A INVEJA

PAULO DE TARSO FALA SOBRE UM ANTÍDOTO CONTRA A PERSONALIDADE DITA POLÊMICA E INVEJOSA, SEGUNDO ELE A ATITUDE SECTÁRIA OU INTOLERANTE É UM DOS INDÍCIOS DESTA ESTRUTURA DE PERSONALIDADE. 
SÃO SINÕNIMOS DE PORFIA: DISCUSSÃO, POLÊMICA, DESAVENÇA, DISPUTA, CONTENDA EM TORNO DE QUESTÕES QUE SUCITAM DESENTENDIMENTOS E QUE PODEM LEVAR A ATAQUES VERBAIS E , ATÉ FÍSICOS. 
QUASE SEMPRE, OS POLEMIZADORES CULTIVAM EXTERIORMENTE UMA POSTURA DE CERTEZA ABSOLUTA, POR CAUSA DE DÚVIDAS PROFUNDAS EM SUA MENTE INCONSCIENTE. QUEM TEM COMO CONVICÇÃO NO QUE DIZ NÃO ALTERA A VOZ NEM TENTA VENCER OU PERSUADIR, DE FORMA OBSTINADA, A NENHUMA PESSOA SOBRE SUAS IDÉIAS E IDEAIS. 
A EMOÇÃO DA INVEJA PODE SE MISTURAR EM MUITOS MOMENTOS COM A RAIVA, COM O SENTIMENTO DE FRUSTRAÇÃO E DO DESPEITO NASCIDAS DIANTE DA FELICIDADE E RIQUEZA DE OUTREM. A PESSOA INVEJOSA SENTE-SE COMO AFRONTADA DIANTE DA FELICIDADE DO OUTRO, PRODUZINDO UMA SENSAÇÃO DE IMPOTÊNCIA, SENTE-SE DESVALORIZADA. 
ESTA POSTURA NASCE DE UM DESPEITO AO OBSERVAR O BEM ESTAR E SUCESSO ONDE A ORIGINALIDADE DAS CRIATURAS QUE SE REALIZAM NO QUE QUEREM SER , E FAZEM TUDO COMO QUEREM FAZER COM FELICIDADE E PRAZER. 
OS INVEJOSOS ESTÃO SEMPRE EXAMINANDO-SEE AO MESMO TEMPO, COBIÇAM AS HABILIDADES DOS OUTROS, SEJAM ELAS MATERIAIS, PESSOAIS, PSICOLÓGICAS, EMOCIONAIS OU ESPIRITUAIS E RELIGIOSAS.ESTAS CRIATURAS POSSUEM UMA AMARGURA ÍNTIMA TÃO INTENSA EM FACE DA CONSTATAÇÃO DA PROSPERIDADE E DO PROGRESSO DE SEU SEMELHANTE. A INVEJA OBJETIVA TANTO AS PROPRIEDADES COMO O PRESTÍGIO, O TER QUANTO O SER; NÃO SÓ OS BENSM, MAS TAMBÉM AS QUALIDADES DO PRÓXIMO, PODENDO TORNAR-SE UM COMPORTAMENTO CRÔNICO NA VIDA DO SER HUMANO. O CONTATO COM OUTRAS CRIATURAS NOS ATRAI, NOS SEDUZ, NOS CONDUZ A QUERER MAIS , A DESEJAR SEMPRE COISAS NOVAS, E NÓS NOS IMPOMOS ALVOS CADA VEZ MAIS ELEVADOS. 
NA INFÃNCIA CRESCEMOS OLHANDO OS NOSSOS PARENTES IMPORTANTES E AMIGOS DA FAMÍLIA. QUANDO ADULTOS NOTAMOS O QUE FAZEM NA MÍDIA COM MODELOS DE BELEZA, CORPOS PERFEITOS, FIGURAS DE TODAS AS CATEGORIAS EM DESTAQUE DE PODER, INDIVÍDUOS AFORTUNADOS, AUTOMATICAMENTE ACABA POR SER FEITO UMA COMPARAÇÃO COM ELES GERANDO A INVEJA, QUE SE ORIGINA ATRAVÉS DOS DESEJOS EXTERIORES. MAS ESTES ANSEIOS DESMADIDOSPODEM VIR A LEVAR COM GRANDE FREQUENCIA A DECEPÇÕES E DESGOSTOS POR NÃO CONSEGUIRMOSSATISFAZER NOSSA EXIGÊNCIA IDEALIZADA. A CADA IDEALIZAÇÃO HÁ POR TRAS NA MAIORIA DAS VEZES A POSSIBILIDADE DE PERDAS. 
