JOANA D'ARC ! Francesa, Mulher, Líder e MÉDIUM que foi QUEIMADA VIVA como BRUXA !

Imagem relacionada

Joana d'Arc em francês Jeanne d'Arc - Nasceu em Domrémy-la-Pucelle, 6 de janeiro 1412 — Morreu queimada em Ruão, 30 de maio 1431, por vezes chamada de donzela de Orléans, é a santa padroeira da França e foi uma heroína da Guerra dos Cem Anos, durante a qual tomou partido pelos Armagnacs, na longa luta contra os borguinhões e seus aliados ingleses.

Descendente de camponeses, gente modesta e analfabeta, foi uma mártir francesa canonizada em 1920, quase cinco séculos depois de ter sido queimada viva.
NA PRISÃO:

Consta no seu julgamento - 31 de Maio "Eu fui confortada por São Gabriel; acho que era São Gabriel: eu soube pelas minhas vozes que era ele. Pedi conselho ás minhas vozes se deviam submeter-me à Igreja porque o Clero estava a pressionar-me muito, e elas disseram-me: Se queres que Deus "Eu sei que o nosso Senhor foi sempre o senhor da minha vontade e que o diabo nunca teria poder sobre Ele". "Eu perguntei ás minhas Vozes se eu seria queimada e elas responderam-me: Confia no Senhor e ele ajudar-te-á." 
Todas as acusações eram de ordem religiosa: bruxa, herege, idólatra, entre outras. Martírio que durou seis meses, sua sentença foi ser queimada viva. 
Cumpriu-se então a sentença, Joana foi queimada viva em uma fogueira aos 19 anos de idade. Foi o fim da heroína francesa. 

NA VISÃO ESPÍRITA: MEDIUNIDADE


Aos 12 anos começou a ter visões. Era um dia de verão, ao meio-dia. Joana orava no jardim próximo à sua casa, quando escutou uma voz que lhe dizia para ter confiança no Senhor. A figura que ela divisou, identificou como sendo a do arcanjo São Miguel. As duas mensageiras espirituais que o acompanhavam, como Catarina e Margarida, santas conforme a Igreja que ela freqüentava. Eles lhe falam da situação do país e lhe revelam a missão. Ela deve ir a socorro do Delfim e coroá-lo rei de França. 

Durante 4 anos , ela hesitou e a história de suas visões começou a se espalhar. Ao alvorecer de um dia de inverno, ela se levanta. Está decidida. Prepara uma ligeira bagagem, um embrulhozinho, um bastão de viagem, murmura adeus aos seus pais e parte. Nunca mais aquela aldeia da Lorena a verá. 

Igreja, de conviver com homens nos campos de batalha, de manejar a espada. 

O objetivo era provar que Joana era uma enviada do demônio. Conseqüentemente, se desmoralizaria o rei Carlos VII. Afinal, que espécie de rei era aquele que se deixara enganar por uma bruxa?
Durante 6 meses ela é submetida a uma verdadeira tortura moral. Os interrogatórios são longos, cansativos. Finalmente, a execução se dá na praça central de Roeun, no dia 30 de maio de 1431. 

Seu cabelo foi raspado e, por temerem a reação do povo, 120 homens armados a escoltam até o local. Ela é atada a um poste e a fogueira é acesa. 

Quando as chamas a envolvem e lhe mordem as carnes, ela exclama: "Sim, minhas vozes eram de Deus! Minhas vozes não me enganaram." 

Era a prova inequívoca da mediunidade que lhe guiara a trajetória terrena. 

No capítulo XXXI de O livro dos médiuns, vindo a lume no ano de 1861, quando o Codificador reúne Dissertações Espíritas, confere à de Joana D'Arc o número 12, onde ela se dirige aos médiuns, em especial, concitando-os ao exercício do mediunato. 
Recomenda-lhes, ainda, que confiem em seu anjo guardião e que lutem contra o escolho da mediunidade que é o orgulho. 

Conselhos que ela, em sua vida terrena, na qualidade de médium, muito bem seguira. 
Fonte: Joana D'Arc, médium - Léon Denis

https://youtu.be/uOnkP2ExrAY

O homem, cujas faculdades são limitadas, não pode penetrar nem abarcar o conjunto dos desígnios do Criador; julga as coisas sob o ponto de vista de sua personalidade, dos interesses factícios e da convenção que ele criou para si e que não estão da Natureza. Por isso que tivemos, para ser breve, os acontecimentos com o Cristo-Jesus, com Joana D'arc, com Tiradentes e outros milhares de acontecimentos,e que acontece até nos dias atuais...a lei dos homens, doa a quem doer.

Exibições: 1304

Tags: !, BRUXA, D'ARC, Francesa, JOANA, Líder, Mulher, MÉDIUM, QUEIMADA, VIVA, Mais...como, e, foi, que

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!