Léon Denis, então com 21 anos encontra pela primeira vez Allan Kardec e relata:

"Tínhamos alugado, disse ele, para recebê-lo e ouvi-lo, uma sala na Rua Paul Louis Courrier, e havíamos solicitado à prefeitura a autorização para a reunião, pois, no império, uma lei severa proibia qualquer concentração com mais de 20 pessoas.
Entretanto, no momento aprazado pela assembléia, uma recusa formal nos foi comunicada.
Fui encarregado de ficar à porta do local, para prevenir os convidados, a fim de se dirigirem para a Spirito-Villa, na casa do Sr. Rebondin, na Rua Du Sentier, onde a reunião se faria no jardim.
Éramos bem uns 300 ouvintes, em pé e apertados uns aos outros, apinhados sob as árvores, pisando nos canteiros de nosso hospedeiro.
Sob a claridade das estrelas, a voz suave e grave de Allan Kardec se elevava, e sua fisionomia meditativa, iluminada por uma pequena lâmpada colocada sobre uma mesa, no centro do jardim, produzia um aspecto fantástico.
Ele nos fala sobre a obsessão, que era assunto em voga. Foram-lhe feitas perguntas às quais respondia com fisionomia sorridente.
Os canteiros do Sr. Rebondin ficaram bastante pisoteados, mas cada um levou dessa noite uma inesquecível lembrança.
No dia seguinte, retornei à Spirito-Villapara fazer uma visita ao Mestre; encontrei-o sobre um pequeno banco, junto a uma grande cerejeira, colhendo frutos que atirava para a Sra. Allan Kardec – cena bucólica que contrastava alegremente com esses graves acontecimentos."

Léon Denis – Anais do congresso,1925,p.225.
 

Exibições: 538

Tags: 21, Allan, Denis, Kardec, Léon, anos, com, e, encontra, então, Mais...pela, primeira, relata:, vez

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!