A FRUSTRAÇÃO ACONTECE QUANDO NÃO CONSEGUIMOS ELIMINAR O ESTADO DE EXCITAÇÃO E TENSÃO CORPORAL ONDE NÓS MESMOS SOMOS OS RESPONSÁVEIS, ISSO TUDO AO NÃO SE REALIZAR O OBJETIVO ATÉ O MOMENTO TÃO COBIÇADO. NEM SEMPRE ALCANÇAREMOS O EXITO DOS OUTROS, SOMOS CONSTRANGIDOS A RETROCEDER, ESTE ACONTECIMENTO DE RETROCEDER OU SEJA ESTA DECEPÇÃO ACABA POR GERAR VÁRIAS FORMAS EMOCIONAIS COMO A VINGANÇA, ÓDIO, RAIVA, TRISTEZA, DESINTERESSE, ORIGINANDO-SE EM MUITOS CASOS REPULSA E ATÉ MESMO O DESPREZO PELA FIGURA EM DESTAQUE COM O QUAL NOS AVÍAMOS NOS IDENTIFICADO. 
EM DECORRÊNCIA DESTE DESEJO FRUSTRADO , TENTAMOS AFASTAR DE NOSSA MENTE A PESSOA QUE HAVÍAMOSSUPERVALORIZADO, DEPRECIANDO-A, DIMINUINDO SEUS VALORES E QUALIDADES PESSOAIS, AFIRMANDO QUE ELA NADA VALE. ESSA É UMA DAS ORIGENS PRIMORDIAIS DO SURGIMENTO DO BOATO MALDOSO, DA CALÚNIA E MALEDICÊNCIA. A INVEJA PODE SER ANALISADA COMO UM MECANISMO DE DEFESA. É A TENTATIVA DE UMA PRETENSA PROTEÇÃO POR MEIO DE UMAATITUDE DE REPULSA OU DE DESVALORIZAÇÃO DE OUTREM. 
O EGO E SEUS MECANISMOS DE DEFESA SÃO PROCESSOS MENTAIS QUE SERVEM PARA PROTEGER NOSSA VULNERABILIDADE. SÃO MEDIDAS DE AUTOPROTEÇÃO QUE PERMITEM QUE AO SUJEITO SUSTENTAR AS INTEGRIDADE PSICOLÓGICA SERVINDO-SE DE UM “ENGANO”. 
MUITOS SUJEITOS POR NÃO CONSEGUIREM CONVIVER COM SEUS REAIS SENTIMENTOS E EMOÇÕES, TENTAM CONTE –LOS OU ENCERRÁ-LOS, DISFARÇANDO-OS OU OMITINDO-OS. 
ESTES MECANISMOS FAZEM COM QUE OCORRA UMA “ANESTESIA” DE NOSSO EGO, PARA QUE SEJA EVITADO MAISORES DANOS OU LESÕES, OCORREN-SE TENTATIVAS DE PROTEÇÃO E AO MESMO TEMPO BARREIRAS QUE IMPEDEM O ENCONTRO COM NOSSO “EU VERDADEIRO”. O HABITO DA COMPARAÇÃO É OUTRO DOS MECANISMOS DE DEFESA ENCONTRADOS NA INVEJA, PARA NOS DARMOS O DEVIDO VALOR OU PARA NOS SENTIRMOS QUERIDOS, NOS COMPARAMOS COM AS QUALIDADES DE OUTRAS PESSOAS, PARA A PSICANÁLISE ENTE MECANISMO SE CHAMA INTROJEÇÃO. 
VOLTANDO A FASE INFANTIL NOVAMENTE VAMOS PERCEBER QUE IGUALMENTE DESDE NOVOS SOMOS COLOCADOS FRENTE A FRENTE COM O OUTRO, NOS JULGANDO E COMPARANDO SENDO ESTE NOSSO IRMÃO, PRIMO, TIOS E TANTOS OUTROS PARENTES E AMIGOS PROXIMOS, EM OUTRAS CIRCUSNTANCIAS OS PROPRIOS PAIS FAZEM ESTE TRABALHO DE COMPARAÇÃO CRINDO A CRIANÇA UMA ESPECIE DE NIVELAÇÃO OU CLASSIFICAÇÃO EM ETAPAS IGUAIS, SUPERIORES OU INFERIORIZADAS A ALGO OU ALGUÉM. 
