Detalhes Imprescindíveis

Fator moral dos envolvidos: presente em todas as realizações espíritas;

¨Motivações superiores: razão de ser para os espíritos superiores se materializarem;

¨Nenhum espírito superior concorda em materializar-se para atender a caprichos e/ou curiosidades;

¨Todos os fenômenos de materialização são regidos e supervisionados por entidades elevadas por ser um trabalho importante, difícil e perigoso.

Conceito ¨Materialização ≠ Aparição;

¨Materialização = Corporificação dos espíritos que se tornam visíveis;

¨Não é preciso ser médium para ver o espírito materializado;

¨O materializado pode ser visto, sentido e tocado (temperatura, pulsações, conversa);

¨Materialização = Fenômeno objetivo, pois envolve elementos materiais pesados e permite exame direto, do ponto de vista científico. O Médium ¨O médium pode permanecer em transe ou desperto, sendo espectador;

¨Não é agente/produtor de fenômenos;

¨Médium = elemento de fornecimento parte dos fluidos necessários para a produção do fenômeno (ectoplasma);

¨Além disso, há necessidade de outros fluidos que o médium não possui (são retirados de outras fontes). Ectoplasma - Definição ¨“... neblina espessa e leitosa”;

¨“De aspecto viscoso, semilíquido e esbranquiçado, é uma substância básica e muito importante para os efeitos de materialização de objetos e espíritos”;

¨Matéria plástica e profundamente sensível às nossas criações mentais;

¨É moldável, utilizada nos efeitos físicos, mas é necessário conhecer as técnicas para isso;

¨Exterioriza-se através da boca, narinas e ouvidos (e outros orifícios) no aparelho mediúnico;

¨A luz branca (normalmente utilizada) interfere em sua vibração, por isso deve-se utilizar luz verde, azul ou meia luz durante os trabalhos;

¨“Nas materializações, não é utilizado diretamente o ectoplasma puro exalado pelo médium. É necessário combiná-lo com outros fluidos (espirituais, físicos), ou seja, utilizar nas materializações o ectoplasma elaborado”. A pureza do Ectoplasma ¨Fornecido pelo médium para a materialização do espírito;

¨É preciso ter disciplina espiritual e abstinência de certos alimentos, álcool, drogas, fumo, pensamentos inadequados (formas-pensa-mento inferiores);

¨Manter a pureza do ectoplasma para o trabalho e porque ele retorna ao médium após a desmaterialização para não afetar seu aparelhamento fisiológico. Importante Saber ¨Ocorre somente por motivos superiores:

¡Atendimento a sofredores encarnados – serviços de cura;

¡Facilitar investigações científicas respeitáveis – antes planejadas no Plano Superior.

¨Há esforço por parte dos espíritos para resguardar a organização mediúnica e garantir o bom êxito da materialização, espera-se o mesmo dos encarnados;

¨Perigo do processo = ausência de preparo dos encarnados (falta de elevação moral, deslumbramento, desatenção ao sacrifício de entidades e do médium). Primeiras providências ¨Exige trabalho intenso de encarnados e, principalmente, de desencarnados;

¨São três as principais providências:

Isolamento do local das sessões: círculo de aproximadamente 20 metros;

Ionização da atmosfera;

Destruição das larvas (ozonização). Isolamento do Local ¨Extenso cordão de obreiros esclarecidos;

¨Evita o acesso de entidades inferiores (perturbam e, também, afetam a pureza dos materiais utilizados:

fluidos, ectoplasma,...) Ionização da Atmosfera ¨Processo de eletrificação do ambiente;

¨Possibilitar a combinação de recursos para efeitos elétricos e magnéticos;

¨Por isso, pode-se observar lampejos, focos de luz. ¨Os plasmas possuem todas as propriedades dinâmicas dos fluidos, como turbulência, por exemplo. Como são formados de partículas carregadas livres, plasmas conduzem eletricidade. Eles tanto geram como sofrem a ação de campos eletromagnéticos, levando ao que se chama de efeito coletivo. Isto significa que o movimento de cada uma das partículas carregadas é influenciado pelo movimento de todas as demais. O comportamento coletivo é um conceito fundamental para a definição de plasmas.

