por Anderson Coutinho - andersonbhz@terra.com.br 

 

O termo origina-se do grego, APO = além de; METRON = medida, no caso, afastamento temporário do perispírito, do corpo físico, sem comprometer a sua ligação com o "cordão de prata", com sua projeção no tempo e no espaço, para locais de refazimento e socorro espirituais. Representa a indução do clássico desdobramento, produzido por componentes materiais somáticos e espirituais do homem. Esta técnica é aplicada por encarnados e efetuada sob a direção e responsabilidade dos Mentores Espirituais, sob o comando energético da mente e faculdades mediúnicas do dirigente e seu grupo de trabalho, isto é, "mentes sob a ação da vontade". A onda energética resultante é condensada/aglomerada e seu fluxo contínuo "aplicado" à finalidade que se destina. A vontade do operador (dirigente) irá exteriorizar os recursos disponíveis através de pulsos energéticos emitidos por contagem magnética. Todo o processo conduzido com AMOR, como extensão da energia criadoras, para ser aplicado na ajuda a pessoas, espíritos desencarnados ou grupos de necessitados.

REGRA DE OURO DA APOMETRIA: Aqui, no entanto, devemos clarinar um vigoroso alerta para os entusiasmos que possamos estar provocando. Como fundamento de todo esse trabalho – como, de resto, de todo trabalho espiritual – dever estar o AMOR. Ele é o alicerce.

No resumo global do tema, poderemos constatar que:

1. Apometria é processo de desdobramento do corpo astral ou mental. É uma técnica anímica, sem relação com mediunismo.

2. Diferente da técnica hipnótica de desdobramento ou passes magnéticos, que são limitados, a Apometria apresenta resultados positivos, mesmo em oligofrênicos com racionalidade quase nulas, inatingíveis pelo hipnotismo.

3. A grande ajuda da Apometria está na sua aplicação em médiuns, para contato facial e objetivo com o mundo espiritual. Com a utilização de médiuns videntes, que podem enxergar no plano astral quando desdobrados é possível:

- ver e ouvir espíritos
- se deslocar no espaço, visitar colônias astrais
- resgatar espíritos sofredores
- se deslocar e comparecer em domicílio de encarnados para verificação do ambiente doméstico e integrar equipes espirituais de limpeza dos lares
- entrar em contato com os médicos do astral

4. Com a Apometria o doente, enfermo ou obsediado, também é desdobrado em corpo astral operando em horizontes livres do envoltório carnal e é atendido pelos médicos do astral, com mais profundidade e rapidez, na presença dos médiuns desdobrados. Os diagnósticos são minuciosos e precisos, uma verdadeira “Ressonância Magnética no Astral”. Os médiuns vão relatando tudo durante o atendimento, diagnósticos, cirurgias astrais, detalhes dos problemas do assistido, origem da enfermidade e orientações para a consolidação da cura. A aparelhagem utilizada nos hospitais do Astral Superior é sofisticada, superior e avançada.

5. Com a Apometria podemos operacionalizar a regressão de encarnados e desencarnados a vidas anteriores, ao mostrar o passado remoto aos enfermos, revelando os vínculos kármicos com outros espíritos, além do tratamento das doenças em profundidade. A técnica é bastante simples, porém há uma série de circunstâncias, que a tornam complexa. Como sabemos há Leis Especiais.

6. É condição primordial e imprescindível que o trabalho tenha cobertura do Plano Espiritual de nível elevado! Sem essa assistência nada se conseguirá!

7. É também imprescindível:

- o nível ético de todos os participantes – encarnados e desencarnados
- que todos os envolvidos na assistências estejam devotados ao bem
- que o trabalho não constitua simples curiosidade, sem o propósito da caridade
- a harmonia de todos os componentes do grupo e a máxima higiene mental
- e que Jesus permaneça entre nós

Abordamos a Apometria nestes quatro artigos de forma superficial, mas adequada ao entendimento do que seja a técnica e suas características funcionais. No entanto, o desdobramento aprofundado das técnicas, as variações de recursos e os estudos de casos e orientações mais aprofundadas sobre a prática, poderão ser aprimorados através da leitura das obras adequadas e da participação em grupos apométricos sérios e atuantes, comprometidos com o Cristo.

Recomendações de leitura:

- O Consolador – Francisco Candido Xavier;
- Espiritismo Básico – Pedro Franco Rocha;
- Obra Completa de André Luiz;
- A caminho da Luz - Francisco Candido Xavier;
- Espírito e Matéria - Novos Horizontes para a Medicina - Dr. José Lacerda de Azevedo
- Espírito e Energia - Novos Horizontes para a Medicina - Dr. José Lacerda de Azevedo
- Ponte para a Redenção - Dimas Silveira.

E por fim, reforçamos com todo o carinho: "Aqui, no entanto, devemos clarinar um vigoroso alerta para os entusiasmos que possamos estar provocando. Como fundamento de todo esse trabalho - como, de resto, de todo trabalho espiritual - dever estar o AMOR. Ele é o alicerce. Sempre. As técnicas que apontamos são eficientes, não temos dúvidas. O controle dessas energias sutis é fascinante, reconhecemos. Mas se tudo não estiver impregnado de caridade com humildade, na disposição de servir no anonimato, de nada valerá. Através da obediência dos preceitos evangélicos, somente através dela, experimentadores e operadores podem desfrutar de condições seguras para devassar esses arcanos secretos da natureza, com adequada utilização dessas `forças desconhecidas´" Paz e Luz!

Tags: Apometria, Desdobramento, Terapêutica, Técnica

Exibições: 179

Respostas a este tópico

Com preceitos evangelicos quer dizer a base Cristão? Se não, não serve?

Não, o texto em análise, escrito por Anderson Coutinho, tinha como público alvo os Espíritas e Umbandistas, que pela sua religião são cristãos, e entendem por preceitos evangélicos, respeito e amor ao próximo, o que na verdade são preceitos universais e de qualquer religião.

 

Abraço, Pedro Luis!

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!