Cansou do exibicionismo do Facebook ?

Então, venha para o Espirit Book, uma Rede Social sobre Espiritualidade !

Leia a reportagem abaixo e veja por quê o Facebook está trazendo depressão e inveja para as pessoas :

A inveja com o Facebook está fazendo você infeliz ?

Por Belinda Goldsmith | Reuters

 

LONDRES, 22 Jan (Reuters) - Testemunhar as férias, a vida amorosa e o sucesso profissional dos amigos no Facebook pode provocar inveja e causar sentimentos de infelicidade e solidão, segundo pesquisadores alemães.

Um estudo realizado em conjunto por duas universidades alemãs encontrou uma inveja desenfreada no Facebook, a maior rede social do mundo, que agora tem mais de 1 bilhão de usuários e produziu uma plataforma inédita para comparações sociais.

Os pesquisadores descobriram que uma em cada três pessoas sentiu-se pior e mais insatisfeita com a própria vida depois de visitar o site, enquanto pessoas que passearam por lá sem contribuir foram as mais afetadas.

"Ficamos surpresos ao ver quantas pessoas têm uma experiência negativa do Facebook, com a inveja fazendo-as se sentirem sozinhas, frustradas ou com raiva", disse à Reuters a pesquisadora Hanna Krasnova, do Instituto de Sistemas da Informação na Universidade Humboldt de Berlim.

"A partir de nossas observações, algumas dessas pessoas vão então sair do Facebook ou pelo menos reduzir o uso que fazem do site", disse Krasnova, aumentando a especulação de que o Facebook poderia chegar a um ponto de saturação em alguns mercados.

Pesquisadores da Universidade Humboldt e da Universidade Técnica de Darmastadt descobriram que fotografias de férias eram a maior causa de ressentimento, com mais de metade dos incidentes de inveja provocados por imagens de viagens no Facebook.

A interação social foi a segunda causa mais comum de inveja, com os usuários podendo comparar quantas felicitações de aniversário receberam em relação a amigos no Facebook e quantos "curtir" ou comentários foram feitos em fotos ou posts.

"O acompanhamento passivo provoca emoções amargas, com os usuários invejando principalmente a felicidade dos outros, o modo como os outros passam as férias e como socializam", disseram os pesquisadores no estudo "Inveja no Facebook: Uma Ameaça Oculta à Satisfação da Vida dos Usuários?", divulgado na terça-feira.

"A presença disseminada e onipresente da inveja em Sites de Redes Sociais é mostrada para minar a satisfação de vida dos usuários", afirmaram.

Eles descobriram que pessoas com trinta e poucos anos eram mais propensas a invejar a felicidade familiar, enquanto as mulheres eram mais propensas a invejar a atratividade física. Esses sentimentos de inveja fizeram alguns usuários se gabarem mais sobre suas conquistas no site administrado pela Facebook Inc. para aparecerem sob uma luz melhor.

Os homens postavam mais conteúdo autopromocional no Facebook para fazer com que as pessoas soubessem sobre suas realizações, enquanto as mulheres destacavam sua boa aparência e vida social.

Os pesquisadores basearam suas descobertas em dois estudos envolvendo 600 pessoas, e os resultados devem ser apresentados em uma conferência sobre sistemas de informação na Alemanha, em fevereiro.

O primeiro estudo analisou a escala, o âmbito e a natureza de incidentes de inveja provocados pelo Facebook, e o segundo em como a inveja estava relacionada ao uso passivo do Facebook e à satisfação com a vida.

Os pesquisadores disseram que os entrevistados em ambos os estudos eram alemães, mas esperavam que os resultados fossem os mesmos internacionalmente, já que a inveja é um sentimento universal e possivelmente impacta o uso do Facebook.

"Do ponto de vista de um provedor, nossas descobertas assinalam que os usuários frequentemente veem o Facebook como um ambiente estressante, que pode, no longo prazo, por em perigo a sustentabilidade da plataforma", concluíram os pesquisadores.

Exibições: 3118

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Joana Maldonado em 17 fevereiro 2013 às 16:51

     Jayguru Dasa, ñ é q vc tem toda a razão? O pessoal q vem "nesse género de salas" deve de saber filtrar a boa da má informação, que lê. É que infelizmente não dá, de maneira nenhuma, para saber quem vem aki postar coisas do/para o bem, perguntas e dúvidas ou meramente coisas de conversa-sem mal algum...

Comentário de jayguru dasa em 17 fevereiro 2013 às 9:20

DEVEMOS ONDE FORMOS, TERMOS COMO COMPANHEIRO O BOM SENSO EM FAZER USO ADEQUADO DO QUE ESTÃO SERVINDO. TEM COISAS BOAS. TEM QUE FILTRAR. TEM UNS TOLINHOS, MAS TEM UMAS CABEÇAS FEITAS. DEUS QUER GENERAIS; TIPOS MAIS OU MENOS ASSIM: VAI NO INFERNO, MAS NÃO VIRE UM CAPETA.(Y)

Comentário de Joana Maldonado em 28 janeiro 2013 às 19:44

Leorena, td isso tá mto bem dito,gostei e ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei...e da sua opinião Margarida Maria Madruga, tb gostei e amei ...mtas das pessoas q vão a esses lugares é que se tornam viciadas e depois, culpam todo o mundo por terem "sido fracas", por se terem deixado ir no vicio do Facebook, deste, dakele e do ñ sei ql + mas fazer o kê??????????? 

