É possível prever o futuro?Qual a sua visão? Aguardo vocês.. Nyl

Teria a mente humana a habilidade de viajar no tempo e enxergar acontecimentos que ainda estão por vir?

Seperinteressante - Editora Abril

por Tânia Nogueira

Como tinha previsto a própria morte, Nostradamus cuidou pessoalmente de todos os detalhes de seu sepultamento. Conforme sua vontade, foi enterrado em pé na parede de uma igreja e, dentro da sepultura, foi colocada uma placa metálica com uma data inscrita. Isso foi em 1566. Em maio de 1791, durante a Revolução Francesa, um grupo de soldados bêbados abriu sua sepultura e, junto aos ossos, encontrou a placa. Nela estava escrito: maio, 1791.

Esta é só uma das fantásticas histórias contadas a respeito do médico, astrólogo e esotérico francês. Ele é o caso mais famoso do que hoje se define como uma pessoa com capacidade de precognição, ou seja, premonição, prever os acontecimentos do futuro. Altamente erudito, Nostradamus escreveu suas profecias em linguagem cifrada, nada fácil de se entender. Mas seus intérpretes juram que ele não errou uma, que previu a Revolução Francesa, o aparecimento de Napoleão, Hitler, o assassinato de Kennedy. Dizem também que ele previu a terceira guerra mundial e a chegada do anticristo.

Na verdade, há uns anos diziam que ele teria previsto a terceira guerra para 1999. Como não foi, ninguém mais fala nisso. As interpretações mudaram, falam apenas que o mal virá do céu, que haverá um período longo de desgraças e depois tudo se estabilizará.

O quanto há de verdade por trás do mito de Nostradamus é difícil de dizer. Mas ele não foi o único que dizia ter capacidade de ver o futuro. Há outros casos famosos como o do argentino Benjamin Solari Parravicini, que teria previsto a criação do coração artificial e a ocupação de Paris pelos nazistas. O mundo está cheio de pessoas que dizem ter esse dom. E alguns cientistas tentam criar experiências para testar a veracidade desse poder. No Instituto de Pesquisas Bay, em Palo Alto, na Califórnia, por exemplo, foi feito um estudo em que duas pessoas tinham de adivinhar, com dois dias de antecedência, uma etiqueta que lhes seria mostrada. Em 12 tentativas, eles acertaram 11.

Exibições: 1453

Responder esta

Respostas a este tópico

Simone Armond fala que não se pode separar política de religião. Não é verdade. Parece aproveitar um gancho para fazer proselitismo poítico em nome de uma interpretação duvidosa do Evangelho.

Jesus mandou dar a Cezar o que era de Cezar e a Deus o que era de Deus, separando desta forma duas vertentes do comportamento humano. Se acharmos que política está ligada à fé, acabaremos fazendo orações para agradecer por propinas e outras improbidades. Política pode comportar um ideal, mas não é uma manifestação de fé. Repito o que já disse aqui: mude-se o coração do homem para melhor e mudar-se-á o mundo, uma vez que o egoismo cederá. 

Política é forma de governar e religião de educação moral e espiritual. Não  devem se misturar, sob risco de deturpação, como acontece atualmente no Iran. Prova a História que quando se aliam, o bolo azeda. Cito um fato: o imperador romano Constantino I precisava politicamente de um deus para substituir Jupiter nos altares romanos a fim de consolidar o seu poder através de um partido forte. Viu esta oportunidade no apoio dos cristãos, que já o haviam ajudado a ganhar a batalha de Ponte Mílvia.

Os sacerdotes cristãos, por sua vez, enxergaram uma ótima oportunidade de prevalecerem definitivamente sobre os pagãos e o apoiaram na empreitada em troca de benefícios. No chamado Concílio de Nicéia, Jesus foi entronizado como Deus. O resultado, séculos depois, com o advento do Islã, que proclamava que Jesus não era Deus, adotando o lema 'Alah é Alah e Maomé é seu profeta', foram as sangrentas cruzadas que até hoje o Islã não esqueceu, tais as barbaridades cometidas pelos cristãos. A Lei do Carma também não esqueceu. 

