Vivemos num Planeta de Provas e Expiações; os males pelos quais passamos são um castigo? Por que uns sofrem mais que os outros??

Tags: Provas, castigos, expiações, sofrimento

Exibições: 1188

Responder esta

Respostas a este tópico

´Seria uma aberração se ninguém sofresse, nós que vivemos num planeta em que somos ainda muito imperfeito, temos inumeros erros, defeitos, é claro e evidente que temos que sofrer, não existe ser humano nenhum que sejam iguais, uns são bons, outros muito ruim, tudo tem uma razão de ser, tudo é maravilhoso, tudo tem que existir dessa maneira, nós não temos conhecimento nem evolução para entender determinados aspectos da vida.

Amigo Cristovam...Sofremos por escolha nossa. Sempre podemos resgatar nossos débitos através do trabalho e doa Amor, mas só percebemos isso depois de termos aprendido muuuuito com a irmã dor;

Mas vc está certo em dizer que ao vivermos num mundo de provas e expiações, somos espíritos imperfeitos. e como tal, ainda escolhemos o sofrimento para burilar nosso espírito.

Entretanto, à medida que vamos evoluindo, pela Dor, começamos a ser capazes de perceber que podemos fazer escolhas que mudam nossa trajetória da Dor para a Felicidade...

Por outro lado, não devemos encarar a dor como castigo. Muitas das vezes é a ferramenta que a lei de Deus se utiliza para que não incorramos mais uma vez no mesmo erro...Uma vez, soube da história de um homem que veio ao mundo sem braços nem pernas...e foi dito que isso não era pra ele um castigo, mas uma maneira encontrada para que viesse à carne e não tivesse como atentar contra a própria vida, pois era um suicida renitente...

Para refletir, e pensarmos que se hoje sofremos, podemos hoje mudar o panorama do nosso amanhã, com escolhas mais sadias...

Grande abraço!!

Isso é simples. Vivemos dentro de um sistema e todos nós temos nossas funções. É muito complexo as vezes para um homem que nasceu na função de pobre, menos favorecido, etc, enxergar no espelho da sua vida que ele pode sim, assumir afunção que outros exercem. É tipo assim, Ele não consegue entender muito bem a sistemática em que está embutido, mas isso é realmente difícil. Veja a questão de uma arvore no meio da floresta, ela não tem noção da grande floresta que faz parte... Assim são a maioria dos homens, eles não conhecem sua verdadeira força. Seja essa força como for, independente de sua cultura ou religião ou mesmo qualquer crença. Posso continuar se for preciso, mas acho que já deu pra ver que o homem que sofre, Ele não nasceu para sofrer, Ele nasceu para vencer, mesmo o mais sofredor, só depende dEle continuar no sofrimento.

Sofremos por carma, resgate ou  escolhas erradas..  o mal  não existe, tudo que passamos é para o nosso crescimento  moral e  espiritual e o sofrimento terá a intensidade  que nós dermos a ele.

creio que a luz no final do túnel esta mais distante para uns e a jornada a percorrer é sem duvida, dolorosa, cruel, e totalmente incompreensiva, aquela vida que você julga estar sem valores finais, mas que continua procurando os motivos para tanto desencontros, se tornando um pesadelo estar tentando sobreviver, e estar lutando para corrigir o que?  você não encontra motivos, se eles existem porque eu não sei ?    

Os males pelos quais passamos é resultado de nossos pensamentos e ações. A semeadura é livre mas a colheita é obrigatória. Bom dia

Sim, é verdade,  JOANA ROSA,  Dorli...sofremos por nossas escolhas erradas. Sofremos porque ainda não temos amadurecimento espiritual suficiente para saber que mais importante do que EU, é o Nós. Quando ainda vivemos sob domínio do Ego, só procuramos fazer coisas boas para nós e para os que nos são caros. Quando nossa consciência espiritual aumenta, percebemos que o BEM desinteressado, acaba retornando para nós, multiplicado em bênçãos...

Ainda assim, Deus é extremamente misericordioso conosco. Não nos impôe fardos (resgates) maiores do que os que somos capazes de suportar e aprender.

Quando vemos alguém que muito sofre, é porque já está em condições de compreender a lição que seu sofrimento vem trazer... 

