Quando saber se um casamento com filhos foi desfeito e foi a melhor ou a pior opção ?

Exibições: 3588

Responder esta

Respostas a este tópico

se no casamento não houver mais respeito o melhor e a separação .

muitas pessoas dizem "hoje os casamentos...", eu digo que sempre foram, na sua grande maioria, decididos por interesses diversos: atração sexual orientada somente pela beleza; fator econômico; conveniência social e etc.. não existe para isso, uma orientação, seja religiosa ou de iniciativa de outras entidades governamentais ou civis, que sejam eficientes. os candidatos a pai ou a mãe, por falta de experiência, não fazem uma reflexão adequada sobre a responsabilidade que deve envolver um matrimônio e decidem no calor da empolgação; não analisam as condições econômico-financeiras e, depois, ou um ou outro, ou ambos, não se resignam com a realidade; não se conscientizam da grave tarefa de criar e educar os filhos, dentro do padrão recomendado pelo consenso religioso e social e diversas outras falhas no planejamento da união. depois, quando começam os problemas advindos de todo o despreparo, surgem os desentendimentos e a falta de maturidade faz com que ambos comessem - um mais, outro menos - a não assumir seus encargos e compromissos com o plano rencarnatório, depois entra os ingredientes da vaidade e do egoísmo a solapar a instituição que deveria ser "sagrada". sou de opinião que, quando o casamento apresenta indícios de deterioração, os dois devem tomar atitudes responsáveis, renunciarem a posições rígidas e buscar manter, mesmo que com sacrifício, o equilíbrio do lar edificado. não nos iludamos, seremos cobrados por nossas faltas! os desajustes dos nossos filhos provenientes de nossas negligências, ou posições equivocadas, serão débitos que teremos que resgatar, muitas vezes a custo muito oneroso.  

Duas pessoas que vivem sob o mesmo teto em desarmonia, são pessoas tristes e desiludidas. Nesse caso, é melhor a separação, para que tudo isso não traga  doenças tanto físicas quanto emocionais.

Num casamento sempre trazemos nossas qualidades e defeitos, e, nunca um casamento será algo harmonioso do ponto de vista do ego. Quando focamos em necessidades imediatistas e efêmeras e não procuramos valorizar a companhia do outro ,respeitando, considerando de fato o nosso companheiro(a), então tudo se transforma numa verdadeira competição, onde o único objetivo, passa a ser quem está certo. Em outras palavras.... uma guerra de orgulho e vaidade, onde todos saem feridos e machucados.Num casamento esse processo de crescimento é contínuo e árduo, porém muito gratificante, o outro sempre tem algo a nos ensinar, seja através dos defeitos ou qualidades. Quando não temos paciência para lhe dar com imperfeições do outro, é porquê também não temos paciência para lhe dar com nossas próprias imperfeições, o que revela uma imaturidade grande de ambos os lados.

Um casamento  deve ter um ponto final , independentemente de filhos, quando um , deseja anular o outro em detrimento de seus interesses egoístas!!


1.      Quando você conseguir superar

graves problemas de relacionamentos,
não se detenha na lembrança dos momentos difíceis,
mas na alegria de haver atravessado
mais essa prova em sua vida.

Quando sair de um longo tratamento de saúde,
não pense no sofrimento
que foi necessário enfrentar,
mas na bênção de Deus
que permitiu a cura.

Leve na sua memória, para o resto da vida,
as coisas boas que surgiram nas dificuldades.
Elas serão uma prova de sua capacidade,
e lhe darão confiança
diante de qualquer obstáculo.


Uns queriam um emprego melhor;
outros, só um emprego.
Uns queriam uma refeição mais farta;
outros, só uma refeição.
Uns queriam uma vida mais amena;
outros, apenas viver.
Uns queriam pais mais esclarecidos;
outros, ter pais.

Uns queriam ter olhos claros;
outros, enxergar.
Uns queriam ter voz bonita;
outros, falar.
Uns queriam silêncio;
outros, ouvir.
Uns queriam sapato novo;
outros, ter pés.

Uns queriam um carro;
outros, andar.
Uns queriam o supérfluo;
outros, apenas o necessário.


Há dois tipos de sabedoria:
a inferior e a superior.

A sabedoria inferior é dada pelo quanto uma pessoa sabe
e a superior é dada pelo quanto ela tem consciência de que não sabe.
Tenha a sabedoria superior.
Seja um eterno aprendiz na escola da vida.

A sabedoria superior tolera;
a inferior, julga;
a superior, alivia;
a inferior, culpa;
a superior, perdoa; a inferior, condena.
Tem coisas que o coração só fala
para quem sabe escutar!

Chico Xavier

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!