Destruição das Larvas ¨É feita por aparelhos espirituais: aparelhos elétricos invisíveis - produção de ozônio (O3);

¨Evita-se, assim, que o ectoplasma (força nervosa do médium) sofra a intromissão de certos elementos microbianos, já que é matéria plástica e profundamente sensível às nossas criações mentais. Os elementos Nos fenômenos de Materialização os espíritos contam com três elementos essenciais: - Forças superiores e sutis das esferas elevadas:   São puras, contribuem para a sublimação do fenômeno;- Recursos ou energias do médium e dos seus companheiros (Ectoplasma):   Obstáculos são colocados por causa de formas pensamento, emanações viciosas (fumo, bebida, abuso de carnes), caprichos, incongruências;- Recursos ou energias tomadas da natureza terrestre, nas águas, nas plantas, etc. São dóceis, energias extremamente propícias à execução dos trabalhos. Últimas providências - Colocar o médium em condições fisiológicas e psicológicas para o trabalho;- Socorro magnético;   Incentivo aos processos digestivos(fluxo magnético projetado no estômago e fígado);- Limpeza do sistema nervoso, para as saídas de força (limpeza eficiente e enérgica - Extração de resíduos escuros);- Auxílio para o desdobramento do médium (Passes Magnéticos). Dois tipos de Materialização ¨Normal: o espírito incorpora o perispírito do médium colocado em transe;

¨Sublimada: O espírito organiza seu “corpo materializado” exclusivamente com os elementos essenciais às materializações (ectoplasma, forças sutis e da natureza), sem o concurso do perispírito do médium. Neste caso, elas podem ocorrer nos lares, ruas, campos, igrejas. É o próprio espírito, por si mesmo e com ajuda de supervisores espirituais (emtidades especializadas), que leva a efeito a sublima composição dos três elementos essenciais mencionados. Pedido de André Luíz¨ André Luiz mostra-se interessado sobre os fenômenos da materialização e o Instrutor Alexandre intervém a seu favor;

¨Explicação de Alexandre sobre a Materialização:

Exige todas as possibilidades do aparelho do médium;

Movimenta todos os elementos de colaboração dos companheiros encarnados presentes;

À falta de colaboradores encarnados nas condições espirituais necessárias, há grande risco para organização mediúnica, sendo necessário maior número de colaboradores espirituais. Seus Relatos¨50 minutos antes do início da sessão:

Alexandre e André Luiz se reuniram aos demais colaboradores das diversas funções preparatórias;

É apresentado o superintendente dos trabalhos Irmão Calimério.        

Descrição dos procedimentos ¨Fronteira vibratória: isolamento da residência onde ocorreria o trabalho por uma extensa corrente de trabalhadores espirituais.

Observa que não estavam presentes os sofredores (ocorrência comum nos demais casos);

Havia o máximo cuidado para que princípios mentais de origem inferior não afetassem a saúde física dos colaboradores encarnados nem a pureza do material necessário;

Não conseguiam impedir a entrada de entidades inferiores (obsessores de obsidiados, ambos muito ligados);

Os cuidados eram estendidos aos encarnados. Alteração na atmosfera ¨Ionização: 20 entidades, preparando o local, movimentaram o ar ambiente com gestos rítmicos a fim de ionizar a atmosfera;

¨Condensação do oxigênio: várias entidades colaboradoras, com aparelhos de grande potencial elétrico, realizaram a ozonização da atmosfera (O3) = extermínio de larvas e expressões microscópicas de atividade inferior (bactericida); Recursos ¨Recursos da Natureza: entidades entravam no local portando material luminoso = elementos de plantas e da água estruturados para reduzido número de vibrações e invisíveis a olhos humanos;

¨Outros Recursos: forças superiores e sutis das esferas elevadas; e ectoplasma (energias do médium e de seus companheiros) – este exige esforço da equipe de trabalhadores, em função das formas-pensamento absurdas e emanações viciosas. Participantes ¨Pessoas familiarizadas com a reunião;

¨A médium acompanhada de diversas entidades (destaque para Alencar – entidade de elevada condição, parecia chefiar o grupo de servidores);

