Para o primeiro semestre de 2015 está prevista a inauguração do Instituto de Medicina do Além (IMA), um hospital espírita localizado na cidade de Franca, interior de São Paulo.

O IMA existe há 14 anos e atrai cerca de 10 mil pessoas semanalmente para a região, pessoas que buscam a cura espiritual dos mais diferentes males e que participam das sessões feitas todas as quartas-feiras e sábados.

O médium João Berbel, 59 anos, é o responsável pelos atendimentos. Ele afirma que incorpora o espírito do médico Ismael Alonso y Alonso, ex-prefeito de Franca que faleceu em 1964, para poder realizar as cirurgias espirituais.

O IMA foi projetado para poder atender a quantidade de pessoas que procuram o médium. O hospital está localizado em um prédio de três pavimentos que está anexo ao local onde já acontece as reuniões.

Serão 230 leitos para atender espiritualmente as pessoas que procuram Berbel. Para abrigar os doentes e seus familiares o prédio terá 78 quartos com banheiros individuais e armários, divididos em duas alas: masculina e feminina.

O médium realiza a cirurgia espiritual com instrumento sem lâmina e algodões embebidos em álcool e iodo. Consultas são realizadas antes da operação e após a cirurgia os pacientes são receitados com medicamentos fitoterápicos distribuídos gratuitamente aos pacientes. Com informações Folha de São Paulo.

Exibições: 9093

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de lodair dos santos paes em 29 outubro 2015 às 16:48

Com certeza uma grande iniciativa, vivermos o que nos é determinado , proporcionar para o outro sempre

uma oportunidade do despertar.

Comentário de Ari Tavares em 28 outubro 2015 às 9:07

Muito bom, deveria te em todo o Brasil

Comentário de eliane maria borges em 28 outubro 2015 às 1:48

Maravilhoso....

Comentário de JOANA ROSA RODRIGUES em 27 outubro 2015 às 20:09

maravilha!!

Comentário de Benoni Martins em 27 outubro 2015 às 13:38

Capítulo 26 de "O Evangelho Segundo o Espiritismo", página 299.

"Dai de graça o que de graça recebeste" - disse Jesus aos seus discípulos, e por esse preceito, ele e deve estabelece que não se deve cobrar aquilo por que nada se pagou. Ora, o que eles haviam recebido de graça era a faculdade de curar os doentes e de expulsar os demônios - ou seja - os maus Espíritos. Esse dom lhes fora dado gratuitamente por Deus, para alívio dos que sofrem e para ajudar a propagação da fé. Ele lhes diz para não fazer disto um objeto de comércio ou de especulação, nem um meio de vida.

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!