Como se faz para perdoar??

 

Para que haja o perdão, é necessário que o ofendido esqueça a ofensa recebida??

Tags: Esuqecimento, Perdão, ofensa

Exibições: 2780

Responder esta

Respostas a este tópico

Prezado Ismael José da Cruz

Humildemente sugiro que os comentários postados aqui sejam fundamentados nos ensinamentos kardequianos.

O terreno do achismo é perigoso e tende a levar a conclusões squivocadas.

Abraços fraternos

Vi Meirim

Aparecido, creio que as questões levantadas têm sido esclarecidas, na medida do possível...Lembrando que cada um entende da maneira como quer, ou como pode...Cada um de nós está num nível próprio, de evolução intelectual, emocional e espiritual...Somos diferentes, e aprendemos com as diferenças...Inclusive, respeitando-as...

Como disse Jesus:"A semeadura é livre, mas a colheita, é obrigatória."

Um abraço.

Sim, amiga  Vi Meirim... o PERDÃO, na sua acepção mais completa, é o esquecimento da ofensa; mas todo impulso positivo que nos afasta de nossas inclinações inferiores, nos eleva...nos faz progredir...é assim que evoluímos, passo a passo, gradativamente...Quando, a exemplo do nosso amigo Ismael, já conseguimos pedir a Deus por aqueles que nos ofenderam, já estamos um passo adiante de quando guardávamos a raiva, e desejávamos-lhe o mal...A evolução se faz por etapas...

Como bem colocado no cap.X do ESE, que vc postou acima, o esquecimento e o perdão são nossa meta; mas tenho que aprender a lutar com minhas próprias dificuldades, para chegar a isso...Todo esforço no bem nos eleva...

"À medida que avança na vida espiritual, a alma que enveredou pelo mau caminho se esclarece e despoja pouco a pouco de suas imperfeições, conforme a maior ou menor boa-vontade que demonstre, em virtude do seu livre-arbítrio. (...) Em resumo, naquele que nem sequer concebe a idéia do mal, já há progresso realizado; naquele a quem essa idéia acode, mas que a repele, há progresso em vias de realizar-se; naquele, finalmente, que pensa no mal e nesse pensamento se compraz, o mal ainda existe na plenitude da sua força. Num, o trabalho está feito; no outro, está por fazer-se. Deus, que é justo, leva em conta todas essas gradações na responsabilidade dos atos e dos pensamentos do homem."

(Cap. VIII, Evangelho Segundo o Espiritismo)

 

Um dia cada um de nós será capaz do verdadeiro perdão, das almas elevadas...Estamos caminhando...

Um grande abraço!

Excelente ensinamento,  claudie lopes!

Obrigada pelo texto lúcido e perfeito e pela oportunidade que me deu de ver a questão sob uma nova ótica.

Muito me ajudou.

Abraços fraternos,

Vi Meirim

Aprendemos juntos, amiga...Por isso as diferenças são tão importantes...Sua resposta também me fez refletir...

Esta é uma das melhores facetas que o Espiritismo nos oferece. A possibilidade de entendermos, instruírmo-nos e refletir com aquilo que trazemos...

Um grande abraço!!

Olá, Cornélia Souza Pimenta,

Obrigado por conversar comigo. V viu? Discussões acirradas, cada qual defendendo seu ponto de vista. Um recado p/ a galera: como Espíritas q somos, devemos nos esforçar p/ respondermos uns aos outros de 1 forma bastante dócil, afável, delicada, polida. Isso pq percebo q alguns dão respostas alfinetando indelevelmente 1 ao outro. Oh! Gente. Respeitemos as diferenças. Dizem q religião ñ se discute. Acho q se discute sim. Somos educados; somos espíritas há + de 20anos; lemos inúmeros livros, inclusive de outras religiões. Podemos muito bem conversar sim. Sobre qualquer assunto e... continuarmos muito amigos.

Bem, Cornélia, a literatura espírita diz q nós ñ temos condições de determinar a distância entre nós e Deus. Mas, conseguimos + ou -, imaginar q esta distância é muito grande. E ñ podendo ir até Ele (por enquanto), queremos q Ele venha até nós. E c/ qualitativos inerentes a nós, humanos involutivos; por isso muitos acham q Deus “pune”, “vinga”; incluive tem 1 doutrina q diz q “no final dos tempos, Deus irá separar de um lado bons e de outro maus e, estes serão destruídos.” Veja aí, o adjetivo “destruídor”; é claro q ñ se encaixa naquele que é a perfeição absoluta .  Daí, Divaldo nos ter dito isto, q Deus ñ se ofende, pois q, se se ofendesse, estaria sujeito as mesmas vicissitudes q nós. Concluímos então q Deus ñ é ofendível. Do contrário estaria ferido o princípio de perfeição inerente a Ele. Abraços fraternais prá todos. LEAODRHO.

Abraços fraternos, claudie lopes

Luz e Paz!

Vi Meirm

Esquecer é difícil,mas deixa a vida te levar e olhe para a frente.

 

NÃO. PORQUE NÃO SE ESQUECE! PERDOAR É NÃO DESEJAR O MAL AO OFENSOR E DAR-LHE OPORTUNIDADE DE"  FAZER ACOISA CERTA". ÀS VEZES, O OFENSOR  NÃO QUER MUDAR E CONTINUA A NOS  OFENDER. ENTÃO, DEVEMOS DAR UM TEMPO PRÁ ELE, AFASTAR-SE DELE. PORÉM NUNCA, NUNCA MESMO  DESEJAR-LHE O MAL, ABENÇOÁ-LO, QUANDO NOS LEMBRARMOS DO QUE FÊZ E BUSCAR VER O QUE ELE TEM DE BOM! NÃO É FÁCIL, PORQUE REQUER TREINAMENTO. POR QUE NÃO SE ESQUECE? PORQUE EXISTE O PERDÃO  EMOCIONAL, É FÁCIL DIZER: -EU LHE PERDOO. E NÃO OLHAR MAIS PRÁ PESSOA! (ESSE É O PERDÃO INTELECTUAL), O EMOCIONAL, REQUER, UMA OFICINA DE SENTIMENTO, PARA NÃO VIRAR MÁGOA, RESSENTIMENTO E VINGANÇA.

Gostei muito de seu comentário,  Leaodrho. É verdade, lamento quando as discussões perdem o sentido do crescimento mútuo, e descambam para a falta de cordialidade...entretanto, temos que aprender a lidar tb com isso...faz parte do amadurecimento...

Quando li, uma vez, essa frase de Divaldo que Deus não era ofendível, achei de uma objetividade cristalina...Quando Jesus nos disse, no Pai Nosso, -"Perdoai nossas ofensas, assim como perdoamos a quem nos tenha ofendido", não estava querendo dizer que Deus deveria nos perdoar...Ele é amor absoluto, incondicional...

Jesus estava nos ensinando como deveríamos ver o perdão...na medida que perdoamos, e nos libertamos, tb seremos perdoados...

Obrigado, um abração!

Ou seja, tentar não me prender ao que passou?? Perfeito!

Abração!

 NADIA, muito bem colocado. Perdoar requer treinamento...É um ato de amor (ao próximo e a nós mesmos). Estamos acostumados a revidar...a levar nosso ego em consideração, atribuindo peso quando ele é atacado...Temos que treinar deixar nosso orgulho de lado, aprender a não reagir...Difícil!

Mas é o caminho...

Valeu!! Um grande abraço!

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!