¨Verônica, amiga do orientador, fora enfermeira em vida passada. Preparação da Médium ¨Verônica convida Alexandre para dar início aos procedimentos:

Ambos mais três colaboradores colocaram a mão em forma de coroa sobre a fronte da jovem, formando vigoroso fluxo magnético projetado no estômago e fígado. As forças concentraram-se sobre o plexo solar, espalhando-se sobre todo o sistema vegetativo e acelerando o processo químico da digestão; ¡Aplicaram fluxos magnéticos diferenciados para a preparação do sistema nervoso (saída de forças), Alexandre no cérebro e Verônica e os demais sobre o sistema nervoso central (nervos cervicais, dorsais, lombares e sacros).

limpeza eficiente e enérgica = saída de resíduos dos centros vitais ;

socorro do organismo nos processos de nutrição, circulação metabolismo e ações protoplasmáticas = equilíbrio fisiológico.

Quando Verônica inicia a aplicação de passes magnéticos a fim de processar o desdobramento...Surpresa desagradável ¨Sr. P. chega à sessão e causa perturbação:

Provocou choque de vibrações no recinto, pois havia bebido (mesmo estando bem disposto, sem traços de embriaguez);

Alencar ordenou aos colaboradores para insulá-lo (isolá-lo), para evitar maiores influenciações; ­Semelhantemente, a respiração emite venenos quando alguém bebe alcoólicos em abundância;

Os princípios etílicos são emanados pelos poros, nariz, boca, prejudicando os trabalhos;

Emanações do álcool de cana = nocivas aos delicados elementos de formação plástica, assim como às forças exteriorizadas do aparelho mediúnico. Desdobramento ¨A médium é levada a pequeno gabinete improvisado:

Calimério opera seu desdobramento projetando seu sublime potencial de energias;

Verônica e outras amigas amparavam a jovem parcialmente liberta dos veículos físicos;

O ectoplasma passou a exteriorizar-se como se fosse uma neblina espessa e leitosa. A Materialização ¨A assistência encarnada não conseguiu colaborar com os preparativos finais;

¨Alencar solicitou ajuda a Alexandre e André:

Prepararam uma garganta ectoplasmática;

Alexandre, através dela, conclamou a todos solicitando que cantasse, a fim de não mais interferirem no processo que acontecia;

Fez-se música no ambiente e Alencar, profundamente ligado à organização mediúnica, tomou forma, ao lado da médium que era sustentada por Calimério e assistida por numerosos trabalhadores.

Referências: ¨ARMOND, Edgar. Mediunidade. São Paulo: Aliança, 1992.

¨KULCHESKI, Edvaldo . O Ectoplasma. In: Revista Cristã de Espiritismo. Edição especial sobre Materialização. Fonte:http://www.rcespiritismo.com.br/index.php?option=com_content&ta... (acesso em 23/06/2009).

¨PERALVA, Martins. Estudando a Mediunidade. Rio de Janeiro: FEB, 1987. 12ª Edição.

 

¨XAVIER, Francisco Cândido. Missionários da Luz. Pelo espírito de André Luiz. Rio de Janeiro: FEB, 2003. 37ª Edição. Pesquisa realizada por Paula da Silva Soares

Exibições: 435

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Emerson André Leite . em 11 abril 2019 às 17:28
Espiritismo sem Jesus Cristo não é um Bom Espiritismo ,não é mesmo ? Jesus disse:pegue a sua Cruz e siga-me , para aqueles que só acreditam em fenômenos espirituais; não têm nada de errado um espírita carregar uma cruz consigo , que Deus nos abençôe e Nosso espírito não fique apegado só as coisas mundanas, Assim seja !
Comentário de Emerson André Leite . em 11 abril 2019 às 17:28
Espiritismo sem Jesus Cristo não é um Bom Espiritismo ,não é mesmo ? Jesus disse:pegue a sua Cruz e siga-me , para aqueles que só acreditam em fenômenos espirituais; não têm nada de errado um espírita carregar uma cruz consigo , que Deus nos abençôe e Nosso espírito não fique apegado só as coisas mundanas, Assim seja !

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!