A Terra é uma oficina de trabalho para os que desenvolvem atividades edificantes, em favor da própria renovação; um hospital para os que corrigem desajustes nascidos de viciações pretéritas; uma prisão, em expiação dolorosa, para os que resgatam débitos relacionados com crimes cometidos em existências anteriores; uma escola para os que já compreendem que a vida não é mero acidente biológico, nem a existência humana uma simples jornada recreativa; mas não é o nosso lar.

Este está no plano espiritual, onde podemos viver em plenitude, sem as limitações impostas pelo corpo carnal.

Compreensível, pois, que nos preparemos, superando temores e dúvidas, inquietações e enganos, a fim de que, ao chegar nossa hora, estejamos habilitados a um retorno equilibrado e feliz.

Richard Simonetti


Exibições: 235

Responder esta

Respostas a este tópico

 Vi Meirim , quanto ao processo reencarnatório, creio que o medo deva existir nos casos em que o reencarnante está num estado de consciência inferior o bastante a ponto de não compreender o que está acontecendo (creio que nos espíritos que mantêm a forma animal se enquadram nisso) devem ter medo. o medo do desconhecido se mantêm.

só porque num lugar onde se reúnem os que mantêm um padrão vibracional baixo, não significa que esse lugar seja ruim; pelo contrário, ele permite que os que lá estão possam analizar com calma as suas atitudes quando encarnados, e serve (além de várias outras funções) aos reajustes cármicos, possibilitando que vítima e perseguidor se encontrem para (quando ambos estiverem preparados) reencarnarem a fim de dar um fim ao drama começado numa encarnação passada.

ou seja, por mais que o umbral e os diversos vales sobrios e cavernas pareçam cruéis, eles têm importantes funções para a evolução dos espíritos que cometeram graves erros no plano físico.

para finalizar tem uma frase do Baghavad Gita que já utilizei várias vezes: o passado só existe na memória, o futuro só sabemos baseado em projeções, não nos dando certezas; só o presente é real e é sobre ele que devemos pensar e agir (se não me engano a frase é mais ou menos assim

Muita luz e paz

Prezado Lincoln De Macêdo 

Obrigada pelos seus comentários. É sempre bom agregar conhecimento.

Abraços fraternos

Vi Meirim

Olá vc ,Lincoln! Sou nova no espiritismo e estou aprendendo muito,só tem coisas que questiono,de que jeito um lugar escuro,com milhares de pessoas gritando,desespero e aflição no ar,medo! Faz alguém pensar sobre seus erros?? Outra coisa,por favor me esclareca,hahaha! Aprendi que somos como crianças para a espiritualidade maior,que evoluímos muito pouco em cada encarnação,então me parece exagero o umbral,acho que como espiritos evoluidos,deveria ter um modo mais suave porém firme,para estes espiritos verem realmente seus erros e serem confrontados com sua realidade,o umbral me parece  muito com o inferno! Só falta o diabo e fogo,hahahah!Desculpe minha forma de escrever,sou simples e escrevo como falo,mas acredito no amor e compaixão e o umbral é contra isto!!Deixar alguém em um lugar assim por erros de vida,onde estamos para aprender,praticar e se errar umbral nela!!Não me parece justo,hahahaha!! E adorei a frase!!Muita luz e amor para vc!!

Minha querida, todos nós receamos o desconhecido! Tivemos medo com o primeiro passito que demos, tivemos medo do primeiro dia de aulas, enfim, receamos sempre uma aventura ou, tudo aquilo que foge à nossa rotina! Ter medo de sofrer para morrer, sim, eu também o tenho e muito! Já vi amizades minhas no caminho da morte, é um percurso muito difícil, no entanto, é certo que algo vamos encontrar, tenho tido muitas provas a esse respeito! No outro lado nada é cruel, seremos nós, ou a nossa consciência a escolher o percurso duma nova vida, com mais ou menos sofrimento, teremos de caminhar para a quase perfeiçâo! Antes de nascermos de novo, muita coisa aprenderemos, acredita, que um dia, quando deixares esta vida terrena, encontrarás cidades de luz e muita paz! Sabes qual é o nosso maoir receio? É deixarmos tudo o que é terreno para trás, somos muito apegados a luxos, mas é mesmo assim a condiçâo humana! Bom domingo, com um beijinho no coraçâo, graça

Querida Maria da Graça !

Muito pertinente o seu comentário com o qual concordo muito.  Realmente, muitos de nós temos medo de deixar os prazeres e paixões humanas que julgamos ser a expressão da verdadeira felicidade.

Abraços fraternos e um ótimo domigo

Vi Meirim

Querida amiga Graça, mesmo nossos irmãos que praticam o mal têm dentro sí o amor, apenas não cultivam, talvez por falta de conhecimento ou esclarecimento.

Obrigado e muita saúde luz e paz.

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!