O tema aqui, porém, é profecia e não política.

Há uma escala de valores a ser percorrida espiritualmente pela evolução, de geração em geração, de encarnação em encarnação, de modo que o ser humano não pode se modificar repentinamente. Algumas ações do passado podem ser atenuadas ou neutralizadas através das mudanças positivas de atitudes. Algumas reações da Lei, porém, têm de ser enfrentadas, em face de seu enorme potencial quântico.

Assim é que o carma do desejo de hegemonia (forma de orgulho de elevado potencial) permitiu que João, o Evangelista, visse 'gafanhotos de ferro' (aviões) saindo das nuvens e ferindo os homens em terra. Certamente uma alusão aos ataques aéreos da 2ª guerra mundial. Isto não pôde ser mudado.

As profecias visam ajudar os seres humanos a refletirem sobre o futuro, constituindo-se numa forma de tentar salvar aquilo que pode e deve ser salvo. Algumas coisas, porém, parecem ter a inabalável característica de não poderem ser mudadas, realizando-se a despeito de tudo.

Meditemos.

  

 

 

Leiam essa noticia por favor 

QUE DEUS REVELE A VERDADE , PORQUE TODO MUNDO EM MINAS SABE, RECLAMA E QUER QUE INVESTIGUEM !!!! ONDE HA FUMAÇA ...COM CERTEZA HA FOGOOOOO...A MORALIDADE PRECISA IMPERAR NESSE PAIS ....QUE HAJA UM PLEBISCITO PARA REFORMA POLITICA !!!!!!...O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou nesta sexta-feira (17) uma ação contra o governo do Estado por suposta fraude orçamentária nos gastos com saúde durante a gestão do presidenciável tucano Aécio Neves (2003-2010).

http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/promotoria-aciona-estad...

Mais uma coisa ....esse processo fi aberto em 2010 e todo mundo aqui em Minas sabe, todos da area de saude , e mais os professores coitados sofreram muito na mão do PSDB

O passado passou, o presente e o momento de plantar, para colher no futuro, os bons frutos
Paz e Luz
Nyl
"""Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o filho e seu pai, entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra, assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim; e aquele que não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. O que acha a sua vida, perdê-la-á; mas o que perde a sua vida por minha causa, achá-la-á.» (Mateus 10:34-39)"""
Dentro da realidade que vivemos , cai bem o que percebemos acontecer nos dias atuais. Ou se esta com a  VERDADE ...em CRISTO ....a fraternidade , a busca dos direitos humanos para todos , o real auxilio mutuo para o crescimento do pais e a  promoção moral de forma efetiva em relação ao outro , a real distribuição de renda, ou entao 
fechado no egoismo , disputando interesses proprios, onde os ganhos não são para todos e sim para si  numa materilidade excaerbada esquecendo ate dos verdadeiros valores morais .....onde a  verdade diminui frente a mentira...deixando de lado o BEM COMUM...
Nao podemos aceitar que o mal sobreponha o BEM  e que a VERDADE DE CRISTO  se sufoque 
O pensamento de cada um, e o  sentimento que o conduz revela esse racha mesmo no meio familiar!!!
Como CRISTO DIZIA ...ele veio para auxiliar o homem a caminhar no BEM e na VERDADE., na JUSTIÇA ...onde todos estão sob o olhar do mesmo DEUS ....PAI CRIADOR !!!
De certa maneira o pensamento e o coração pode separar em termos , mas o desejo do BEM  é comum a todo homem, porque faz parte da essencia que em si carrega , portanto no final a VITORIA  é do proprio homem no caminhar da evolução !!!!
QUE DEUS NOS ABENÇÕE A TODOS .....AMÉM!!!

Boa noite, Simone! Permita-me comentar.  

1. As palavras do Cristo que V. citou são, para o vulgo, das mais difíceis de interpretar.  Aliás, a maior parte do Evangelho de Jesus foi vazado em sentido esotérico, não devendo, por isso, ser interpretado literalmente sob pena de confundir.

