Informação

Estudantes de Rosacrucianismo

Grupo destinado a unir frateres, Sorores e demais interessados na maior e mais antiga Organização de cunho Iniciático do Mundo.

Membros: 53
Última atividade: 9 Abr, 2015

Fórum de discussão

ROSACRUZ

Iniciado por ROBERTO GUIMARÃES FERNANDES. Última resposta de ROBERTO GUIMARÃES FERNANDES 18 Ago, 2013. 2 Respostas

      AMIGOS. DURANTE MUITOS ANOS, FUI ALUNO DESTA MARAVILHOSA DOUTRINA. SÓ INTERROMPI OS ESTUDOS QUANDO FUI CONVIDADO PARA SER PROBACIONISTA O QUE ME ERA IMPOSSÍVEL NA ÉPOCA, EM RAZÃO DE MUITOS…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Estudantes de Rosacrucianismo para adicionar comentários!

Comentário de Mauricio Antonio Veloso Duarte em 3 abril 2015 às 18:00

Sentir-se vivente

 

Existir não basta. Viver não é tudo.  É preciso saber-se vivo.  É necessário ter consciência da própria vida.  Quase um valor “sem valor” em tempos de conectividade e informação altamente globalizadas e velozes, é com estranhamento, talvez, que muitos ouvirão o que tenho a dizer.  Viver plenamente corresponde a estar em sintonia, em completa afinidade com a existência. Em tal estado, os seus desejos, anseios ou vontades são os mesmos do Universo e “você” não é mais “você”.   Não existiria observador e observado.

Sendo o sumo das filosofias orientais, viver em plenitude é muito mais do que isso.  Como dizia Heráclito, o mais oriental dos filósofos gregos, também chamado de o obscuro:

Não seria melhor

Se as coisas acontecessem aos homens

Exatamente como eles querem

Mas por quê?  Por que não seria melhor?  Porque basicamente estamos todos errados.  Quando desejamos, desejamos dinheiro, uma companheira, um companheiro, viagens, um bom emprego, sorte nos negócios.  Mas raramente – ou quase nunca – desejamos mais vida.  Porque a percepção geral e mais difundida é que vida nós já temos, afinal temos um corpo, falamos, comemos, fazemos amor, excretamos.  Mas falta algo.  E para exemplificar esse algo, recorro ao pensamento de Gurdjieff que dizia que o ser humano não tem alma e que precisa conquistar uma.

Compreensão é transformação, mutação.  É uma revelação saber-se vivente e sentir a vida pulsando nas suas narinas com o ar entrando e saindo ou percebendo o movimento da barriga no hara também com a respiração.  É uma revolução ter consciência dos seus movimentos a ponto de “a camisa pesar” como se diz nos meios futebolísticos. 

O inesperado é a tônica da vida – da verdadeira vida – e a menos que você espere o inesperado, não terá  conexão com o sabor da vida na sua acepção mais selvagem e mais única e original.

Na periferia a vida é um espetáculo, os holofotes, as luzes estão todas lá para nos enganar, sejam as pessoas sérias ou não, isso não importa.  O essencial, a harmonia oculta permanece disponível apenas para aqueles que buscam o fundo, o indizível. Como diz novamente, Heráclito: A natureza ama se esconder.  A natureza não é exibicionista.  E nós, apesar de toda a nossa superficialidade, fazemos parte da natureza.  

A naturalidade no viver é nossa por direito, somos filhos do Universo.  Porém, um olhar aprofundado no cotidiano das pessoas, nos mostrará o quanto esquecemos disso.  O inesperado, o desconhecido é dessa natureza, dessa ordem de coisas que trata a vida.  Se soubermos que cada momento do viver é um clímax e que só é preciso permitir, deixar acontecer, viveremos plenamente, como seres humanos em absoluta dignidade e felicidade. Paz e luz.

 

Mauricio Duarte

Comentário de Guiomar Villalba em 25 junho 2014 às 12:30

Estou 11º desta maravilhosa Ordem que tanto bem me fez na minha vida, sou muito agradecida por ser membro Soror.

Aprender é uma arte, aprender com Rosacruz-AMORC é sabedoria

Guiomar Villalba

Comentário de Eliza Maria Barbosa em 17 agosto 2013 às 21:41
Quero estudar e aprender sobre os rosas cruzes. O que devo fazer para estudar e aprender sobre essa doutrina. Paz,amor e luz.
Comentário de Guiomar Villalba em 15 agosto 2013 às 14:16

Eu sou da Ordem Rosacruz, há mais de 30 anos, minha vida teve uma metamorfose completa e boa

Obrigada 

Comentário de Eliza Maria Barbosa em 13 julho 2013 às 17:53
Muito obrigada pela dica você foi muito gentil um grande abraço.Paz,amor e luz.
Comentário de Beth França em 3 julho 2013 às 20:36

Paz Profunda! Frateres e Soros! É com muito amor que entro nesse grupo! Para aprender e distribuir meus conhecimentos.

Que,  a egrégora se fortaleça nesse grupo maravilhoso!

Paz Profunda a todos!

Comentário de Eliza Maria Barbosa em 19 junho 2013 às 11:34
Quero conhecer mais e estudar à distância é possível?
Comentário de Najla Ismair em 18 junho 2013 às 1:40

Creio que é através destes ensinamentos, que aprendemos a ter sabedoria, discernimento, e respeito para que possamos alcançar o equilíbrio, em nossa vida. Sempre me perguntei quem somos nós? de onde viemos? e para onde vamos? Acho que aqui esta as respostas.

Comentário de Mauricio Antonio Veloso Duarte em 17 junho 2013 às 14:44

Estou muito feliz em estar aqui.  Paz profunda.

Comentário de Artur em 14 junho 2012 às 23:34

Boa noite meus caros.
Me interessei recentemente pela mensagem da Rosa Cruz, mas ainda tenho certo receio.
Tenho algum conhecimento sobre espiritualidade, respeito a religião e as decisões de todos, mas nunca participei de grandes grupos que buscam a iluminação.

Venho aqui com vontade e interesse de conhecer um pouco mais sobre a AMORC pela palavra daqueles que a conhecem e confiam.

 

Membros (48)

 
 
 

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!