Cansou do exibicionismo do Facebook ?

Então, venha para o Espirit Book, uma Rede Social sobre Espiritualidade !

Leia a reportagem abaixo e veja por quê o Facebook está trazendo depressão e inveja para as pessoas :

A inveja com o Facebook está fazendo você infeliz ?

Por Belinda Goldsmith | Reuters

 

LONDRES, 22 Jan (Reuters) - Testemunhar as férias, a vida amorosa e o sucesso profissional dos amigos no Facebook pode provocar inveja e causar sentimentos de infelicidade e solidão, segundo pesquisadores alemães.

Um estudo realizado em conjunto por duas universidades alemãs encontrou uma inveja desenfreada no Facebook, a maior rede social do mundo, que agora tem mais de 1 bilhão de usuários e produziu uma plataforma inédita para comparações sociais.

Os pesquisadores descobriram que uma em cada três pessoas sentiu-se pior e mais insatisfeita com a própria vida depois de visitar o site, enquanto pessoas que passearam por lá sem contribuir foram as mais afetadas.

"Ficamos surpresos ao ver quantas pessoas têm uma experiência negativa do Facebook, com a inveja fazendo-as se sentirem sozinhas, frustradas ou com raiva", disse à Reuters a pesquisadora Hanna Krasnova, do Instituto de Sistemas da Informação na Universidade Humboldt de Berlim.

"A partir de nossas observações, algumas dessas pessoas vão então sair do Facebook ou pelo menos reduzir o uso que fazem do site", disse Krasnova, aumentando a especulação de que o Facebook poderia chegar a um ponto de saturação em alguns mercados.

Pesquisadores da Universidade Humboldt e da Universidade Técnica de Darmastadt descobriram que fotografias de férias eram a maior causa de ressentimento, com mais de metade dos incidentes de inveja provocados por imagens de viagens no Facebook.

A interação social foi a segunda causa mais comum de inveja, com os usuários podendo comparar quantas felicitações de aniversário receberam em relação a amigos no Facebook e quantos "curtir" ou comentários foram feitos em fotos ou posts.

"O acompanhamento passivo provoca emoções amargas, com os usuários invejando principalmente a felicidade dos outros, o modo como os outros passam as férias e como socializam", disseram os pesquisadores no estudo "Inveja no Facebook: Uma Ameaça Oculta à Satisfação da Vida dos Usuários?", divulgado na terça-feira.

"A presença disseminada e onipresente da inveja em Sites de Redes Sociais é mostrada para minar a satisfação de vida dos usuários", afirmaram.

Eles descobriram que pessoas com trinta e poucos anos eram mais propensas a invejar a felicidade familiar, enquanto as mulheres eram mais propensas a invejar a atratividade física. Esses sentimentos de inveja fizeram alguns usuários se gabarem mais sobre suas conquistas no site administrado pela Facebook Inc. para aparecerem sob uma luz melhor.

Os homens postavam mais conteúdo autopromocional no Facebook para fazer com que as pessoas soubessem sobre suas realizações, enquanto as mulheres destacavam sua boa aparência e vida social.

Os pesquisadores basearam suas descobertas em dois estudos envolvendo 600 pessoas, e os resultados devem ser apresentados em uma conferência sobre sistemas de informação na Alemanha, em fevereiro.

O primeiro estudo analisou a escala, o âmbito e a natureza de incidentes de inveja provocados pelo Facebook, e o segundo em como a inveja estava relacionada ao uso passivo do Facebook e à satisfação com a vida.

Os pesquisadores disseram que os entrevistados em ambos os estudos eram alemães, mas esperavam que os resultados fossem os mesmos internacionalmente, já que a inveja é um sentimento universal e possivelmente impacta o uso do Facebook.

"Do ponto de vista de um provedor, nossas descobertas assinalam que os usuários frequentemente veem o Facebook como um ambiente estressante, que pode, no longo prazo, por em perigo a sustentabilidade da plataforma", concluíram os pesquisadores.

Exibições: 3120

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Valdemar W. Setzer em 25 janeiro 2013 às 20:53

Olá a todas/os,
Os malefícios da Internet, e em muito particular os causados por redes sociais como Facebook e Twitter estão, em minha opinião, ultrapassando enormemente os benefícios que elas podem trazer. Essa questão da inveja é somente um dos malefícios. Sobre outros malefícios, veja-se meu artigo "Os efeitos negativos dos meios eletrônicos em crianças, adolescentes e adultos", em
http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/efeitos-negativos-meios.html
Para serem bem usadas e, em certos casos, evitadas, as máquinas exigem muito conhecimento, discernimento, autoconsciência e autocontrole. Mas para isso é necessário um grande desenvolvimento espiritual e do amor altruísta. Em caso contrário, o resultado é a miséria individual e social -- que é o que estamos vendo aumentar a cada dia. Vejam em
http://www.sab.org.br/antrop/artigo-disposicoes-animicas.htm
uma lista de condições e atitudes para aquele desenvolvimento.

aaaaaaaaaaaa, VWS.

Comentário de Stella Maris Chaves de Pinho em 25 janeiro 2013 às 19:03

Acredito que esta matéria vai nos dar um crescimento espiritual muito bacana. Li as mensagens abaixo e conforme Mariana falou eu também aprendi mais com os comentários de vocês, obrigada.