2. Acresce, por outro lado, que o aramaico, língua preferida por Jesus para se comunicar com o povo, era um dialeto de origem humilde da região, em que muitos tinham vários significados, necessitando de serem interpretados no contexto completo do pensamento e não isoladamente.

3. Assim, por exemplo, a palavra que significava camelo também significa cabo ou linha grossa, pois as linhas de coser àquela época eram feitas de pelo de camelo e não de algodão ou seda.  Desta forma, Jesus teria dito que "é mais fácil fazer passar uma linha grossa pelo fundo de uma agulha do que um rico (insensível) entrar no reino dos céus". Tem sentido mais prático do que "fazer passar um camelo".  Ninguém, em sã consciência, tentaria fazer isso.

4. Algumas palavras atribuídas a Jesus talvez não tenham sido ditas das formas que conhecemos. O ensino foi transmitido pela tradição oral durante muito tempo, até que por sugestão de Paulo, o apóstolo, com receio de que o mesmo se perdesse, passou a ser compilado pelos evangelistas.  O primeiro a ser escrito, foi o de Mateus, cerca de 80 ou 90 D.C.

5. Quem participou de um psicodrama sabe como é difícil lembrar fielmente, mesmo alguns minutos depois, de todas as expressões proferidas numa oratória. Por isso, o Espírito de Verdade pediu em 'O Evangelho Segundo o Espiritismo' que se 'tirasse o espírito da letra', isto é, em outras palavras, que se buscasse a razão no sentido de penetrar o verdadeiro sentido dos ensinamentos.   

6. Conflitos até hoje (alguns tenebrosos) têm surgido em função da incompreensão que os homens têm das palavras dos Mestres. Estes invariavelmente se servem  de termos ligados à cultura dos povos aos quais se dirigem. Ao falar de jihad islâmica, por exemplo, Maomé tinha por objetivo estimular a luta que o indivíduo tem de travar para dominar seu eu inferior e não propriamente à guerras sangrentas contra outros povos, visto que Islã quer dizer, apropriadamente, 'abandono à vontade de Deus', um ensinamento contido na quarta sentença do Pai Nosso cristão.

7. Por conseguinte, conforme a situação, as palavras são, na verdade, símbolos, como nessa passagem de Mateus 10:34-39. A palavra 'paz' foi aplicada no sentido de comodismo e "espada" no sentido de força de vontade, luta. Ministrado num momento em que grande parte da humanidade, no ocidente, ansiava por novos ideais religiosos, ao cair nos corações férteis o ensinamento de Jesus trouxe luta para se afirmar sem retorno.

9. Sabemos que no seio de uma família convivem espíritos outrora separados por antagonismos irreconciliáveis, encarnados para os devidos reajustamentos. Unidos pela carne, mas separados por graus espirituais diferentes, esposos conflitam, filhos discordam de seus pais, irmãos de irmãos e vice-versa. O mesmo fenômeno observa-se também no advento do Espiritismo. Nem todos anuem nos mesmos ideais, mas a divisão soe dar-se no plano do pensamento e dos sentimentos, pela divergência de idéias, e não por fustigamento mútuo. Quer dizer: pode-se discordar, mas não é necessário brigar.

10.  Na série não digno do Cristo, não significa que as pessoas não têm valor perante o Poder Supremo ou que não estejam cumprindo o seu dever. Significa que não estão ainda preparadas para uma iniciação maior, caracterizada pela renúncia às convenções humanas, e não que devam ter desamor pela família ou ao dever que cada um  cumpre realizar no mundo.  

11. Jesus teria dado este ensino em razão de que muitos dos que o escutavam e  mostravam desejo de segui-lo achavam-se presos a compromissos materiais ou de família, que não podiam largar, não se justificando, portanto, a renúncia.

