, guardaremos a certeza de que a paz verdadeira não surge, espontânea, de vez que é e será sempre fruto do esforço de cada um.

***

Espírito: Emmanuel

Médium: Chico Xavier

Livro: Ceifa de Luz

Exibições: 318

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de sueli rodrigues em 19 setembro 2014 às 11:29

muito bom a paz e td paz e luz .

Comentário de Josiane Puziski Madeira em 19 setembro 2014 às 10:36
Maravilhoso texto!
Então, vamos trabalhar pela nossa paz!

Muita luz! :-)

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!