A Nuvem

“Perto, muito perto de ti, estão todos aqueles que já te precederam na viagem da morte.” – declara Emmanuel

Se somos 7 bilhões de encarnados, há quem fale de 30 bilhões de espíritos sobre a Terra.
Na boa matemática, teríamos 23 bilhões de desencarnados.
Um verdadeiro mar de espíritos.

O médium Raul Teixeira nos explica em palestra: quem pensa que tem 1 ou 2 espíritos à sua volta, engana-se. Há uma “nuvem” à nossa volta, uns 30 espíritos por encarnado.

Isso, é claro, agrupados em faixas vibratórias.

Assim como nós não os vemos (quase sempre), muitos não vêem uns aos outros.

E qual será a condição moral da nossa “nuvem”?
É uma nuvem de chuvas e trovoadas?
É uma nuvem rosada de uma linda manhã?

Primeiro, temos que avaliar a condição moral do Planeta.
Se nosso planeta vive em paz e fraternidade, é reflexo de uma maioria voltada para o bem.
Como ainda estamos longe disso, podemos dizer que a maioria ainda se compraz no erro.

Segundo, temos que avaliar a quem nós atraímos e repelimos.
A sabedoria “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és” tem aí um efeito associativo em sentido contrário.
“Diga-me quem és e eu te direi com quem andas.” – podemos afirmar.

Nós temos dado ouvidos aos apelos daqueles que se sublimaram no suor do serviço pelo bem de todos?
Eles provam que o esforço no bem sempre abre portas para a iluminação.

Ou nos detemos em oportunidades e exercícios de paixões inferiores, que arrastam muitos para furnas sombrias?
Estes retornam chorosos ou revoltados, lamentando o passado ou sequiosos por ainda satisfazer vícios e ilusões.

Temos aqueles que nos ensinam a aprender com nossa dor e com a dor dos outros.
Temos aqueles que visam apenas o próprio prazer e pouco importa os outros.

Alguns, pacientes, convertem espinhos em roseirais eternos.
Outros, desvairados, transformam rosas em duros espinhais.

Mesmo não sendo médiuns ostensivos, é errado quando nos julgamos sem qualquer percepção.
Não somos pedras.

“No lar do pensamento, estamos todos juntos.” – diz Emmanuel.

Onde tenho haurido forças para meus objetivos de vida?
Quais raciocínios têm me comandado?
Quais sentimentos têm me guiado ?

“Trazes, assim, contigo, o leme do destino escondido na mente, ocultando no peito o impulso que o dirige, porque tudo prospera aos golpes do desejo, e o imã do desejo chama-se coração.”

Referência: Capítulos do Livro Seara dos Médiuns – Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do Livro dos Médiuns (LM) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação – Leitura da Questão – Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 76-Imã)
Reunião pública de 17-10-60
Questão LM no.232.

Exibições: 65

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!