Quando os fariseus arrastaram aos pés de Jesus a adúltera, tiveram eles um momento de gôzo supremo.

     Porque não há para o fariseu delícia maior do que remexer latas de lixo -- em casa alheia.

     Assoalhar em praça pública as fraquezas do próximo.

     Quanto mais raquítico e depauperado é um caráter, tanto mais sente a volúpia de fazer estatistica dos pecados alheios e catalogar as virtudes próprias.

     Censurar imperfeições de outrem, este direito só assistiria ao homem perfeito.

     Mas o homem perfeito é tanto mais indulgente com os outros, quanto mais austero consigo mesmo.

     "Mestre - dizem os sepulcros caiados - esta mulher foi apanhada em adultério. Mandou Moisés que apedrejássemos semelhantes mulheres. E tu -- que dizes?

     Sorriem à socapa os impeidosos censores, prelibando os cruéis apuros do profeta galileu, como entendiam.

     Pois, se absolvesse a deliqüente, contradiria a Moisés, ---se a condenasse, contradiria a si mesmo, à sua doutrina de indulgência e perdão.

     Ou Cristo contra Moisés, ou Cristo contra Cristo --- dilema fatal !

     Tão bem armado estava o laço que a incauta avezinha não fugiria à catástrofe.

     E os maldosos caçadores se põe à espreita, ansiosos por ver a avezinha pisar no fatídico alçapão.

     Após uma pausa de estranha atitude e gestos, responde o Rabi Galileu, sereno e calmo: "Quem dentre vós for sem pecado, lance-lhe a primeira pedra"...

     A deliqüente deve ser apedrejada --- Cristo com Moisés.

     Mas por mãos impolutas, pois não convém que pecadores castiguem uma pecadora -- Cristo acima de Moisés.

     Perplexos, entreolharam-se os pérfidos caçadores, voltou-se contra eles o laço que à avezinha armaram...

     E, antes de cairem vítimas da própria aramdilha, retiraram-se, confusos, cabisbaixos, derrotados...

     Por demais clarividentes eram as pupilas do Nazareno, penetravam a superfície florida daqueles sepulcros e descobriam a podridão interior.

     Conheciam a alma dessa "geração adúltera"...

     Desses hipócritas profissionais --- escandalizados de uma fraqueza eventual.

     Ficaram sòmente a adúltera e Jesus; a miséria e a misericórdia...

     Lá estava, pois o homem que à pecadora podia lançar a primeira pedra; a primeira e a última...

     O "homem sem pecado..."

     Mas, como podia a infinita pureza deixar de ser a suprema caridade?

     E, em vez de lançar à pecadora pedras mortíferas; lançou Jesus à penitente palavras de perdão e de vida: "Nem eu te condenarei; vai-te em paz e não tornes a pecar..."    (De alma para alma).

    

Exibições: 1039

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de adão de araujo em 20 dezembro 2011 às 14:59

Oi Sandra Helena: Dissestes bem: "Precisamos aprender a utilizar o freio de nossa língua na hora de julgarmos alguém"...  O fato é que muitas vezes as pedras jogadas em forma de calúnia ou acusações verbais causam muito mais dano que as pedras dos Fariseus. Algumas calúnias destroem a vida do caluniado. Sem dar-lhe a chance de defesa.

Alguém disse que "uma mentira repetida mil vezes, acaba sendo aceita como verdade". Portanto ...

Abraços.

 

Comentário de sandra helena dos santos de oliv em 20 dezembro 2011 às 13:17

nao ha um ser humano na terra qque n tenha pecados, precisamos aprender a utilizar o freio de nossa lingua na hora de julgarmos alguem e voltarmos nossos olhos prara dentro de nos mesmos.

 

Comentário de Denizar Ventura Regis em 19 dezembro 2011 às 22:47

Adão, querido amigo, não sei quem disse isso: "Existem pessoas que não se tornam especiais pela maneira de ser, ou de agir, mas pela profundidade com que atigem nossos sentimentos.", mas seja quem for, disse-o com propriedade, e tais palavras servem perfeitamente para você, e se me permite estendê-las, para nossas queridas Marta e Claudie, e a todos a quem tive o privilégio de conhecer este ano, nesta rede social do Bem.

