Sejamos cada um aquele complemento que falte no outro para a execução dos deveres que nos competem à frente do Cristo:

a visão clara daquele que ainda não sabe enxergar o caminho;

o ouvido ponderado e sereno daquele outro que ainda não sabe escutar em louvor do bem;

a palavra do companheiro que não conseguiu ainda senhorear o verbo para canalizar a concórdia e o benefício;

o braço do irmão que ainda não haja compreendido a obrigação de servir.

Cada Grupo de ação no Evangelho é um conjunto de peças interdependentes, necessitando funcionar em harmonia para o êxito na obra a realizar.

Estejamos unidos em Jesus, refletindo os desígnios d’Ele, nosso Senhor e Mestre, na atividade edificante a que fomos chamados e, desse modo venceremos.

Em tudo, trabalho que nos exteriorize a fé para que a nossa fé não seja vã; trabalho que se converta em mensagem viva de solidariedade e de amor, no rumo daqueles que nos compartilham a marcha, trabalho que nos valorize os amigos e altere para melhor a conceituação de adversários a nosso próprio respeito; trabalho que se transfigure em progresso e bênção para quantos nos cerquem; trabalho que nos patenteie a decisão de transformar-nos, em definitivo, em cooperadores de Jesus onde estejamos.

E guardemos a certeza de que onde o trabalho não esteja, aí vige a sombra desencadeando toda a classe de crises do pensamento e do coração, impedindo a execução do bem a que nos propomos servir.


Do livro Mais Luz, de Batuíra, obra psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier.

Exibições: 116

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!