AS TRÊS COISAS MAIS IMPORTANTES


Um rei tinha o costume de fazer três perguntas a todos que encontrava.

Quem era a pessoa mais importante entre todas ?

Qual era a hora mais importante ?
Qual a ação mais importante ?

Era-lhe de séria importância encontrar respostas para tais perguntas, Um dia faz ele um passeio solitário por uma floresta buscando inspiração, Depois de caminhar longo tempo por vales e montanhas ele avista ao longe uma vivenda, Ao chegar ele vem a saber que ali era um Ashram* e se alegra por ter um lugar para repousar,

Adentrando pelas suas dependências vê um monge que se ocupava em regar as plantas do pátio, Este ao perceber a presença do viajante cansado apressa-se a trazer ao estranho algumas frutas e água fresca,

Momentos mais tarde vê um outro monge carregando um ferido para o pátio, O primeiro monge apressa-se novamente em direção ao ferido lavando suas feridas e tratando-as com ervas curadoras, Permanece ainda algum tempo com o necessitado falando-lhe palavras de consolo,

O rei, que agora já se encontrava restabelecido da caminhada estressante, agradece a acolhida generosa e anuncia a sua retirada, O monge bondoso abençoa-o despedindo-se e o rei, que sempre tinha em mente as três perguntas, indagou-o esperançoso de que ele soubesse as tão aguardadas respostas,

O monge então disse “A resposta tu vistes aqui. Quando chegastes estava eu a regar as plantas, pois este è meu dever diário, mas quando te avistei, interrompi meu trabalho para dar-te de comer e beber, e assim deveria ser, pois eras nosso hóspede, Mas enquanto eu te assistia chegou um ferido, Interrompi meu serviço ao hóspede para cuidar de uma outra pessoa, que no momento mais precisava de ajuda,

Quem precisa de tua ajuda è neste momento a pessoa mais importante, O que tu podes fazer para aliviá-la è a ação mais importante, E aquele instante em que tu podes ser útil a alguém é o mais precioso e importante de todos.

Fontes
O Evangelho segundo o Espiritismo – Allan Kardec
Sai Baba conta – Chinna Katha

Exibições: 1497

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Hilário Bruno Mancini em 3 janeiro 2013 às 0:26
O momento é agora não devemos deixar passar a grande chance de ajudar alguém que é colocado em nosso caminho afinal nada é por acaso.Abraço
Comentário de Alba Ghiu em 13 dezembro 2012 às 9:20

Fazer o bem ao próximo, traz uma satisfação muito maior para nos mesmo. Obrigada pela mensagem.Feliz natal a todos.

Comentário de beatriz aparecida cardoso em 12 dezembro 2012 às 13:17

sabio e instrutivo

Comentário de Silene Maria Rossi em 12 dezembro 2012 às 13:04

 FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO. UM ABRAÇO.

Comentário de Maria José do carmo vitor em 11 dezembro 2012 às 20:47

Amém, estou convicta, obrigada!!!

Comentário de Vi Meirim em 11 dezembro 2012 às 20:42

Prezadas Maria José do carmo vitor, e Pingo Cat

Orar, vigiar. Estudar e praticar a Caridade. Esse é o caminho.

Fiquem em Paz, Deus as abençoe.

Abraços fraternos,

Vi Meirim

Comentário de Marcos Cruz dos Santos em 11 dezembro 2012 às 19:40

Como se observa, tudo é relativo..

Comentário de Pingo Cat em 11 dezembro 2012 às 16:43

Prezada irmã Vi Meirim

Obrigada pelo esclarecimento e pela sugestão. Vou estudar melhor as instruções dos espíritos contidas no capítulo XIII. Fique em Paz. Abs.

Comentário de Maria José do carmo vitor em 11 dezembro 2012 às 15:55

Vi Meirim, estou grata pela suas palavras de conforto e sabedoria. Sinto me confiante e confortavel pela esperança que encontrei em suas palavras,minha anciedade em obter conhecimento tornava me incapaz de observar que não estou aquém dos conhecimentos já adiqueridos posteriormente ao engressar ao grupo. Tenho um enorme respeito aos comentários que leio aqui, são tão precisos que não me sinto capaz de deixar com convicção uma palavra de conhecimentos já adqueridos, já que os comentarios são para mim de uma grandeza como um artigo transcritos aqui.

Mais uma vez agradeço pela paciencia e atenção a mim deticada. Grande abraço.

Comentário de Vi Meirim em 11 dezembro 2012 às 13:27

Prezada irmã Maria José do carmo vitor,

Somos todos seres falíveis em jornada evolutiva. Cada um de nós encontra-se em um estágio de evolução mas todos, sem exceção, estamos evoluindo porque este é o projeto Divino. 

Assim, o menor esforço que seja para que consigamos nos tornar espíritos melhores sempre será de grande ajuda para nós mesmos. Ao que me parece, você está em uma busca que por si só já a está auxiliando neste caminhar.

A Doutrina Espírita não é salvacionista. É uma doutrina de mudança de hábitos, atitudes e pensamentos. Difícil? Muitíssimo!  Trazemos conosco bagagens de vidas pretéritas que muitas vezes nos atrapalham ou até nos impedem de mudar. Mas nem por isto podemos deixar de tentar. Aliás, justamente por isto é devemos continuar tentando.

Não podemos desistir a cada erro cometido e sim aprender com os erros e não comete-los mais.

Fazer um inventário moral de nossas atitudes diárias ajuda muito.

Santo Agostinho nos ensina a refletir sobre as nossas ações antes de deitar e ver o que foi de positivo e negativo durante o dia. O que fizemos de  bom para o próximo deverá ser considerado. O que fizemos de ruim devemos aprender a não repetir.

Mas como saber se o que fizemos com o próximo foi bom ou ruim? Perguntando a nós mesmos se seria bojm ou ruim para nós.

E devemos também aceitar a prática de agradecer tudo o que nos acontece. Se bom, porque merecemos. Se ruim, porque precisamos melhorar.

Usando o livre arbítrio para fazer as escolhas certas, aquelas que não ferem o próximo, a Espiritualidade Maior nos abraça, nos orienta e nos protege das influências ruins.

Entenda o fato de que não ser perfeita não é erro e que suas tentativas de aprimorar o espírito já são abençoadas pelo Divino Mestre.

Considero como o mais belo texto da História da Humanidade o Sermão da Montanha. Ali estão concentrados de forma concisa, clara e objetiva todos os valores éticos, morais e sociais que Jesus nos ensina a seguir em busca de uma sociedade melhor e uma união pacífica entre os homens.

Fique com a Paz. Fique com a Luz.

Abraços fraternos,

Vi Meirim

Abraços fraternos

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!