Agora, eu nunca tinha imaginado deste ponto de vista, porque eu entro no facebook só para divulgar o meu trabalho.

As vezes curto algum comentário de amigos e familiares, mas o maior FOCO realmente é o meu trabalho, com amigos e parentes uso o telefone ou me encontro com eles.

Talvez seja por isto que não vejo muitos comentários e não havia me ligado em nada negativo, mesmo porque nada é perfeito e nada é por acaso.

Eu espero aprender mais nesta minha encarnação e este clube me faz sentir mais feliz e aprendo cada dia que leio alguma mensagem como esta de hoje.

Acredito que tudo na vida tenha o seu lado negativo e o seu positivo, depende de como enxergamos o facebook, assim como enxergamos outras redes sociais, o que não me interessa eu passo por cima.

Agora,  ali também temos a oportunidade de ajudar pessoas, inclusive as desaparecidas, eu sempre que vejo compartilho e de sermos ajudados também, porque tenho conseguido coisas boas para o meu trabalho.

Paz no coração de todos.

Comentário de Alfredo Salvo em 25 janeiro 2013 às 17:31

Concordo com a Vanessa , pois se fora assim não teremos vida social devido a inveja que muitos tem de nos no dia a dia....

Comentário de Vanessa Timóteo de Lima em 25 janeiro 2013 às 17:00

Sinceramente, acho que somos nós que temos que rever nossos conceitos. Responsabilizar a rede social pelos nossos imensos defeitos de inveja e egoísmo não é o caminho.

Ficar com inveja da situação do irmão que está "aparentemente" melhor que a nossa? Será que não somos nós que devemos olhar pra dentro e refletir se o que vivemos no momento é resultado do que plantamos no passado?

Creio que nosso olhar está muito imediatista e que devemos lembrar que estamos na terra e nas condições em que nos encontramos no momento por puro merecimento. Deus é infinitamente justo e misericordioso.

Se uns recebem mais recados no aniversário que outros, creio que certamente cultivam mais amizades, não acham?

E observando o local dessa pesquisa - Europa... quem teve a oportunidade de conviver com europeus, como eu tive sabe o quanto nossos irmãos europeus ainda padecem na caminhada rumo à evolução espiritual. Percebe-se facilmente isso se observarmos que o índice de suicídios ainda é muito alto por lá, uma terra muito mais desenvolvida no aspecto sócio-econômico que o nosso Brasil, onde crianças e jovens tem muito mais oportunidades de levar uma vida digna.

Queridos amigos, defendo que temos que olhar pra dentro, que a reforma tem que ser íntima. O facebook é somente um software, uma tecnologia desenvolvida pela inteligência que o Senhor, no seu amor infinito nos proporcionou. Deixemos os amigos dividirem a suas alegrias conosco, e os ajudemos nas suas lutas, já que vivemos num mundo de tanto sofrimento. Um abraço a todos!!!!

Comentário de ॐ ツLlena -Terapia da Alma ॐ ツ em 24 janeiro 2013 às 16:38

Concordo com vc Marta Valéria...

bjs...

Comentário de Marta Valéria em 24 janeiro 2013 às 12:42

Hummmmmmmm...texto preocupante...cheios de rótulos, puritano, higienizador e linear.

Devemos tomar cuidados.

A depressão, a inveja, exibicionismo e seja lá o que for...podem ser agravadas por diversos fatores, mas os meios de comunicação não são a causa. A causa está no ser e/ou na forma ilusória que o ser "enxerga" a própria vida.

E se utilizar de justificativas, em cima das mazelas alheias, para dizer que só "se deve" e/ou é "recomendável" fazer parte de alguma  "rede do bem" e ou "movimento correto", isso é preconceito e intolerância.

Que cada um  trilhe o seu caminho do jeito que escolheu e que seja honesto em sua conduta, com sua consciência  e em sua morada corpo e mente!

O barco está no grande oceano e deve navegar!!!!!

Paz aos amigos e muitas beijocas !!!!!

Comentário de Honorio Carlos Pereira Braga em 24 janeiro 2013 às 11:31

Eu só sei uma coisa, gostei do Espirit Book, aqui encontro matérias que gosto. Aprendo muito com elas. Vou compartilhar, esperando que as pessoas possam tirar suas conclusões !!!

Comentário de Joana Maldonado em 23 janeiro 2013 às 20:22

   Bem dito, Vera...tu gostas e eu tb gosto. tb interajo com os meus amiguinhos do/no Facebook...vompreendo o q algumas pessoas sentem ao lerem as postagens-e ñ só, mas pronto, preferem por o Facebook na boca do lobo, ponham...fazer o kê???????????

Comentário de Edite de Lima e Silva em 23 janeiro 2013 às 18:28

Nem tudo que reluz é ouro, isso também acontece no Fece

Comentário de ॐ ツLlena -Terapia da Alma ॐ ツ em 23 janeiro 2013 às 16:06

Algumas pessoas postam coisas maquiadas... deve-se saber usar a rede social... ela é uma faca de dois cumes...

Como já falei, uso essa ferramenta para divulgar o espiritismo e aumentar a auto estima das pessoas...

No face, nem tudo que parece é... Precisamos de discernimento, para não deixarmos nos levar por coisas que lá estão postadas, e que quase sempre não são como aparentam...

abraços

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!