Boa tarde á todos,

tenho uma dúvida, já conhecia a doutrina espírita, e esta afirma que não é possível a reencarnação de um espírito que ja atingiu a fase de evolução hominal para um animal. Porém muitas filosofias orientais afirmam que isto é possível sim!!

Gostaria de saber a opinião de vocês, pois acredito que seja uma informação importante!!

Abraços á todos, muita luz!!

Marcos Vasconcelos

Exibições: 812

Responder esta

Respostas a este tópico

Metempsicose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Metempsicose (do grego: meta: Alem de : em + psiquê: alma) é o termo genérico para transmigração da alma, de um corpo para outro, seja este do mesmo tipo de ser vivo ou não. É usualmente denominada de metacomorfose. Essa crença não se restringe à reencarnação humana, mas abrange a possibilidade da alma humana encarnar em animais ou vegetais. Era uma crença amplamente difundida na Pré-história e na Antiguidade, sendo encontrada entre os egípciosgregosromanoschineses e na Índia, etc,. Entre osbudistas tibetanos essa migração é possível, embora muito rara (os budistas descrevem várias formas de reencarnação, sob vários contextos diferentes). Os esquimós e outros povos atuais considerados "primitivos" mantém a mesma convicção.

Segundo a Doutrina Espírita, a teoria da metempsicose é falsa, pois a transmigração da alma do homem para o animal implicaria na ideia de retrogradação evolutiva, o que entra em desacordo com um dos principais pontos da doutrina, que diz que o espírito apenas progride, nunca retrograda.

O termo é encontrado em Pitágoras e Platão. Acredita-se que Pitágoras aprendeu seu significado com os egípcios, que por sua vez aprenderam com os indianos. A problemática desse raciocínio é a divergência entre as crenças. Platão e os indianos não acreditavam na metempsicose. Utilizavam o termo na ausência de outro como sinônimo de reencarnação. Já os Egípcios, estes sim, acreditavam na metempsicose (como ela é descrita aqui). Dessa maneira, sendo o termo grego, há polêmica quanto ao seu significado.

Ola Marcos!! Humildemente ,vou procurar responder a sua duvida ,dentro da literatura espírita.A doutrina nos elucida de que passamos necessariamente por estagios evolutivos sendo eles.conforme o Livro dos Espíritos o mineral,vegetal,animal,hominal e angelical.Tu citasse algumas fiilosofias orientais,mas as de convir que se for assim ,poderemos citar muitas outras que terão contradiçoes.Assim .como nos ensina a doutrina,devemos obter as respostas conforme nosso raciocinio juntamente com nossa atenta observação.Pense,se nunca regredimos em termos de conhecimento,como voltaríamos a habitar um corpo que não nos daria oportunidade de raciocinio e consequentemente de não poder refletir sobre os atos que nos impediram de segui adiante no caminho da evoluçao?Pela doutrina espirita a resposta é Não.Podemos sm reencarnar em mundos menos evoluidos,o que ja esta se dando com muitos espiritos que não aproveitaram a oportunidade e que estao sendo expurgados daqui para que o planeta possa seguir tbm rumo a evoluçao!! Ana Bastos(eterna estudante da vida!!) Abraço fraterno....

certinho ana, isso mesmo.

Boa tarde,

 

gratidão por tentarem responder minha dúvida, eu sei que o períspirito de acordo com a doutrina espírita pode regredir sua forma para um animal ou outras formas até chegar ao ovóide, mas não falam de reencarnação em animais. Tenho a dúvida porque os orientais tem um conhecimento mais profundo em relação aos Chakras e reencarnação. Mas não precisamos nos preocupar né, o importante agora é fazer o bem e buscar o auto conhecimento!!
Gratidçao á todos!!
Abraços, tenham uma linda semana!!

Bom, lendo o Livro dos Espíritos notei que o Espírito da Verdade diz que o animal tem sim um espírito que evolui de acordo com suas encarnações, mas é limitado a só ao corpo animal e sua evolução não depende dele pois não tem seu raciocínio, depende das encarnações automáticas, como assim ? 

O seguinte: Quando um espírito de um cachorro por exemplo, perde seu corpo físico, ele não espera para reencarnar de novo como o espírito do Homem racional. Ele encarna imediatamente, e isso que o evolui ja que ele não tem o raciocínio, consequentemente não pode pagar por ações que não é responsável.

O espírito do homem não degrada, ou seja, encarna sim ignorante e mesmo assim mais inteligente que um Espírito de um animal pois tem livre-arbítrio e o raciocínio para escolher o bem ou o mal. Como o corpo do animal o impede de ter esse raciocínio, ele não encarna em animal algum.

Não é uma boa explicação mais ja ajuda um pouco, se eu estiver errado em algo sintam-se a vontade para me corrigir. Obrigado rs !

Como se explica achar um cachorro abandonado e a pessoa que o encontrou não tem afinidade com cachorro mais parece que o cachorro o conhece alem dessa vida e como se estivesse a procura dessa pessoa a um tempo como se estivesse ali para cuidar ou sei lá o que??? E o que está acontecendo em casa não é só agradecimento de se adotado e algo mais concerteza???

Há muita confusão no emprego dos termos metempsicose e reencarnação para designar a transmigração da Alma humana. Animais não reencarnam, porque não são individualidades anímicas, isto é, não são Espíritos, mas Tríades inferiores que evoluem através de almas grupais até o nível da individualização, passando pelos três reinos inferiores: mineral, vegeta e animal. 

Fica claro que não é o Espírito, ou seja, a Tríade Superior, a Mõnada em seu corpo átmico, que atravessa os três reinos inferiores, mas a força anímica emanada do Logos (Deus), que de estágio em estágio vai ganhando complexidade energética e adquirindo propriedade para se manifestar, no devido tempo, num corpo humano. 

Pensar que um ser humano pode reencarnar-se num animal é o mesmo que pretender verter toda a água de um copo em um pequeno dedal. Ou que toda a água de um oceano possa ser contida na concha de um lago. Logicamente, isto não é possivel! 

A metempsicose é transmigração do magnetismo anímico humano contido nos átomos constitutivos do corpo físico, após a sua morte, na formação de novos corpos na natureza, processo comum à lei de transformação. Era o que simbolizava o culto do Boi Ápis no Egito Antigo.

Se desejarmos, podemos definir a metempsicose como a "reencarnação do princípio material", mas nunca como reencarnação do princípio espiritual, pois o Espírito, de fato, jamais retroage. Uma vez colocado em movimento os átomos do seu corpo Causal (chamado Augoeides pelos filósofos gregos) pela evolução de seus veículos inferiores (chamado de perispírito pelos espíritas) jamais cessa a sua consciência desperta.

Por este motivo, tanto Sócrates, Platão e Pitágoras de Samos não aceitavam a metempsicose como reencarnação do Espírito, mas simplesmente como a transmigração dos átomos impregnados do magnetismo humano. Quem pregar o contrário disso, conclui-se, está apenas deitando falação. Buscai e achareis,é a palavra do Cristo. 

A dúvida sincera é motor de evolução. Aqui, na minha página, no meu blog, os interessados poderão encontrar um trabalho de síntese sobre a evolução dos animais, que poderá esclarecer muitas dúvidas.   

Paz a todos!

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!