As MARCAS e os SINAIS na PELE têm origem na ALMA ?

Através da Dermatologia, estudamos as manifestações cutâneas. A pele é o maior órgão do nosso organismo físico e, por estar completamente ligada ao Sistema Nervoso Central (SNC), nela se encontram muitos receptores de sensibilidade e sensações, além de terminações nervosas. Aliás, essa ligação existe desde a formação embrionária. Parte da pele, como a epiderme, vem do mesmo folheto embrionário que o SNC.
Nosso organismo funciona num sistema de rede, todo interligado, e a pele é um dos órgãos desse sistema. Ela envolve todo o nosso organismo físico, contendo-o, e, através dela, nos colocamos em contato com o mundo, com as pessoas. Portanto, é um órgão de exteriorização das nossas emoções. É também um caminho de drenagem de muitas emoções, através de substâncias, os neuropeptídeos, e tantas outras, as moléculas das emoções, que vão do cérebro até as nossas células da pele.
Expressamos nossas emoções através da pele. Ou seja, existe uma ligação direta com nossa alma, que se expressa através dela. Estudos de terapias a vivências passadas vêm demonstrando que existem correlações entre algumas doenças de pele, hoje, com situações de traumas emocionais com lesões cutâneas graves e as outras vivências anteriores nesta ou em outras vidas.
A verdade é que, através de pequenas lesões dermatológicas, os pacientes trazem grandes dramas existenciais a serem revelados. Algumas vezes, aquela lesão pequena, aparentemente sem importância, traz uma grande oportunidade de conhecermos mais sobre aquela alma necessitada de esclarecimentos e cura verdadeira.
O que eu tenho vivenciado com diversos pacientes é que em algumas doenças, como vitiligo e psoríase, por exemplo, existe uma vivência de “perdas importantes”, como de entes queridos, separações dos pais, medo muito grande de perda da própria vida (acidentes graves) e perda emocional do cônjuge (por exemplo, uma traição). Elas podem desencadear as doenças.
Se o médico estiver atento e procurar prestar atenção, lembrar que ali está um ser espiritual cheio de vivências, poderá aproveitar para sentir melhor a verdadeira “queixa principal” e esclarecê-lo sobre a imortalidade da alma.

Fonte: Jane Maria Modena Bassi/ Folha Espírita



style="display:block"
data-ad-client="ca-pub-6231129105751953"
data-ad-slot="4278584621"
data-ad-format="autorelaxed">

Exibições: 3809

Tags: ?, ALMA, As, MARCAS, PELE, SINAIS, e, na, origem, os, Mais...têm

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Glaucia Norma Cupertino Carvalho em 15 agosto 2016 às 17:49
Eu comecei a ter vitiligo após a morte da minha mãe.Foi muito difícil é duro ,me desapegar. A morte é fácil na teoria,mas quando perdemos um ente querido,a morte é muito traumática. Sempre acreditei em vida após a morte,mas mesmo assim sofri demais.

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!