12. Quando à palavra 'vida', verifica-se que está aplicada diretamente no sentido da fruição dos prazeres mundanos, pois, vida é toda vibração dos sentidos que faz o Espírito sentir-se vivo. Agindo, porém, desta forma, o Espírito encarnado mantém sua mente presa às sensações da matéria, não podendo aspirar à frequência mais alta da vida superior contida no princípio crístico. Já quem "toma a sua cruz", suportando com dignidade as suas provas e conservando a sua fé e quem voluntariamente renuncia aos prazeres mundanos para despertar a vida interna do espírito, este acha-se no caminho da Verdade.

13. Disse o poeta que República é "vôo ousado do homem feito condor" (Antonio de Castro Alves). Cada povo tem o governo que merece. É a incorruptivel lei de ação e reação agindo no plano coletivo. Vivemos ainda numa semi-democracia, enquanto ansiamos que uma democracia e república plenas correspondam a todos os ideais de progresso nacional. Mas, é pacífico que ambas precisam assentar-se os sobre os sólidos pilares da educação para prosperarem.

Paz a todos os que lerem.

Nizomar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o filho e seu pai, entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra, assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim; e aquele que não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. O que acha a sua vida, perdê-la-á; mas o que perde a sua vida por minha causa, achá-la-á.» (Mateus 10:34-39)"""

 

 

 

A questão moral da politica brasileira é verdadeira e alarmante. È estarrecedor o que vemos no Brasil nos tempos de hoje , onde se faz urgentemente necessaria  uma reforma politica não só no nível da sua composição quanto no mais âmago da sua essencia.

As pessoas entram para oquadro politico nao visando o BEM COMUM mas por interesses individualistas que possam ser defendidos.O povo vota de acordo com os interesses que possam receber  no sentido individualista e não do BEM COMUM ..a base da composição politica é essa.

Aonde fica o ideal da fraternidade , do amor , do auxilio mutuo , das oportunidades que devemos dar ao nosso irmão. A grande maioria não quer e não compreende o que seja a partilha .......Como a maravilhosa imagem da multiplicação dos pães e dos peixes( palavra e alimento).
Precisamos uma reforma moral dentro desse contexto. Vi pessoas que defendiam partidos da esquerda pelo fato de seu parente ser candidato e no segundo turno defende o partido da direita devido a interesses proprios.
No fim fica a visão que nada defende se não a si mesmo...Isso é uma vergonha ....Se aqueles que votam , agem assim , imagine quem esta ai no poder!...Vejo e sinto o governo de Dilma mais proximo dos pobres, dos excluidos , onde o tema central de seu programa é a inclusão dessas classes menos abastardas.....e é por isso que defendo e dou meu voto.Não concebo como cristã , não auxiliar nesse processo através das urnas, me abstendo de ser desse  ou daquele partido.. Luto pelos ideais cristãos ...e esses são relacionados profundamente com a inclusão social ...Negar isso e ficar só na contemplação  fica difícil ....não aprovo métodos ilícitos , como no caso do mensalão do psdb ou do pt , não aprovo falcatruas , mas tenho meu olhar voltado para o pobre. Escolho o candidato pelo seu lado moral , pelo que me passa de confiabilidade , pelo que tenho visto  , na luta de que algo realmente mude na sua essencia ,na distribuição do pão contribuindo para o crescimento de todos....

Não quero citar nomes , mas onde impera a arrogância , o cinismo , as mentiras  dentro desse jogo , com certeza não ha presença da LUZ...Onde impera a luta contra a corrupção , a busca no fundo de um ideal , mesmo que junto dele existam ervas daninhas, ai vejo um sinal de que é preciso não deixar morrer  .O unico jeito de se fazer politica é defendendo as causas sociais ...porque assim se  defendera realmente o que importa. CRISTO  nos tempos atuais não ficaria de fora....e com certeza  não está , pois com a divisão ja esta ai aos olhos vistos ......Quem segue a LUZ  de CRISTO  não perde o RUMO ...á  EVOLUÇÃO seja ela em todos os quadros que o compõe,  desde o interior do  seu SER( no sentido moral)    refletindo nos atos que essa mudança traz....ou seja  de um contexto do coração do homem até a visão material de uma sociedade ..de um PAIS....Concordo verdadeiramente  : República é "vôo ousado do homem feito condor" (Antonio de Castro Alves). Aonde as liberdades , os desapegos que surgem de  dentro de si ...refletem em todos os  teus atos !!!

