Ramakrishna contava uma bonita história.

Um pássaro estava voando com um rato morto no bico, e vinte ou trinta pássaros o perseguiam. Ele estava muito preocupado: Não estou fazendo nada contra eles, apenas carregando esse rato morto. Estão todos atrás de mim.

Eles o atacaram e, no conflito, em meio à luta, o pássaro abriu o bico e o rato caiu. Imediatamente todos voaram em direção ao rato e esqueceram do pássaro.

Ele então se sentou numa árvore e refletiu. Os outros pássaros não estavam contra ele, apenas faziam a mesma viagem - todos queriam o rato.

Se as pessoas o magoarem, abra a boca. Você deve estar carregando um rato morto! Solte-o! E depois sente-se - se puder, sente-se numa árvore, ou sob uma árvore, e reflita. De repente, verá que os outros se esqueceram de você. Não o estão mais perseguindo. Nunca estiveram. O ego é um rato morto.

(Em "A Música Mais Antiga do Universo”) OSHO

Exibições: 242

Tags: -, Osho, Ramakrishna, ego, pássaro, rato

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!