"Compaixão não é um relacionamento entre o curador e o ferido.

   

É uma relação entre iguais. 

   
Somente quando conhecemos bem nossa própria escuridão podemos estar presentes na escuridão dos outros. 

    
A compaixão torna-se real quando reconhecemos nossa humanidade comum."

   
Pema Chödrön

Exibições: 2075

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Angélica Campos em 23 junho 2020 às 13:48

Com certeza! Estamos precisando de uma boa dose de compaixão em nossas vidas, a cada dia, percebo que as relações estão se tornando mais ácidas, menos produtivas e mais amargas. O tempo é de andar lado a lado e de manter uma postura menos superior em relação aos outros!

Comentário de marilu salete xavier bernardes em 8 maio 2014 às 15:35

Primeiro conhecer-se ,depois poderemos ver melhor a escuridão alheia,e para ajudarmos só com conhecimento de causa, amor maior será se andarmos lado a lado ,nem atrás nem a frente,servir sempre!

Comentário de Leandra Machado em 5 maio 2014 às 12:21

Passar por uma situação de tentar relacionar-se achando que a nossa compaixão está completando e aliviando  o outro, É PURO ENGANO. É a pura verdade: " É uma relação entre iguais". 

Comentário de ANA VOLPI em 4 maio 2014 às 22:58

Concordo, pois a partir do conhecimento de nós mesmos e do entendimento dos nossos medos, frustrações, e mesmo alegria é que podemos enxergar  a do outro.A escuridão dentro de cada um de nós é só nossa, mais para entendermos a do outro precisamos pelo menos ter ciencia que também temos a nossa!

Comentário de HENDERSON ALEX MELO DO CARMO em 3 maio 2014 às 6:53

muito bom...

Comentário de sueli rodrigues em 2 maio 2014 às 17:28

muito bom e um ensinamento perfeito ...

Comentário de Elisangela Maria Ferreira em 2 maio 2014 às 17:00

Verdade!!! Só quando a vivenciamos compreendemos o que Jesus nos deixou "Amai vos uns aos outros..."

Comentário de Maria das Graças Teixeira Nissen em 2 maio 2014 às 14:35

exatamente. Profundo! 

Comentário de Maria Luísa de Almeida Nunes em 1 maio 2014 às 1:54

Como me tocou profundamente! Conhecer sua própria escuridão é se conhecer muito para compreender o outro.

 

 

Comentário de Vera Gonçalves Bueno de Freitas em 30 abril 2014 às 22:12

Adorei o texto. Obrigada por ter compartilhado.

"Amor, compaixão e preocupação pelos outros são verdadeiras fontes de felicidade".

Abraços fraternos

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!