Os diversos casos de microcefalia que estão ocorrendo por todo o Brasil, e com mais intensidade no Nordeste, com os números cada vez mais aumentando, faz-nos indagar: por que isto está acontecendo?

Para nós espíritas isto não é por acaso. Na visão da Doutrina Espírita esta situação enquadra-se nas chamadas provações coletivas, é um resgate coletivo. São espíritos que trazem necessidade de provas ou expiações semelhantes, nisto são atraídos a lugares ou situações, onde graves desequilíbrios destes espíritos são tratados em conjunto. Sobretudo nas doenças chamadas de congênitas, que a criança já traz ao nascer, não pode ser atribuída ao acaso ou a má sorte elas passarem por esta situação.

Há casos também em que esses espíritos reencarnam com este problema para ajudar os familiares a desenvolverem boas qualidades, a terem mais paciência, para desenvolver o cuidado pelo próximo, a compaixão, a generosidade...

O Espiritismo nos esclarece que estamos num mundo de efeitos, de consequências, onde percebemos que na reencarnação encontra-se o “por que” para compreendermos o que está ocorrendo, as causas e as consequências.

Nas questões 132 e 133 de O Livro dos Espíritos, encontramos os seguintes esclarecimentos: Que Deus impõe a encarnação com o objetivo de fazer os espíritos chegarem a perfeição. Para alguns a encarnação é uma expiação, para outros é uma missão. Todavia, para alcançarem essa perfeição, devem suportar todas as vicissitudes da existência corporal; nisto é que está a expiação. (...)
Todos nós necessitamos de reencarnarmos, pois todos nós fomos criados simples e ignorantes; instruímo-nos nas lutas e nas tribulações da vida corporal. Deus, que é justo, não poderia fazer a alguns felizes, sem dificuldades e sem trabalho e, por conseguinte, sem mérito. Os espíritos que seguem o caminho do bem alcançam mais depressa o objetivo. Aliás, as dificuldades da vida, frequentemente, são consequências da imperfeição do espírito; quanto menos tenham de imperfeição, menos tem de tormentos. (...)

Estamos vivenciando um momento crucial no progresso do planeta Terra, e no nosso progresso. Esta é a encarnação que melhor nos preparamos através das outras encarnações. É a grande chance e a grande oportunidade para nos tornamos indivíduos melhores. E para esses espíritos que nasceram com o corpo físico com microcefalia é uma grande oportunidade de reajuste de dividas passadas, é uma reencanação impar para eles, mesmo que seja por breve instantes, ou pela experiência de passar por isso, ou que vivam por anos; tanto para eles como para os familiares .

Sabemos que a Terra está passando pela mudança de uma Era para outra, deixando o mundo de Provas e Expiações para o mundo de Regeneração. Tudo que estamos vivenciando seja desencarnes coletivos, seja reencarnações de resgate coletivo, é para acelerar o processo de quitação de divida do mundo em estagio de Provas e Expiações, pois não se pode chegar um novo estagio moral na Terra com as dividas e os sofrimentos atuais. Só irão ficar na Terra os espíritos que assumirem o compromisso com o bem, espíritos com a moral adequada para habitar o mundo em estagio evolutivo de Regeneração. Por isso que as dividas tem que serem pagas, e por isso que está havendo esse aceleramento para o pagamento dos débitos desses espíritos, e tudo isso acontecendo por meio da Lei de Causa e Efeito, da ação e da reação.

Assim, os débitos de vidas anteriores que tal espírito contraiu e acarretou tal deficiência, é sanado com essa atitude de encarnar com a microcefalia. Décadas atrás a incidência de casos de deficiência física era muito grande, e se apresentando de diversas formas as deficiências físicas, atualmente os espíritos estão nascendo com doenças emocionais, psíquicas, é a mente que está sofrendo atualmente. Tendo diminuído os casos de deficiência física, pois os espíritos que precisavam passar por tais circunstancias já terem quitado tal divida, contraída por erros em vidas passadas. É por isso que esta é a grande chance, quem sabe uma das ultimas chamadas para esses espíritos quitarem suas dividas e a dos seus familiares por meio da microcefalia.

