A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, flor, planta e close-up

Estamos
andando na contramão. Busquemos primeiramente a felicidade e a saúde virá por consequência. Esse é o roteiro proposto por Jesus ao nos ensinar que deveríamos em primeiro lugar buscar o reino de Deus, porque tudo o mais nos seria acrescentado. A saúde é filha da felicidade, é consequência e não causa, é fruto e não árvore.
Muitos enfermos vivem mal-humorados, azedos, pessimistas e
agressivos, portanto não buscam o reino de Deus em si mesmos, e por isso a lâmpada da saúde não se acende quando a mente está em trevas.
A felicidade produz um aroma tão espetacular que atrai todas as
coisas boas em seu caminho. A doença se estabelece quando não estamos sendo capazes de sentir felicidade em nossa vida.
Onde, pois, encontrar a felicidade? Ela não está fora de você, não
é um carro, uma casa, um emprego, uma pessoa. A felicidade é o produto de um estado de consciência que brota da satisfação de nos sentirmos realizados perante a vida. O homem se realiza quando ele emprega com sabedoria todos os potenciais de sua alma, fazendo aquilo que está de acordo com a sua natureza. Em palavras muito simples e resumidas, o ser humano é feliz quando ele coloca alegria em tudo aquilo que faz. E a alegria é um dos melhores tônicos para a saúde.
Quando, porém, o homem não realiza seu propósito de vida,
quando não vibra na palta da alegria, geralmente a alma se entristece em forma de doenças das mais variadas espécies. Muitos escolhem seus caminhos profissionais apenas com vistas à possibilidade de enriquecerem a qualquer custo. Trocam seus sonhos à custa de obterem status e segurança financeira. Depois gastam o que acumularam em remédios e tratamentos paliativos , pois os buracos da alma não se preenchem com nada que não seja a realização de si mesmo. O tédio e o vazio existencial são os agentes nocivos mais perigosos da nossa saúde.
Busque saber se a doença não é um grito de sua alma dizendo que está insatisfeita com a vida que você está levando. Ajuda muito nessa hora, voltar ao passado e reencontrar os sonhos da sua criança, pois os pesadelos de hoje são a sombra escura dos sonhos do ontem que não se viveram.
Há quanto tempo você não se permite fazer algo que alimente
seu espírito de alegria e satisfação? Lembre-se da sua
infância e irá se recordar que, com muito pouco, você era feliz porque seus sonhos eram alimentados a todo o instante. Com sua
criatividade e imaginação, um simples cabo de vassoura se
transformava na espada mágica de um super-herói. Com uma bola de meia em uma rua esburacada nos sentíamos como um verdadeiro astro do esporte. E tomávamos chuva, andávamos descalços, ficávamos no sereno, vivíamos com as mãos sujas de terra, e quando doentes nos tratávamos com o farmacêutico do bairro. Tudo isso porque éramos felizes.
E por que agora você tem mais facilidades e não desfruta a mesma alegria de viver? Porque largou sua criança em algum trecho do caminho.
A enfermidade é um convite para que você a reencontre. Conecte-se com sua criança interior, ela saberá apontar o que está faltando para você ser feliz. Busque cada vez mais fazer o que gosta e se não puder fazer tudo o que gosta, aprenda a gostar de tudo que faz. Eis aí o segredo da felicidade.
Não permita que uma pessoa idosa habite seu corpo, pois isso é
um passaporte para o mundo das enfermidades. Desperte a criança que ainda vive em você, deixe que ela lhe traga mais alegria, espontaneidade, curiosidade, espírito de aventura, contentamento, criatividade, divertimento e pureza. Aí está um verdadeiro laboratório de remédios poderosos para curar qualquer doença.
Jesus falou que somente entrarão no Reino dos Céus os que se
assemelhem às crianças. E poderíamos complementar que somente entrarão no reino da saúde os que viverem a felicidade de uma criança.
Texto extraído do livro “O MÉDICO JESUS” - de José Carlos De Lucca.

Exibições: 34

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!