NO DECORRE DA VIDA PASSA-SE A CONTINUAÇÃO DA UMA GRANDE AVALIAÇÃO DE TUDO E TODOS , SENDO AVALIANDO OU AVALIANDO , QUERENDO SER SEMPRE OS MELHORES, OS MAIS CONSIDERADOS E APLAUDIDOS, ENFIM SUPERIORES. 
CASO NÃO SEJA ACIONADO EM NÓS MESMOS UM DISPOSITIVO PSICÓLOGICO PARA CONTER EST PULSÃO, PODE VIR A SE TORNAR DESENFREADO, OCORRENDO NCESSANTEMENTE A NECESSIDADE DE JULGAR, DISPUTAR, AVALIAR CONTINUALMENTE TUDO E A TODOS. 
O CICLO DE COMPARAÇÃO PODE SE MANTER ATE MESMO NO NOSSO COTIDIANO POR TEMPO INDETERMINADO, PODENDO SER ESTA SITUAÇÃO ALGUMAS VEZES ATENUADA OUTRAS VEZES BASTANTE ITENSIFICADA DANDO PASSOS A FRENTE E ATRAS. 
A INVEJA SE TRADUZ SEMPRE POR UMA ATITUDE DE COMPETIÇÃO, EM QUE O PODER, PRESTIGIO E SUCESSO NÃO SÃO CONQUISTADOS, E SIM AMBICIONADOS; UMA BUSCA DAQUILO QUE PERTENCE A OUTRAS PESSOAS, OU É MÉRITO DELAS. NOSSAS ASPIRAÇÕES E A AVALIAÇÃO SÃO DOIS PILARES VÁLIDOS E ESTRUTURAIS DE NOSSO MUNDO INTERNO, MAS PODEM SE TORNAR FONTE DE INVEJA. PRECISAMOS SEMPRE NOS APROPRIAR DE NOSSOS VALORES INATOS, POIS TODOS TEMOS FORÇAS EM POTENCIAL QUE TENDEM A CRESCER , AMPLIAR E EXPANDIR E NOS CONDUZ A REALIZAÇÃO DE SER NO MUNDO, TER ATRAVÉS DE NOSSO ESFORÇO FAZENDO O QUE ALMEJAMOS. 
A INVEJA SURGE SEMPRE COMO UM RELÃMPAGO, ATRELADA A IDÉIAS QUE TEMOS DE NOSSO PRÓPRIO VALOR E DO VALOR QUE ATRIBUIMOS AOS OUTROS. A CADA CONFRONTO INVEJOSO ENCONTRAMOS SEMPRE UM OBSTÁCULO QUE NOS COLOCA EM RISCO E EM DIFICULDADES. A CADA CBIÇA FRUSTRADA A O PERIGO DO NAUFRAGIO MORAL. 
MESMO QUANDO SOMOS OS INVEJADOS, SENTIMOS UMA ATMOSFERA DENSA E NOCIVA. A INVEJA DOS OUTROS NOS INSULTA E ZOMBA DE NOSSAS MELHORES INTENÇÕES. HÁ OS QUE PROCURAM RESTRINGIR O NOSSO PRÓPRIO VALOR, DESABONANDO NOSSA IMAGEM E DESSA MANEIRA TENTAM SUFOCAR NOSSO JEITO DE SER E DE VIVER, INTOXICANDO O DIA A DIA.A INVEJA É UMA FORMA TERRIVEL DE AGRESSÃO. 
DEVEMOS SEMPRE PROCURAR EVITAR A AMEAÇA DO SENTIMENTO FACCIOSO, QUE ADIA INDEFINIDAMENTE A PAZ DO PLANETA E SUBLIMES CONSTRUÇÕES ESPIRITUAIS. PODE-SE DIZER QUE O NÚMERO AINDA É MUITO GRANDE DE ORIENTADORES ENCARNADOS QUE SE DEIXAM DOMINAR PELAS GARRAS PERTURBADORAS DA INVEJA, FAZENDO COM QUE ESPESSOS OBSTÁCULOS IMPEÇAM UMA UNIFICADORA VISÃO DA MAIORIA. 
                                                                                                  PRISCILA CABRAL KURRLE 

INSPIRADO NO LIVRO...UM MODO DE ENTENDER UMA FORMA DE APRENDERNETO, FRANCISCO DO ESPÍRITO SANTO

Exibições: 39

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!