Quando a dor nos assaltar, devemos olhar pra ela não como uma inimiga, mas como oportunidade de aprendizado. A pergunta correta deve ser - O que esta dor veio me ensinar? O que eu tenho que aprender?

O que posso fazer para ter um amanhã melhor?

Esse assunto, é muito complexo, se para nós que acreditamos nisso tudo que foi postado aqui, a maioria por falta de esclarecimento, entendimento, cultura, ignorancia, não conseguem ver o mundo assim, com tudo bonito, e com explicações, que eles não conseguem compreender, olham a sua frente, só veem, fome, falta de abrigo, violencia, se criam vendo isso tudo, como podem pensar diferente, esse é o meu ponto de vista, minha opinião, rezem muito por essas almas perdidas, eles precisam. São revoltados com a vida, e ai fico me perguntando, como vamos faze-los entender, esse mundo espiritual a eles.

Querida Serli,

concordo com vc que é muito difícil para nós vermos o sofrimento dos outros e não termos como fazê-los entender a verdade que já conseguimos ver...

Mas angustiar-se com isso tb é se deixar levar pela tristeza e não acreditar na misericórdia divina. Nós já fomos um desses que não entendíamos, que nos revoltávamos...e conseguimos caminhar até onde nos encontramos hoje. Já amadurecemos o suficiente ´para ver que há mais do que a dor, sofrimento, doenças e morte...Por que eles tb não serão capazes de chegar, no momento certo, à essa verdade??

Se entendemos isso, façamos o que está ao nosso alcance, oferecendo nosso carinho, nossa amizade, nossas orações e sentimentos...

Que possamos tb, pedir para que nós tenhamos a sabedoria e fé necessária para entender que tudo tem seu momento certo...

Um grande abraço!

Estamos aqui na terra, como diz a questão acima, a terra é um planeta de provas e expiações.

Se fomos direcionados para nascer neste planeta é porque temos alguma coisa para resgatar e estas provas e expiações não são castigos, mas sim a maneira que a espiritualidade dispõe para que possamos resgatar e compreendermos que agimos de forma errada em um outro momento de nossa vida e precisamos nos melhorar.

Vamos encarar isso como uma forma de nos desenvolvermos, alcançando patamares mais elevados e quem sabe em uma próxima encarnação, possamos reencarnar em um mundo superior, o que significa que estamos aprendendo nossas lições.

Nossa , entao quer dizer que eu escolhi vivem desta forma, afastada das pessoas da família  sem sorte no amor e a cada dia mais sozinha, como posso modificar isto??? atualmente frequento um centro do lado da minha casa, mas apenas tomo passe , pode me orientar , obrigada , isto me deixa muito triste 

Minha amiga  Rosangela Monica, é claro que conscientemente não escolheríamos uma vida assim, como vc colocou. A escolha é através das decisões que vc tomou no passado, e que hoje repercutem na sua vida atual.

Aí vc pode dizer, puxa, mas estou sendo castigada por algo que não lembro?? Acredite, querida, não lembrar é uma bênção, mas nem por isso te faz menos responsável...A Lei de Causa e Efeito mostra que cada ação nossa produz um efeito que lhe é correspondente.Isso quer dizer que se vc cortar o dedo de alguém na outra vida vai perder um dedo?? Não é tão simples, mas . muitas vezes só compreendemos a dor do outro se a vivenciamos...

Por exemplo, se vc é um guerreiro e matou várias pessoas na guerra, pode ser que passe por uma situação de violência e seja linchado por uma multidão (isso é um exemplo)...

Bom, e aí, o que podemos fazer pra mudar isso??

Mudar nossa maneira de viver, mudar nossa maneira de pensar, aprender, se esclarecer...fazer diferente do que tem feito até agora. mudar conscientemente suas atitudes, plantando um amanhã melhor. E, provavelmente, começará a colher os frutos de sua mudança ainda nesta vida...

A vida responde com amor à cada atitude que tomamos em direção ao Bem...

Se quiser saber um pouco mais, siga o link:

"A SEMEADURA É LIVRE, A COLHEITA OBRIGATÓRIA."

Se quiser falar mais, fique à vontade. Juntos a gente aprende melhor...

Um abração!!

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!