Exercício para eliminar a Tristeza - Texto para Reflexão

Nesta semana, quero passar um exercício para eliminar a tristeza. Antes, quero ajudá-la a lidar com a decepção, uma das grandes causas desse estado de espírito. Já percebeu como nos frustramos por esperar demais das pessoas? Taí um erro. Pois é, o que não conseguimos entender é que até os entes mais queridos não têm condições de dar o que queremos ou simplesmente não querem dar, afinal todos são livres para fazer as próprias escolhas. E você aceita isso? Não, né? Ninguém aceita uma recusa…

Aonde eu quero chegar? Se você não esperar nada de ninguém, dificilmente se entristecerá. Repito: não espere nada de ninguém! Se vier, ótimo. Se não, siga em frente, sem alimentar o seu lado vítima, o “pobre de mim”. Quer saber? Como posso me desapontar comigo mesmo, também não espero nada de mim. Viu só? Incorporar certas ideias pode dar aquela leveza de que precisamos na vida. Agora procure um lugar calmo e leia o trecho abaixo:

“Eu estou aqui, vivo a vida com seus desafios. Eu não sou coitada e nem vítima dessa situação. Eu solto e assumo minha coragem! Assumo minha vontade de ir e a necessidade de elevar meu astral. Eu me alegro por falar o que quero. Por expressar meus sentimentos como são. Sim, eu posso me manter tranquila, deixando que as pessoas cuidem de seus problemas e assumindo os meus. Eu posso me manter tranquila não esperando nada de ninguém. Porque decido ter humor e não levar as coisas exageradamente a sério. Eu posso agir seriamente e sorrir sempre. Posso rir e jogar fora mágoas, tristezas e desilusões. Hum, que bom jogar fora as desilusões… Mais do que tudo isso, me aceito. Sou assim. Tenho uma série de defeitos e fraquezas. Mas é o que sou, é o jeito que eu sei fazer. Quero estar bem comigo. Os outros não fazem por mim. Eu me viro e vivo bem. Aconteça o que acontecer, eu me viro e vou arriscar.”

Uma das chaves para sair da tristeza é arriscar. Então vamos lá, arregace as mangas, pise fundo e coloque uma coisa em mente: a gente vai ter sempre que enfrentar algo na vida. Encare-a, portanto, com boa vontade, bom sentimento e o seu melhor. A vida não caminha de acordo com nossos sonhos. Não faz mal. O importante é que nela há sempre um mistério que pode nos encantar…

Luis Antônio Gasparetto-Llena

Exibições: 2860

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de samuel idavir domingos em 31 janeiro 2014 às 23:53
Gostei muito! obrigado!
Comentário de lucy rinehart em 29 janeiro 2014 às 11:08

É difícil, por isso tem que ser um exercício a ser praticado constantemente. Eu me identifiquei e identifiquei vários familiares que vivem nessa ilusão.

Comentário de Luciano Cordeiro em 28 janeiro 2014 às 17:20

Texto maravilhoso!! O Gasparetto nos ensina nesse texto a sermos responsáveis conosco mesmo,tendo essa postura mental que o texto sugere a todos nós. Alimentamos a ilusão de que o outro, tem que me ajudar, tem que me assumir, tem que me amar e etc ,etc etc...Ninguém tem que nada!!! Ninguém pode fazer pelo outro ,no sentido de resolver questões  profundas e de natureza interna, se o outro não quiser ser ajudado.

E é nesse sentido que o texto se consolida. Não criar expectativas absurdas , é o caminho para a libertação de decepções que ilusoriamente , achamos que provém das pessoas , mas que na verdade , tem a origem naquele que projeta essa expectativa no outro..mas como a maioria das pessoas adoram se fazer de vítimas, sempre afirmarão ser o outro o "culpado"; essa postura mental do coitado , da vítima , provoca muita dor e sofrimento. O outro é o que é, e se faz , é porquê lhe damos esse poder de alguma forma!! O texto também nos ensina a  nos aceitarmos como somos; isso se chama modéstia , tão carente em muitas pessoas "espiritualizadas" , que acham que devem salvar o mundo e que se o outro sofre " Ah eu poderia ter feito assim , assado, poderia ter feito melhor ..mas  não fiz" E se culpam demasiadamente..isso chama - se orgulho inflado!!..Não , não, não podemos ajudar as pessoas se não quiserem ser ajudadas! Entender isso e aceitar, é sair da ilusão e fazermos o que dá!! O texto se mostra brilhante também , quando fala que posso escolher  rir, deixar as mágoas , as tristezas , desilusões,  e é verdade ... o poder de escolha está e sempre  esteve conosco, por isso, estaremos sempre sujeitos as leis de causa e efeito. O espírito sempre será responsável, por tudo o que lhe sucede, irrevogavelmente!

Podemos evoluir a esse ponto e muito mais sim..pois para tal lei , é que fomos destinados por Deus e, não podemos fugir a isso!! Falar de Luiz Antonio Gasparetto ..é sempre um enorme prazer!! abraços fraternos.

Comentário de Kátia Souza Moreira em 28 janeiro 2014 às 17:09

gostei disso........................

Comentário de ॐ ツLlena -Terapia da Alma ॐ ツ em 28 janeiro 2014 às 16:54
Sempre arrisco, por que eu sei que o não eu já tenho!!!
abraços...
Comentário de LUCIMAR RODRIGUES ALVES em 28 janeiro 2014 às 16:47

Extremamente perfeito, rico em verdades...Obrigada!

Comentário de rosana maria dos santos em 28 janeiro 2014 às 14:31

Obrigada pelo texto,caiu para mim especialmente com uma luva!!!

Comentário de Mario Cesar Martino em 28 janeiro 2014 às 14:28

Viver isso seria o mesmo que se desconectar da vida terrestre, achar-se um ser superior e nao dar importancia aos outros seres, porem acho que nao é bem isso o nosso objetivo, mas sermos solidarios e compartilçhar as experiencias e sentimentos, senao como evoluir? Devemos enfrentar os sentimentos e sensações e pro9curar vivencia-los o máximo possivel para adquirir experiencias e nao fugir ou maquea-los.Cuidado com esse conselhos.

Comentário de Inácia Adelaide Schuchter em 28 janeiro 2014 às 14:10

Muito bonito, porém, difícil demais!!!!!!

Sempre depositamos nas pessoas muitas coisas, esperamos algo delas, principalmente quando estamos amando...

Comentário de Carlos A. Georg em 28 janeiro 2014 às 14:04

Parabéns,  belo texto mas é difícil evoluir a este nível de espirito...

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!