ENTENDENDO A LINGUAGEM DO CORPO Mensagem de Jeshua através de Pamela

ENTENDENDO A LINGUAGEM DO CORPO
Mensagem de Jeshua
através de Pamela


Queridos amigos, Eu Sou Jeshua.

Apresento-me aqui hoje e amo profundamente cada um de vocês.

Sintam meu amor – ele é totalmente aberto a quem vocês são. Não precisam esconder nada de mim. Vocês são anjos feridos, e eu estou aqui hoje para estender minha mão a cada um de vocês, porque este é um tempo de cura.

As coisas finalmente estão começando a mudar, mas para muda-las em um nível profundo, é preciso dar um mergulho na escuridão. É preciso dirigir-se às feridas que lhes foram infligidas. Façamos isto agora.

Imagine que você está segurando uma tocha de luz. Consegue segurá-la? Consegue aceitar que você é um portador da luz? Uma das maiores tragédias que vejo acontecer na sua vida é você não reconhecer mais sua própria luz.

Você olha para fora de si mesmo, procura autoridades, pessoas que saibam, procura orientação fora de si mesmo. Mas não estou aqui para lhe oferecer este tipo de orientação. Estou aqui para guia-lo a partir do seu próprio interior. Você precisa voltar a familiarizar-se com a sua própria luz.

Você se acostumou tanto a se diminuir, a se fazer insignificante, que agora lhe peço para segurar novamente aquela tocha de luz, em sua imaginação, e observar as qualidades dessa luz. Sinta como essa luz tem um efeito curador sobre você. De todas as ferramentas de cura que você pode receber, esta é a mais poderosa para reconectá-lo com sua própria luz interior.

As tragédias na Terra, as histórias de violência e guerra que este planeta conheceu, todas se devem ao fato de as pessoas terem se desconectado da sua própria luz, do seu próprio sentido de certo e errado, da sua própria intuição.

Deixaram-se abater pelo medo, sempre olhando para fora de si mesmos em busca de segurança. Isto tem que acabar agora! Se uma nova era deve se introduzir neste planeta, tem que ser através de pessoas que possam aceitar sua própria luz e viver por meio dela.

Então, como podem se livrar do medo, das vozes de falsa autoridade que vêm de fora de si mesmos?

Ao assumir este processo de libertação, vocês estão indo contra as energias de uma longa história, portanto são pioneiros e revolucionários. Quando estive na Terra, plantei as sementes desta revolução, e cada um de vocês é um portador destas sementes, que devem germinar neste momento.

Banhe-se na luz da sua tocha. Imagine que essa luz penetra todo seu corpo. Essa luz vem da sua alma e vai relembrá-lo de que você não é simplesmente um ser de carne e osso, mas que desceu à Terra vindo de outro reino. Sinta esse reino agora, pois ele é o seu Lar.

E receba a energia do Lar. Sinta a energia dos seus guias e dos anjos junto a você, pois eles realmente estão a apenas um sopro de distância. Eles desejam elevá-lo para além do peso, da densidade da Terra e, mais do que tudo, desejam elevá-lo para fora do abismo do medo.

Imagine que esta sala se preenche com nossas luzes combinadas. E sinta o quanto a Terra deseja receber esta luz, porque esta luz – a luz de todos vocês – é necessária na Terra. Mas para ser o Trabalhador da Luz que você é, é preciso primeiro voltar-se para suas feridas internas e permitir que seu corpo fale.

O próprio corpo, embora contenha energias tanto masculinas quanto femininas, possui uma energia geral, em relação à alma, que é feminina. O corpo é receptivo – ele recebe as energias da sua alma e da sua personalidade, e reflete de volta para você, não só as qualidades da sua alma, mas também quaisquer distorções que possam ocorrer como resultado da sua personalidade.

Assim como a Terra é uma energia feminina, em comparação com a energia masculina do Sol, o corpo carrega uma energia mais feminina, relativa à energia da sua alma, que está mais próxima do princípio masculino. Mas ambas são igualmente valiosas, e o corpo anseia pela atenção da alma, que é seu verdadeiro guia e aquilo que o inspira.

Na sua sociedade, você se acostumou a abordar e tratar seu corpo por meio da sua mente. E acostumou-se também a abordar a doença com a mente e com a ajuda da medicina, de modo que seu corpo acabou sendo negligenciado.

Para recuperar o relacionamento natural entre alma e corpo, é preciso, em primeiro lugar, aceitar seu corpo, independentemente de sua aparência ou de quaisquer enfermidades que ele possa ter.

Sinta como a luz da sua alma aceita totalmente o seu corpo. Sua alma anseia por unificar-se com seu corpo; e a luz da sua alma anseia por penetrar em todas as células do seu corpo. É nesta fusão de alma e corpo que você se torna um ser humano inspirado – um anjo humano.

Seu corpo é verdadeiramente um instrumento divino. Sinta o devido respeito por ele. Quando conectar a alma ao corpo desta forma, outras possibilidades de cura surgirão. É verdade que é preciso nutrir o corpo no nível físico, e também pode ser sábio aceitar tratamento da medicina convencional para curá-lo, mas existe um nível mais profundo para se lidar com a dor ou os problemas.

O primeiro passo é aceitar o corpo como uma expressão da alma. E depois, é preciso abrir-se e esperar a mensagem que seu corpo está tentando lhe trazer. Como se acostumou a pensar demais, você provavelmente espera que a resposta à causa do seu problema lhe chegue verbalmente, através da mente. Mas o processo de descoberta do verdadeiro motivo e significada de uma doença é muito mais profundo e sutil do que isso.

É preciso tratar a doença como um amigo com quem você se familiariza pouco a pouco e que, gradativamente, vai lhe contando como se sente e que mensagem lhe traz.

Entrar no caminho da doença é sempre entrar em território desconhecido – algo novo deseja penetrar sua consciência, e geralmente é um nível mais profundo de autoestima. Através da dor e do sofrimento, esse nível de autoestima acabará crescendo dentro de você, e lhe exigirá um grau maior de entrega, para que possa receber a mensagem ou resposta da doença.

Portanto, carregar a tocha da sua luz implica em duas coisas: a primeira é o reconhecimento da sua própria grandeza, da sua própria divindade, e de que você é seu próprio mestre, não dependendo de nenhuma autoridade de fora.

E a segunda é saber ajoelhar-se e tornar-se humilde diante das coisas que acontecem na sua vida, abandonando a ideia de que você conhece todas as respostas com sua mente, ou que precisa procurar as respostas com sua mente.

Neste processo de autocura e autoconhecimento, é preciso aceitar que existe algo mais vasto do que você, e que essa vastidão que deseja revelar-se a você, na realidade, é o espírito.

Então peço-lhe que assuma a sua luz, mas, ao mesmo tempo, esteja aberto à energia maior que deseja guiá-lo. Este poder maior não é uma autoridade, ela é plena de alegria e leveza. E o espírito deseja estar com você; deseja fluir através de você, enquanto você está sendo um ser humano na Terra.

Obrigado a todos vocês por estarem aqui hoje.
Estou profundamente conectado com todos.
Obrigado.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
© Pamela Kribbe / www.jeshua.net
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com / www.jeshua.net/por
Grata Vera!

Exibições: 3

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!