Quanto ao convite de conhecer Natal, caro amigo José Ivo, tive o privilégio de conhecer em março deste ano, durante minhas férias, e digo, é tudo o que dizem de bom, e muito melhor!!!

Um abraço a todos, um FELIZ NATAL e um ano de 2012 cheio de emoções!!!

Comentário de José Ivo dos Santos em 19 dezembro 2011 às 21:56

"(...) Amigo Adão Araújo: Eu chegarei lá (rsrsrsrs) !!  Já sei "arranhar" um cavaquinho ! Faço um "enrroleiXom": voz - in off - nos pagodes familiares.

    - Adão - Peço minhas desculpas para a 'jabulane'...... Mas, já me apelidaram de: profissional da 'gorduchinha'. Era abilidoso, dizem !! Mas, para alegria dos 'amantes' do esporte: Futebol... , fui  "convocado" para sair de campo ! Daí, Jornalismo me convocou !! (rsrsrsrs) 

        ....Jesus, infelizmente, não nasceu aquí......Mas, deixou Seus servos para recepcioná-los !! Abraços !!!            

Comentário de adão de araujo em 19 dezembro 2011 às 20:23

Amigo José Ivo.  Levanta-te da "arquibancada" e move-te garoto. "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer".

 Passar um Natal em Natal, deve ser algo Sensacional!                                                                                                     Certa vez o time do Internacional de Porto Alegre foi jogar uma partida ( om o ABC, se não me falha a memória)  aí em Natal. Um dos jogadores voltou bem feliz e contando para todo mundo que havia conhecido a cidade onde nascera Jesus. kkkkkkkkkkkkkkkkk

Um BOM NATAL para você e toda sua familia. Abraços.

Comentário de José Ivo dos Santos em 19 dezembro 2011 às 19:30

(....) Amigo Denizar : Fiquei sem graça, juro !!!! rsrsrssss Já sentei na 'arquibancada' para encher de aplausos, justos, a passagem de o nosso AMIGO ADÃO!!! Eh ! Concordo contigo em: número, gênero e grau, sobre.... !! Outrossim, eu acompanho a súmula do redator !  Como diz o Catedral: "...Não sei o dia! Não a hora ! Mas, sei o lugar que vamos nos encontrar - irmãos !"

  P.S.: Caros amigos: Venham, qualquer dia desses, passar um NATAL em NATAL. Venham !!!  Que o BOM  VELHINHO ENCHA DE "LUZES  NOSSAS ÁVORES"  ! BOAS  FESTAS !!!!

Comentário de adão de araujo em 19 dezembro 2011 às 16:54

Oi Denizar. Grato pelas referências. Humberto Rhoden disse certa vez: "  Não vale  a vida pela extensão que ocupa no espaço ou no tempo, vale pela intensidade com que é vivida "...

    Aproveito o ensejo, estamos na semana do Natal, para desejar a você e seus queridos familiares, um NATAL DE MUITA PAZ,  em nome de Jesus. BOAS FESTAS, companheiro !!!

Comentário de Denizar Ventura Regis em 19 dezembro 2011 às 16:22

Adão, querido amigo, o José Ivo eu não sei o que vai dizer, mas eu digo que tu és meu ídolo... (rsrsrs).

Sem brincadeiras, você é para mim um exemplo de pessoa voltada para o Bem, sempre ativo e produtivo!!!

Um grande abraço.

Comentário de adão de araujo em 19 dezembro 2011 às 14:08

Maria Luisa. Grato pela visita. BOM NATAL pra você.

Abraços.

Comentário de adão de araujo em 19 dezembro 2011 às 14:07

José Ivo: nós temos todas essas habilidades em estado latente. É, porém, evidente que algumas dependerão do biotipo e da idade cronológica da pessoa.

Ouça meus exemplos, sem vaidade nenhuma. Aprendi a tocar violão após os 50 anos. Agora estou estudando música e aprendendo a tocar teclado. Já sei tocar "parabéns à você" rsrsrsrsrsrsrsr

Até aos 55 anos corri muitas meia-maratonas. 25 km. Ganhei algumas medalhas.

Um sábio disse que: Gênio é 98% de esforço e 2% de inspiração.

Que me dizes, tu?

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!