Desculpar as ofensas sem comentá-las

Auxiliar os companheiros do caminho sem falar disso a ninguém.

Humilhar-se para os amigos, a fim de conservá-los.

Escutar referências infelizes envolvendo-as em silêncio.

Ver quadros inconvenientes ou destrutivos apagando-lhes as imagens e as cores na memória,para que não cheguem à conversação.

Solucionar problemas dessa ou daquela pessoa amiga, sem que ela venha a saber disso.

Abster-se de qualquer comentário infeliz, quando o propósito de enunciá-lo nos visite a cabeça.

Repetir informações sem alterar a voz e sem críticas, mesmo risonhas, com os nossos semelhantes que ainda não hajam adquirido a suficiência desejável no domínio da compreensão.

Respeitar as mágoas alheias, vestindo-as com a benção da amizade e do entendimento.

Aceitar sem melindres a irritação de qualquer pessoa, sem excitá-la com respostas esfogueantes.

Apagar o braseiro da discórdia, no nascedouro,sem contar vantagens de semelhante construção espiritual.

Estejamos certos de que as dádivas em favor dos homens são todas elas bênçãos da vida que a vida nos retribuirá fatalmente; no entanto,existem dádivas para Deus que os beneficiados desconhecem, e que Deus saberá premiar com a luz da alegria e com a paz do coração.

Irthes

Do livro Cura. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Exibições: 82

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Emílio Carlos Rôllo Schneider em 5 dezembro 2013 às 15:41

Prezada Nilza,

Muito obrigado por essa bela mensagem de bem viver e ascensão espiritual.

Um grande abraço fraterno e que Deus a abençoe sempre.

   Emílio Schneider

Comentário de Alba Ghiu em 30 novembro 2013 às 20:15

Maravilhosa mensagem. obrigada.

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!