                         MUNDOOOOOOOOOOOO, O FACEBOOK (e outros q tais) FORAM CONCEBIDOS COMO +1 UTENSÍLIO DE DIVERTIMENTOOOOOOOOOOOOOO   *claro q são usados para mais coisas como dar informações, "trocar correspondência", fazer pedidos de campanhas, etc mas SÃO MAIS UMA FORMA DE DIVERTIMENTOOOOOOOOOOOOOO...

 

Comentário de Margarida Maria Madruga em 28 janeiro 2013 às 18:06

A INVEJA está em todo lugar, infelizmente.

A MANEIRA COMO VOCÊ SE IMPORTA também. Não se preocupar com os  números dos "curtir" e "não curtir, por exemplo pode fazer a diferença.

É para ser lazer não stresse. É para usar como ferramenta do bem e não do mal. É para ter prazer e não viciar.

Obrigada.

Comentário de ॐ ツLlena -Terapia da Alma ॐ ツ em 28 janeiro 2013 às 10:35

 Henrique

Eu estava lendo todos os comentários, e resolvi escrever mais um...

Dizem que o face book vicia, trás depressão e outras coisas mais...

Vício? conheço pessoas, viciadas em limpeza, em tv, em video game, em cigarro, em drogas, e por aí afora...

Eu acho que pessoas que se viciam muito rápido nas coisas, são pessoas, desconectadas delas mesmas, e precisam se agarrar em algo para preencher esse vazio...

A internet, é uma ferramenta maravilhosa, do meu ponto de vista, pois no meu caso, não a uso para me esibir...eu a uso para ajudar pessoas, que nunca vi mais gordas na minha frente...

Muitas vezes é na internet e em minhas palavras,  que encontram pelo menos um alívio momentâneo... coisa que acontece quando vamos a um centro e tomamos um passe.

Cabe a pessoa seguir, seu caminho na luz, e manter a energia boa do passe, senão tbém não valeu de nada...

Essa pessoa, que fez a pesquisa tbém usa a ferramenta internet... deve ficar horas na frente do computador observando as pessoas virtualmente, para chegar a essa conclusão...

Então, livre arbítrio em tudo, bom senso e canja de galinha não fazem mal à ninguém..

Eu sei que a minha vida mudou muito, depois que comecei a ajudar as pessoas, pela internet, mesmo que de longe, porque o que eu aprendi, que a energia vc transmite, não necessariamente é preciso estar próximo...(trabalhava em um núcleo espiritual, há anos,  e por conta das mudanças e transferências no trabalho, achei a solução para continuar ajudando)

Bom senso, é o que falta nas pessoas, isso sim!!!

abraços, Leorena

Comentário de Valdemar W. Setzer em 28 janeiro 2013 às 9:27

Olá a todas/os,

Estou me correspondendo com a autora principal do trabalho científico, Hanna Krasnova. O artigo original está em

http://warhol.wiwi.hu-berlin.de/~hkrasnova/Ongoing_Research_files/W...

O tratamento estatístico foi muito bem feito. O tema principal do artigo é que a inveja é o principal fator dos problemas individuais causados pelo facebook, como depressão, frustração etc.

aaaaaaaaaaa, VWS.

Comentário de francisco ferreira da silva em 26 janeiro 2013 às 16:34

o que devemos julgar são os nossos atos.Como procedemos perante nosso próximo.Quanto as críticas das redes sociais é compartilhar-mos com assuntos que nos dê crescimento espiritual e ao mesmo tempo transmitir conhecimentos que possa evoluir.

Comentário de Joana Maldonado em 26 janeiro 2013 às 11:06

Ò Vanessa, acabei de ler o teu comentário e sabes o que mai? Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei-o...o Homem, devia era de olhar para si próprio...ver bem as suas opções e acções para o dia presente -"akilo que plantámos ou semeámos é o fruto que iremos colher"...

Comentário de Joana Maldonado em 26 janeiro 2013 às 10:58

looooooooooooooooooooooooooooool estes vossos "pensamentos" são muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito construtivos, ñ haja duvida. Bia Jardim, evidentemente q AMAS o Facebook...no fundo, o Fb, o Twitter, etc e tal servem mm para entreter qm lá vai. é evidente q são usados para mtas coisas +.

Tá claro /é evidente q tb tem os seus malefícios, só que, se formos a ver, que raio é que ñ tem os seus malefícios qdo usado como um vício???????????

Uma pessoa ñ deve é depender dum computador para Viver; o computador com os seus programas no estilo de Fb, Twitter, etc ñ deve de ser o único interesse no modo de Vida do ser humano.

 

Comentário de BIA JARDIM em 25 janeiro 2013 às 21:19

NÃO ENTENDI ! EU AMO O FACEBOOK!

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!