Deus sempre Escreve Certo e Seu Amor e Justiça nunca falham. Temos que entender que os espíritos desses bebês, são espíritos que já viveram muitas outras vidas, com erros e acertos. Os aspectos espirituais por trás desta situação é que são espíritos que precisam passar pela experiência da microcefalia, é como se fosse um processo de cura para as dificuldades espirituais desses espíritos.

Que as mães não abortem esses bebês de forma alguma, porque se houver um caso na família de microcefalia é porque a família necessita desta experiência para desenvolver boas qualidades. Porque se haver de nascer na família um bebê com alguma deficiência física é necessidade da família e do bebê. A família tem que se doar, porque tudo tem uma razão de ser. É a Justiça Divina atuando, mesmo que não compreendemos atualmente, para que alcancemos a luz.

Que as mães, os pais e os familiares agradeçam a Deus por esta oportunidade bendita, por receber estes espíritos sofredores, que vão precisar dos seus pais, responsáveis, familiares, de todo o amor, carinho, da servidão, para se dedicarem a estes espíritos, dando condição a eles de cura para o espírito, através desta oportunidade. Quando servimos crescemos. É um crescimento mútuo, para os pais e para o filho, muitos casos podem ser resgates de dividas dos pais com os filhos de outras vidas, outros casos os bebês podem assim nascer para sensibilizar os pais e familiares, e outros podem ser a necessidade do espírito de nascer desta forma e os pais o acolhem para ajuda-lo e isto já foi estabelecido no plano reencarnatório, antes dos pais e filhos nascerem.

Que esses casos sirvam para a sociedade em geral, para sensibilizar-nos e nos voltarmos mais para o bem, para o amor, para a caridade... Uma nova era está chegando, e temos que cada dia sermos pessoas melhores. O tempo urge, e os trabalhos estão sendo acelerados. Colhemos o que plantamos isto através dos séculos, isto é a lei de causa e efeito, ação e reação. Mas, sobretudo, confiemos em Deus Pai. E nos ensinos de Mestre Jesus, pois Ele afirmou: “Das ovelhas que meu Pai me confiou, nenhuma se perderá.”

“Estamos certos de que Deus age em todas as coisas com o fim de beneficiar todos os que o amam, dos que foram chamados conforme seu plano.“ (Romanos 8:28)

Exibições: 336941

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Daniel Horta em 15 fevereiro 2016 às 8:19

Li com muito interesse o artigo da Ana Maria Teodoro e achei-o perfeitamente conectado com os princípios Kardecistas. Chamou-me a atenção, no entanto, a citação de trecho da carta de do Apóstolo Paulo aos Romanos. Sim, pelo fato de que Paulo, nessa mesma carta, expor uma doutrina diametralmente contrária ao texto formulado pela Ana Maria.

Em seu texto, Ana Maria esclarece: ”Para nós espíritas isto não é por acaso. Na visão da Doutrina Espírita esta situação enquadra-se nas chamadas provações coletivas, é um resgate coletivo. São espíritos que trazem necessidade de provas ou expiações semelhantes, nisto são atraídos a lugares ou situações, onde graves desequilíbrios destes espíritos são tratados em conjunto”. Para a visão espírita está claro que a expiação decorre das provas, através da evolução do espírito, por meio das encarnações. E esse pensar traz alento a quem tem esperança na doutrina de Kardec.

