Rio Grande do Sul -  O delegado regional que investiga o incêndio que matou 235 pessoas no último domingo na boate Kiss, em Santa Maria (RS), Marcelo Arigony, disse ontem que a espuma isolante que forrava o teto da boate foi responsável pelo grande número de vítimas. Ele explicou que o material colaborou para que as fuligens e os gases tóxicos se espalhassem com rapidez e em grande quantidade pelo interior do estabelecimento, que virou verdadeira câmara de gás..."

Arigony, que perdeu uma prima na tragédia, disse que, se não fosse a espuma, teria sido incêndio pequeno | Foto: Ronald Mendes / Estadão Conteúdo
Arigony, que perdeu uma prima na tragédia, disse que, se não fosse a espuma, teria sido incêndio pequeno | Foto: Ronald Mendes / Estadão Conteúdo

Um dos gases que a espuma produz quando entra em combustão é o cianídrico, considerado um dos mais letais. Quando disperso em locais pouco ventilados, ele se adere a tudo o que for úmido, mantendo seu efeito danoso por vários dias. Na Primeira Guerra Mundial esse gás foi utilizado como arma química e, na Segunda Guerra, ele foi usado no extermínio de judeus pelos nazistas.

http://odia.ig.com.br/portal/brasil/boate-em-santa-maria-virou-c%C3...