A Justiça Divina e o MENDIGO que se TORNOU REI ?!

             Há muito tempo, compareceram no Tribunal Divino dois homens recém chegados da Terra.

        Um trazia o sinal da muleta em que se apoiara.

        Outro mostrava as marcas da coroa que usara na cabeça.

        Os dois fariam prova de humildade para voltarem ao mundo ou seguirem  além...

        Colocados, um a um, na balança, o mendigo acusou enorme peso. Estava ainda preso de lutas inferiores.

        O rei, no entanto, revelava grande leveza. Poderia viajar em demanda aos Planos mais altos.

        Inconformado, o mendigo reclamou acintoso:

        - Onde está a Justiça Divina? Fui mendigo, paupérrimo, enquanto ele... Enquanto ele era rei... passei fome, muitas vezes o vi no banquete farto. Eu esmolava na rua, avistando-o na carruagem. Conheci a nudez, vendo-o sob manto dourado... Vivi entre os últimos, ao passo que ele sempre aparecia como o primeiro entre os primeiros...

        O rei baixou a cabeça, humilhado, em silêncio...

        Mas o examinador sereno, que representava o Senhor, falou persuasivo:

        - Viste-o na mesa farta, mas não lhe percebeste os sacrifícios ao comer por obrigação social.  Notaste o carro; entretanto não lhe observaste o coração agoniado de dor, ante os problemas dos súditos a que devia assistência. Fitaste-o sob dourado manto, nos dias de festas populares; todavia, não lhe contemplaste as chagas de sofrimento moral, diante das questões insolúveis... Conheceste-o entre os maiorais da Terra; entretanto, não sabes quantos punhais de hipocrisia e de ingratidão trazia cravados no peito, embora fosse obrigado a sorrir... Além disso, na posição de soberano, podia ferir e não feriu, humilhar não humilhou a ninguém, prejudicar e não prejudicou, desertar e não desertou... Na situação de mendigo, não passaste por semelhantes problemas de tentação

        Diante do companheiro triste, o ex-monarca recebeu passaporte, para a ascensão sublime.

        Sozinho e em lágrimas, perguntou, então o ex-mendigo:

        - E AGORA ???

        O ministro angélico abraçou-o, sensibilizado, e informou:

        - Agora, renascerás na Terra e serás também rei.

"Contos desta doutra vida"-  Irmão X. Psicografia Chico Xavier.

        

      

        

        

Exibições: 1073

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de helena peixoto vilela dos santos em 6 abril 2013 às 18:24
muitas vezes lemos historias ao contrario em que o mendigo é o exemplo e nesta historia é o contrário belo aprendizado. Um abraço a todos 
Comentário de adão de araujo em 6 abril 2013 às 14:02
Alo prezada amiga Thereza Antunes. Muito oportunas as suas considera¢oes. Paz e luz.
Comentário de adão de araujo em 6 abril 2013 às 12:56
Oi Denizar. Quantas e quantas vezes ja passamos por essas experiencias? Certamente muitas. Estamos vacinados? Oxala!
Um grande abra¢o e muita paz.
Comentário de Denizar Ventura Regis em 6 abril 2013 às 12:09

Muito boa crônica, querido amigo Adão. Estes tipos de inversões são muito comuns na escalada evolucionista do Espírito imortal, de uma encarnação para outra! Pena que poucas pessoas entendem este (sábio!) mecanismo divino de aprendizagem...

Gde abraço.

Comentário de adão de araujo em 6 abril 2013 às 8:53

Oi Alba Ghiu. Saudações fraternas e um grande abraço para você.

Comentário de adão de araujo em 6 abril 2013 às 8:52

Oi Nádia Maria Falcão da Silva.. Abraços fraternos para você também. Paz e luz.

Comentário de adão de araujo em 6 abril 2013 às 8:51

Alô estimada amiga Therezinha Chaim Abud: ficamos agradecidos por sua atenção. Abraços.

Comentário de Alba Ghiu em 6 abril 2013 às 8:29

Grande lição, mostra que todos nos estamos aqui para evoluímos.

Comentário de Therezinha Chaim Abud em 5 abril 2013 às 23:49

Linda lição nos dada pelos espíritos.Obrigada por compartilhar conosco tão sábia lição.Também gostaria de saber mais sobre Apolonio de Tiana.Muita Luz,Paz e Serenidade.

Comentário de adão de araujo em 5 abril 2013 às 22:48
Carissimas amigas Beatriz Aparecida Cardoso e Carmem Dornelles Gondin: prometo pesquisar sobre Apolonnio de Tiana . Quando publicar o resultado da pesquisa, informarei. Abra¢os fraternais-.

© 2022   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!