Mas chamar Paulo para o artigo seria como sentar Marx em uma mesa de apoio ao capitalismo selvagem. Paulo foi quem sistematizou a doutrina da “Salvação pela Graça”. E não é preciso que eu emita minha opinião, basta ler o que o próprio Paulo diz, na mesma Carta aos Romanos:

 “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos, tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.” Rm 3:23-26

“Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes.” Rm 5:1-2

“Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida;” Rm 5: 8-10

“Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado, a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Rm 8: 1-4

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou. Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” Rm 8:28-32

“Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Rm 10:9-13

E reconhecendo que sua doutrina necessita de uma visão particular, conduzida pelo Espírito Santo, Paulo ainda explicou em sua Primeira Carta aos Coríntios:

“Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus. Pois está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e aniquilarei a inteligência dos instruídos. Onde está o sábio? Onde, o escriba? Onde, o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? Visto como, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por sua própria sabedoria, aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação. Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.” I Cor 1:18-25

E o Jesus Cristo, segundo o Evangelho de Mateus, nos fala algo que vai em outra direção à visão exposta pela Ana Maria:

 

“Caminhando Jesus, viu um homem cego de nascença. E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus.” João 9:1-3

Para o Apóstolo Paulo, Jesus Cristo é Deus Filho. Nele se realiza a expiação e salvação por sua morte na cruz. Para Kardec, Jesus Cristo é um Mestre, um espírito iluminado e evoluído. Fica a pergunta que Jesus Cristo formulou: "Mas vós, continuou Ele, quem dizeis que eu sou?"

Comentário de silvana alves em 10 fevereiro 2016 às 22:18
Obrigado amei o texto, faz todo sentido....
Comentário de Rosângela em 9 fevereiro 2016 às 14:04
Incrível essa matéria!
Agora consigo entender mais um pouco, o motivo de tantas doenças psíquicas que estão acometendo o nosso planeta!
Está faltando AMOR... nos corações da humanidade!
Comentário de Juuh em 8 fevereiro 2016 às 13:24
Eu sou leiga no espiritismo ...mais tenho muitas curiosidades e só sei q tudo na vida tem um pq ...
Comentário de Kathia marx sander em 8 fevereiro 2016 às 13:06
Acabei de me ingressar no grupo , estou feliz por isto ! Saudaçoes a todos que aguardam com alegria um dia partilhar por completo das belezas da criaçao, com o Altíssimo !
Comentário de Izabel Cristina da Silva Santos em 8 fevereiro 2016 às 8:40
Deus nos dá aquilo que Ele sabe que somos capazes de suportar. E quando somos escolhidos para país dessas crianças é porque seremos capazes de cumprirmos nossa missão. Minha filha nasceu com as fontanelas fechadas e passou por cirurgia com 3 meses e meio, foram os momentos mais difíceis de nossas vidas,. Fizemos tudo que o médico recomendou e hoje ela é perfeita e saudável e nossa maior alegria. Deus colocou em nosso caminho o médico que cuidou dela e todas as pessoas que cuidaram dela na maternidade.
Deus nos dá as provações, mas também nos dá as forças que precisaremos!
Comentário de Francisco de Assis de Brito em 7 fevereiro 2016 às 18:17

Ainda temos muito que evoluir. Parece que estamos em um grande laboratório da vida Divina, sendo que, para conseguirmos as vitórias diante das adversidades da vida temos que nos doar de corpo e alma, fazer o bem sem olhar a quem. Ter amor no coração para com o seu semelhante é tudo. Cada um de nós tem o seu carma e tudo é colocado de acordo, Deus não cria nada em vão.

Comentário de Adriana em 7 fevereiro 2016 às 15:23
Acredito... mas é duro ter q aceitar.... como mãe de três meninas saudáveis .... graças a Deus.... não sei se teria equilíbrio p enfrentar tal condição .... não teria alicerce ..... Deus , realmente , só dá essas coisas p quem consegue lidar... carregar... pagar a divida do seu carma.... e a Cada dia agradeço mais pelas filhas perfeitas q ele me deu p amar e cuidar!
Comentário de Miguel Gomes Simão em 7 fevereiro 2016 às 13:10

Entendo tudo o que foi dito, mas não consigo me colocar no lugar desses pais que terão de conviver com isto e neste momento, o que peço é a misericórdia de Deus para com estas criaturas.

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!