Alguns membros da Juventude Espírita do Distrito Federal e de Belo
Horizonte visitavam o Chico.
Antes de começar a Sessão do LUIZ GONZAGA, palestravam

animadamente sobre assunto de Doutrina e a tarefa destinada aos moços espíritas.
Uma jovem inteligente, desejando orientação e estímulo, colocou o Chico a par das dificuldades encontradas para vencerem o pessimismo de uns, a quietude e a incompreensão de muitos.
Poucos queriam trabalho sacrificial, testemunhador do Roteiro evangélico, que estava a exigir dos jovens uma vida limpa, correta, vestida de abnegação e renúncia.
Desejavam colher sem semear.
O Chico ouviu e considerou:
— O trabalho das Juventudes, com Jesus, tem que ser mesmo diferente. Sua missão será muito difícil e por isso gloriosa. E recebe de Emmanuel esta elucidação envolvida na roupagem pobre de nosso pensamento:
— Há a cruz de ouro e a cruz de palha, simbolizando nossas Tarefas.
A de ouro, a mais procurada, pertence aos que querem brilhar, ver seus nomes nos jornais, citados, apontados, elogiados, como beneméritos.
Querem simpatia e bom conceito. Se tomam parte em alguma Instituição, desejam, nela, os lugares de mando e de evidência. Querem cargos e não encargos.
A de palha, a menos procurada, no entanto, pertence aos que trabalham como as abelhas, escondidamente e em silêncio.
Lutam e caminham, com humildade, na certeza de que por muito que façam, mais poderiam fazer. Não se ensoberbecem dos triunfos, antes se estimulam e se defendem com oração e vigilância, sentindo a responsabilidade que assumiram como chamados, por Jesus, à Tarefa Diferente.
Entendem a serventia das mãos e dos pés, dos olhos e da mente, do coração, enfim, colocando amor e humildade em seus atos, nos serviços que realizam.
Por carregarem a cruz de palha, toleram o vômito de um, o insulto de mais outro, a incompreensão de muitos, testemunhando a caridade desconhecida, oferecendo, com o sofrimento e a renúncia, com o silêncio e o bom exemplo, remédios salvadores aos companheiros que os adversam, os ferem e desconhecem a vitória da “segunda milha”.
Os jovens presentes estavam satisfeitos. De seus olhos, órgãos musicais da alma, saíam notas gratulatórias exornando o ambiente feliz que viviam.
De mais não precisavam.
Entenderam o Trabalho que lhes cabia realizar nas Terras do Brasil, o Coração do Mundo e a Pátria do Evangelho.
Linda lição com vista também aos velhos, a todos que conseguem ouvir Jesus na hora em que poucos O ouvem.

(Do livro Lindos Casos de Chico Xavier - Ramiro Gama)

Exibições: 1327

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Edelfrides da Silva em 5 outubro 2012 às 10:24

Jesus deixou a sua mensagem,nos quatro cantos da Terra niguém pode negar!.Devemos ser simples e humildes de coração, todavia, inteligentes o bastante para entendermos a nossa razão de sermos um com Jesus,e sermos útil neste Planeta; pois ele nos ensinou que o amor lívra-nos de todo o mal nos dando forças para as lutas vindouras."JOVENS, VOCES SÃO O FUTURO DO NOSSO PAIS". Carreguemos a nossa cruz de palha! Muita Paz!

Comentário de lucimar de sousa em 1 outubro 2012 às 14:11

Muito jovens ,e adultos também,não querem ou não gostam de prestar serviços mais simples(lavar,limpar,cozinhar ,etc),pois acham que essas tarefas,são chatas,pesadas....mas esquecem ,que isso também mostra nossa simplicidade ,humildade em servir..em qualquer setor da casa espirita,que se ache necessario nossa ajuda..é uma bela oportunidade de nos mostrarmos úteis e humildes.

Comentário de Maria das Graças Viga de Oliveir em 30 setembro 2012 às 23:00

A humildade e a simplicidade   devem ser as virtudes mais importantes dos cristãos. O brilho que precisamos deve a nossa luz interior.

Comentário de Edson Marques em 30 setembro 2012 às 0:48

que a  paz de jesus  estejam com todos hoje, agora  e sempre   e lembrem se   orai  e vigiai!!!!

Comentário de Rosangela Pimenta em 29 setembro 2012 às 21:44

Lindo ensinamento.Que todos que leiam saibam abstrair as melhores lições.

Comentário de Edite de Lima e Silva em 28 setembro 2012 às 15:18

Maravilhoso! Estes ensinamentos me faz refletir e querer servir o próximo sempre.

Comentário de maria luzia moreira em 27 setembro 2012 às 21:46

Mensagem maravilhosa.Que os ensinamentos ai contidos, possam ajudar aqueles que se acham melhores que os outros

Comentário de PAULO GALDINO COELHO em 27 setembro 2012 às 17:08

É uma dádiva ler e conhecer esses "Casos". Chico eternamente Chico. Forte Abraço.

Comentário de José Leocrides Martins em 27 setembro 2012 às 16:40

Maravilha!!!

Sempre muito útil a todos os que buscam o aprimoramento espíritual! Abraço Fraterno!!!!

Comentário de Waldeque Garcia da Silva em 27 setembro 2012 às 15:46

Muito boa. Uma lição para nossa vida. Que possamos colocá-la em prática.

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!