Tendências na Infância e Adolescência, para o bem e para o mal !

Olá, caros amigos do Espirit Book !

    

      Infelizmente, não há como ficar alheio a esse assunto tão delicado.

   

      Principalmente, quando a mídia está falando tanto nesse caso de São Paulo, em que um menino de 13 anos é suspeito de ter assassinado toda a família e depois ter cometido suicídio.

   

      Pode ser até que a suspeita não se confirme e haja outra explicação para o trágico evento.

    

      Porém, já tivemos inúmeros casos parecidos no Brasil e no Mundo.

    

      As perguntas, que ficam, são :

    

      Esse tipo de atitude pode ter origem em uma certa pre-determinação genética, puramente material ?

     

      Pode ter tido influência dos pais, pelo modo de criação, pela profissão que tinham (policiais, sempre armados, falando sempre sobre crimes, etc...) ?

   

      Será alguma dívida, ódio, ressentimento de vidas passadas ?

    

      Será exclusivamente um problema de caráter, de tendência do espírito que se encontrava em fase adolescente ?

    

      Poderia ser um caso clássico de obsessão, por inimigos dos pais, sobre o menino mais suscetível ?

     

      Qual a opinião de vocês sobre o assunto, de uma forma geral ?

   

      Abaixo, o link para um vídeo em que Divaldo Franco fala sobre as tendencias na infância :

   

      http://www.espiritbook.com.br/video/divaldo-franco-tend-ncias-na-in...

   

     

Tags: !, Infância, Tendências, bem, e, mal, na, o, para

Exibições: 1891

Responder esta

Respostas a este tópico

Infelizmente não podemos afirmar quem é o culpado,mas o que podemos fazer é muita oração para todos eles,principalmente para o garoto.Sejam causas de vidas passadas ou não,é muito trise e nos faz refletir sobre o comportamento da sociedade no mundo atual.Que Deus dê a eles toda luz e todo conforto espiritual.

Pode ser carmas de vidas passadas sim, mais como saber é muito triste tudo isso.

Eu sou louco de mais pra opinar no caso.

Eu já fui muito agressivo com familiares meus, em momentos repentinos. Posso dizer que influências espirituais negativas são uma parte do problema, mas não justificativa.

Eu - por exemplo - tenho um espírito obsessor (não sei o que significa, minha mãe me levou no C.A.D.E. e lá eles disseram que eu tinha isso), e muitas vezes esse obsessor toma controle das minhas emoções, mas não do meu corpo. Sou muito suspeito pra falar alguma coisa, por que eu enlouqueço muito facilmente ^.^'

Sinto muito Henrique, mas não posso opinar sobre seu texto, pois não acredito que o menino tenha feito essas barbaridades exploradas pela mídia.

Sim ou não?...

Coração ou razão?...

Justiça ou punição?...

Prova ou expiação?...

Nyl

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!