Conta-se que um homem chamado OKIBA teve que abandonar sua terra por motivos particulares, e, assim, peregrinou em regiões inóspitas e desérticas.

Levava consigo um candeeiro para estudar a Escritura, e um galo que lhe servia de despertador. Para não andar sempre a pé, ia montado num burrinho. 

Certa noite, chegando a uma pequena vila, procurou lugar para repousar, mas ninguém deu abrigo ao estranho. 

Desolado, OKIBA foi dormir em baixo de uma frondosa árvore. Acendeu o candeeiro, fez suas preces e iniciou a ler a Escritura, mas um vento forte apagou o candeeiro. 
Pacientemente disse: "DEUS SABE O QUE FAZ!". E assim, procurou dormir. 

Durante a noite, um lobo devorou o galo e um leão o jumentinho. 

"Deus sabe o que faz", pensou OKIBA.

Ao amanhecer, foi à aldeia para ver se arranjava alguma coisa para comer. Mas, que horror! Ali não havia ninguém, tudo saqueado, com corpos mutilados, estendidos em todas as partes.

Uma tribo inimiga assaltara durante a noite e exterminara a população da pequena vila! 

Então pensou OKIBA: 

Se tivesse dormido na Vila teria morrido com os outros; 
se o candeeiro tivesse ficado aceso durante a noite, ter-me-iam achado; 
se o galo tivesse cantado de madrugada ou o burro zurrado, como costumam fazer às madrugadas, os salteadores teriam me localizado e a esta hora estaria morto.... portanto: 

"DEUS SABE O QUE FAZ!"

Na doença, Na dificuldade, na alegria, nos contratempos do dia-a-dia, lembre-se: 

DEUS SABE O QUE FAZ.

Exibições: 18

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!