 

Sobre o último comentário de Simone Armond.

Boa tarde, Simone!

1. Tudo indica que, falando por si mesma, V. interpreta o Cristo politicamente e não como um educador espiritual, que não se dirigiu a governos, mas aos seres humanos. Por que o Mestre hoje tomaria partido ao lado de um governo?  Em Seu tempo não o fez e é certo que hoje, também, não o faria, pois a base para o aperfeiçoamento humano é a educação e não o partidarismo político. Como disse o Buda, a ignorância é a pior praga do universo! 

2. Devemos evitar os extremismos ideológicos, que muitas vezes escondem interesses contrariados. Nenhum líder até hoje, quer no plano político ou espiritual, alcançou a unanimidade. Nem Jesus, nem Buda, Confúcio, Maomé e outros. Todos tiveram adversários. O que não quer dizer que estivessem errados, mas que suas doutrinas ou ações não puderam ser compreendidas imediatamente.

3. Assim, enquanto o povo não aprender a votar com consciência para escolher bem os seus governantes, teremos sempre um 'stablishment' opressor, seja por qual motivo for, pois, como já disse, cada povo tem o governo que merece, sendo isto, no plano coletivo, a mesma lei de ação e reação que governa os destinos humanos.

4. Praticar filantropia não é governar. Concorre para incentivar uma tendência ao comodismo que, a médio prazo, não se mostrará benéfica. Talvez já esteja se mostrando com a estagnação que apresenta o PIB nacional. Fala-se de milhões de empregos, mas se a economia não anda então isto é um artifício. Ninguém fala dos baixos salários e de quantos empregos foram fechados.

5. Para reformar e distribuir renda com proficuidade é preciso coragem. Coragem para: reduzir impostos, taxar a riqueza, combater eficazmente a corrupção, evitar o desperdício, reduzir a burocracia asfixiante, melhorar a eficiência administrativa, dar exemplos de probidade, otimizar a situação dos transportes, das estradas, dos portos, aeroportos, saúde e educação. Todas, no conjunto, medidas positivas, com reflexos favoráveis para a melhoria de salários  e estabilização ou redução do custo de vida, fatores meridianos de distribuição de renda, processo no qual estão envolvidas as três esferas de poder.

6. Escola de qualidade com valorização do magistério, eis a grande solução, pois, como dizia Rui Barbosa, "onde os prêmios se dão aos maus, não há quem de graça queira ser bom". Foi por sua iniciativa que separou-se a igreja do Estado, ou seja, religião de política.  

7. Reino Unido, Suécia, Noruega e outros países da Europa ocidental tiveram que mudar suas políticas assistencialistas, a fim de voltarem a crescer e distribuir renda, pois estavam empobrecendo. Aqui na América Meridional, entretanto, em vez de procurarem implementar políticas desenvolvimentistas, os governos de países como o Brasil, Venezuela, Argentina, Bolívia e Equador optaram, por ideologia, adotar as experiências malograda dos primeiros.

8. Falando dentro do tema, não é difícil prever o futuro.

 - 0 -

O meu discurso  ,'e entre a verdade, e a mentira , prefiro o que e verdadeiro, sou contraria ao egoismo , a arrogancia , ao cinismo , as mentiras , nao estou em luta ideologica,mas sou favoravel a moralidade na politica e nao a engavetamentos de processos..enfim  a favor da ficha limpa .....e o que vejo  hoje e a falta de moralidade na politica, sou a favor do  auxilio efetivo , com oportunidades para todos, atraves de programas q incentivem a educacao como anda acontecendo (pode parecer assistencialismo , mas os investimentos em educacao ( prouni- fies- escola tecnica- dentre outros ) nos leva a compreender que planta se para o  futuro... Modelos de outros paises nao nos servem , nao esta de acordo com a nossa realidade...Vejo a luz onde esta a Justica..social .PAZ para todos nos 

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!