Chegamos ao final de mais um ano. Parece que pouco significa, mas na realidade muita importância tem, pois estamos atrelados a datas e horários que significam tempo passado e tempo disponível ainda.

              O ano é referencial para tudo, pois desde que chegamos ao Planeta já passamos a possuir uma data de nascimento que nos insere no contexto. Podem até escolher o nosso nome, a roupa que vamos vestir, mas a data é aquela que damos o primeiro suspiro, muito embora pessoas ainda existam que se registram com datas diferentes, mas mesmo assim ficarão atreladas a que forem registradas.

              No Plano Espiritual temos uma ficha de atividades e acontecimentos que registra exatamente nossa nova trajetória aqui a partir de nosso nascimento e tudo é colocado nesta ficha, que é claro tem uma tecnologia própria inserção.

              Mas o adentrar num novo ano, tem muita semelhança com o adentrar em uma nova vida, pois quando estamos no Plano Espiritual planejamos para a próxima vida e escolhemos muitas coisas que vamos vivenciar ou almejar que aconteça, além de compromissos que deveremos cumprir ao longo do tempo.

             Também não sabemos se vamos obter êxito, pois na realidade estamos sempre falando de futuro, e este na maioria das situações pode ser modificado ao longo do tempo.

             Comprometemo-nos com coisas básicas, pois que ao longo da vida vamos encontrando pessoas que também tem seus objetivos e acabam entrando em confluência com os nossos, e de antemão sabemos que vamos enfrentar dificuldades que se tivermos a ajuda do Criador certamente transpassaremos.

             Da mesma forma acontece quando estamos prestes a adentrar num novo ano. Fazemos planos, promessas, e se tivermos a ajuda de Deus e formos merecedores de tudo que idealizarmos, certamente conseguiremos.

             Mas não adianta a gente planejar ou pedir coisas difíceis de serem realizadas, pois Deus nos permitirá o que for para que evoluamos, e muitos de nossos pedidos às vezes mesmo que nos parecendo viáveis, não acontecerão.

             É importante que nos planejemos a fim de atingirmos metas, pois isso fará com que lutemos o tempo todo para chegar lá, mas tenhamos cuidado com nossas metas, para que não nos tornemos escravos em persegui-las, e para que ao final do próximo ano não fiquemos frustrados por não termos conseguido atingir.

             Será que as idealizações para 2019 foram atingidas? Quem sabe se não foram possamos renova-las como metas para 2020?

             Certo é que tanto na eminência de um novo ano como numa nova vida, é difícil conseguirmos cumprir os objetivos e promessas, mas tentemos sempre, pois o que vale é o esforço que demonstramos a Deus.

             Feliz novo ano a todos, com o amparo do Criador.              

Exibições: 10

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!