* Referência: Capítulos do Livro Seara dos Médiuns - Chico Xavier/Emmanuel (FEB).
Objetivo: estudo de questões do Livro dos Médiuns (LM) de Allan Kardec.
Roteiro: Meditação - Leitura da Questão - Curiosidades.
(Meditação sobre o capítulo 62-Discernimento)
Reunião pública de 26-8-60
Questão LM no.216.


Discernir (vide Dicionário Priberam)
(latim discerno, -ere, separar, distinguir)
verbo transitivo.
1. Distinguir.

2. Estabelecer conveniente diferença (entre coisas ou pessoas).
3. Discriminar.
4. Conhecer.
5. Julgar.
6. Apreciar.
7. Medir.
8. Avaliar bem.

O que pensar dos grupos de trabalho que OBRIGAM o trabalhador ao estudo?

Daquele tipo:
só trabalha aqui quem freqüentar o estudo X! E ponto.
Postura ditatorial? Abuso de poder?
Atentado contra o livre arbítrio?
Ou reconhecimento que não nos é permitido esquecer a importância da educação?

No meu grupo de trabalho, percebi que são muitos os trabalhadores mais experientes que só aparecem para o atividade prática, cabulando habilmente os horários de estudo.
Triste realidade!

"Não somente ajudar, mas também discernir.
"Não apenas derramar sentimentos como quem faz do peito cofre aberto, atirando preciosidades a esmo, mas articular raciocínios, aprendendo que a cabeça não é simples ornamento do corpo." — convoca-nos Emmanuel nesse capítulo.

E faz uma linda analogia entre o par "coração/cérebro" e o relógio de pêndulo. Se o pêndulo marca o compasso das horas, o coração marca o pulsar da nossa vida.
Porém, o pêndulo tem pouco significado sem as indicações do mostrador do relógio.
Nesse contexto, um é imprescindível ao outro.
Eis aí a importante conjugação que precisamos produzir entre coração e cérebro, no contexto de nossas vidas!

Em nosso cotidiano, podemos observar os efeitos de algumas conjugações infelizes desse par:
» Se o trabalhador é relapso, o gerente mais qualificado não o admite.
» Se o redator tem textos simplórios, suas virtudes são desconsideradas pela mídia.
» O cirurgião responsável prefere dispensar aquele instrumentador despreparado.
» O aluno faltoso é motivo de preocupações para o professor engajado.

"Na mediunidade, quanto em qualquer outro gênero de serviço, é indispensável que o trabalhador se interesse pela melhoria dos próprios conhecimentos, a fim de valorizar o amparo que o valoriza."

Não tem como manter um bom trabalho mediúnico ao longo do tempo sem burilamento, disciplina, suor e renúncia.

Nos educando, aprendemos a distinguir entre certo e errado, convém e não convém, está bom ou está ruim, suficiente ou não, adequado ou não. Aprendemos a discernir.

Discernimento é luz que nos auxilia a fazer bem todo bem que precisamos fazer.
"Brilhe a vossa luz diante dos homens para que os homens vejam as vossas boas obras",
— disse-nos Jesus.

"É ainda pela mesma razão que o espírito da Verdade recomendou a Allan Kardec que gravasse na Codificação do Espiritismo a inolvidável advertência:
"Espíritas, amai-vos! — eis o primeiro ensino. Instruí-vos! — eis o segundo.""

==&==

O seu grupo OBRIGA o trabalhador ao estudo?
Se você gostou do assunto ... clique aqui!
Se você gostou do assunto ... venha ler!
Se você gostou do assunto, / faça como todo mundo,
Dê um clique ... e venha logo aprender!!
Seara dos Médiuns > 62-Discernimento

http://estudandocomchicoxavier.wordpress.com/

Exibições: 1687

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de Inacio Queiroz em 26 março 2012 às 19:11

Amigos,

Gostaria de agradecer a todos pelos muitos comentários.

Sempre lembrando que o mérito pertence à inesquecível dupla Emmanuel / Chico Xavier.

E, se podemos honra-los de alguma forma, lembremos de não guardar para nós mesmos aquilo que hoje aprendemos.

Só assim, libertando as idéias luminosas da Boa Nova para aqueles que já despertaram para ela, estaremos ajudando na construção de um novo mundo, o tão ansiado Reino do Senhor, de amor, entendimento e paz sobre nosso planeta.

Muita paz para todos.

Comentário de ednamara soares xavier em 15 março 2012 às 15:02

Este texto so´vem nos concientizar nos os médiuns da importancia do estudo  do dicernimento ,a disciplina,amor para esta missao que prometemos ao pai esta cumprindo aqui na terra  que é a divulgaçao do evangelho e nos tornamos verdadeiros discipulo de cristo ,abraços fraternos gostei muito da postagem.

Comentário de Rivaldo Souza silva em 13 março 2012 às 9:40

Belissimo alerta !!

Comentário de Fabio Alves dos Santos em 12 março 2012 às 16:25

Muito bom poder ler este conteúdo e ler os comentários tecidos por hora.

A Casa que frequento e trabalho sempre bate nesta tecla e sempre nos chama a atenção sobre a importância da leitura das obras básicas.

Entendo que tudo isso serve para engrandecer nosso conhecimento e nos preparar para aqueles momentos em que precisamos por a prova nosso conhecimento em benefício do próximo.

Infelizmente já ouvi de pessoas com certa expressão no movimento que, de certa forma, acha  patético a casa que ministra "cursos" sobre o Espiritismo. Será?

Estou feliz com tudo que aprendi e que venho aprendendo dia a dia, pois quando uso meu conhecimento para ajudar, é aí que aprendo ainda mais!

Comentário de JOANA ROSA RODRIGUES em 11 março 2012 às 18:40

"Amai-vos e instruir-vos"  este é o caminho...

Comentário de Maria Teresa Sobieranski em 11 março 2012 às 16:07

O estudo nos enriquece, nos esclarece, nos forma. Sem ele, seremos trabalhadores "ocos" da boa palavra.

Todo trabalhador tem por compromisso, estudar sempre!  A sabedoria e o conhecimento são imprescindíveis.

 

Comentário de Francini Araujo Gogosz em 11 março 2012 às 12:53

Nós passamos a vida sempre aprendendo ... aquele que afirma já saber tudo, se encontra em total escuridão...vamos viver aprendendo até os últimos dias de nossa vida terrena e após nosso desencarne, continuaremos aprendendo na Seara Bendita de nosso Pai Celestial ... a morte em si é uma lição... Fiquem todos na paz...

Comentário de augusto cesar borges em 10 março 2012 às 21:02

     Não se discute o grande valor das parteiras, que em regioes distantes, na Amazònia e em outras regiões do Brasil salvam a vida de bebês e de mães. Entretanto qual seria a capacidade dessas mesmas senhoras se tivessem acesso ao estudo nas linhas das Universidades ondem se transformariam em brilhantes obstetras, que com o buril do estudo seriam brilhantes instrumentos da Medicina, com uma capacidade ainda multiplicada na arte de ajudar e salvar vidas. Médiuns dedicados são indispensáveis, com estudo seriam multiplicadores de bondade e caridade.

Comentário de diana fernandes dos santos em 10 março 2012 às 19:36

e muito bom essas palavras.e muito lindo

 

 

 

Comentário de Danilo Felix em 10 março 2012 às 15:17

Concordo plenamente,o Espirita deve estar constantemente estudando.

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!