Gostaria de saber a diferença entre Pec ar e Errar????

Exibições: 645

Responder esta

Respostas a este tópico

Ola!bom vamos la acho que tem muita diferença entre errar e pecar por exemplo, voce julgar uma pessoa,jesus disse nao julgue para nao ser julgado e voce julga uma pessoa  e depois descobre que estava errado,foi um erro que voce cometeu e nao um pecado.

Agora quando voce julga e condena essa pessoa ai voce esta pecando por condenar,como fizeram com Jesus o julgaram e o condenaram a morte e sendo ele inocente.

Outro exemplo e a mulher adultera ela foi julgada por adulterio ate ai estavam certos na lei de moiseis adulterio era  e pecado mortal e condenaram ela a morte,mas quando foi levada a Jesus ele disse ~QUEM NUNCA PECOU QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA, e ninguem o fez.e o que ele disse a ela ONDE ESTAO SEUS ACUSADORES,POIS SE ELES NAO TE CONDENARAM EU TAMBEM NAO TE CONDENO,VA E NAO PEQUES MAS.

Voce julgar uma pessoa sem tem certeza ~e errado,mas voce condenar ~e pecado!

bjos.

Na minha opinião errar é tentar acertar, você pensa que está fazendo certo e acaba errando e pecar é ter a certeza que não esta certo.

Acredito que o pecado decorre de um erro, mas nem todo erro é um pecado. Para entender melhor cito dois exemplos: você pode está fazendo uma comida por uma receita diferente e errar a medida de algum tempero, isso não é pecado. Mas você sabe que agredir  verbalmente ao próximo é pecado e o faz, isso é um erro que que o faz pecador...assim entendo eu.

 Quando cometemos um erro por desconhecimento ou ignorância. Isso faz parte do nosso aprendizado na vida. Só erra quem tenta acertar! Quando erramos por negligência é diferente. Sabemos o caminho a seguir. Mais por omissão nos desviamos. O pecado é muito relativo. Temos as leis morais que Jesus nos ensinou. Desde à época de Moisés. Deus deixou registrado as suas leis.Já no islamismo, muçulmanos ou budistas. Ou seja: no mundo não cristão.   Aquilo que é pecado para nós as vezes não é visto como tal. O pecado é inerente ao ser humano. Que nascemos no planeta Terra. Planeta inferiorizado. De provação expiação. Que caminha para a evolução. Aonde os grandes problemas da humanidade está calcado na ganância, excesso de ambição... Por isso as vezes precisamos lutar com uma força sobre humana para nos corrigirmos. Lembre-se. Só o amor de Jesus nos faz fortes. Para não nos desviarmos daquilo que é  importante. Vivemos em um mundo de futilidades. E temos um longo caminho ainda à percorrer. Um grande abraço!

Errar seria estar na iginorância, não ter conhecimento de causa.

Pecar seria continuar errando, mesmo tendo conhecimento de causa.

Mas nuncaa esqueçam cada qual terá seu momento de esclarecimento, devemos sim ter compreensão antes de avaliar as atitudes de um irmão que que não se transforme em julgo.

As vezes falta apenas uma palavra amiga, ou um ouvido amigo, para uma pessoa para de errar ou pecar.

O que me conforta é que todos tem a oportunidade de se melhorar, já que o Criador no presenteia todos os dias com todos os recursos necessários para nossa depuração, um recurso muito valioso, mas que não possuimos amadurecimento, resignação e indugência para aceitar seriam as adversidades da vida terrena, como as privações materiais, enfermidades entre outras que nos faz refletir sobre nossas atitudes nesta vida ou em vidas pretéritas.

Um abraço à todos estou curtindo as novas amizades, ainda mais quando falamos o mesmo idioma.; foi o legado de nosso Mestre Jesus nos deixou.

Entendo que pecar é um conceito religioso, notadamente católico. Um princípio dogmático mas não filosófico, estabelecido por critérios criados por líderes religiosos, muitas vezes afastados da lógica, da razão e da própria fundamentação daquela religião. Muitos papas católicos, por exemplo, "criaram" pecados por capricho ou interesses personalísticos, em contradição com os princípios de Jesus Cristo.

Já o erro tem uma noção racional, consensual entre a maioria das pessoas, baseado em critérios sociológicos e filosóficos.

Nunca vi um livro da codificação ou mesmo qualquer livro espírita ou espiritualista sério que usasse de forma constante e doutrinária o termo "pecado".

Erro e pecado são a mesma coisa quando os "pecados" foram originados por fundamentos reais. Porém quando criados por interesses escusos de oportunistas, foram simplesmente desmascarados.

Um exemplo: questionar a infalibilidade papal já foi pecado punido com a morte na fogueira. Hoje é piada!

Abraços.

Não existem diferenças.

pecar - Conjugar
v. intr.
1. Cometer pecados.
2. Errar.
3. Tornar-se peco.

Confrontar: pesar.

errar - Conjugar

v. tr.
1. Enganar-se em.
2. Não acertar com.
3. Não dar em.
4. Não dar com; perder-se em.
v. intr.
5. Vaguear.
6. Enganar-se.
7. Perder-se.
8. Esgarrar.
9. Pecar; flutuar.

A diferença está aos olhos de quem analisa o fato. Será um erro aos olhos de alguns espiritualistas que não acreditam no conceito do pecado; e será um pecado quando acreditam nele. Erro, via de regra é a tentativa de fazer, e por ignorância, inabilidade ou desconhecimento não se acerta o que pretendia fazer, então classifica-se o resultado contrário como sendo erro. Pecado é uma transgressão consciente as leis vigentes e relacionados à igreja. Se observarmos a natureza Divina - Deus, não existe pecado, mas sim erro. Pecado tem a conotação de eterno, ou seja, quem peca está fadado a pagar pelo pecado eternamente, ou até o arrependimento. Deus, pela sua natureza de Amor, Caridade e Benevolência, Justica e Misericórdia, nunca destinaria o ser - Sua Criação - a fadar ao infortunio dos tempos. Muito pelo contrário, sempre Dá chances do ser poder corrigir seus erros, a fim de que possa encontrar a "Angelitude" ou a "perfeição relativa". Para Deus ningupem peca no sentido literal, apenas erra, no processo de experenciação. O pecado surgiu com a igreja a fim de disciplinar pelo medo do "inferno" um povo duro e ignorante, que tinha como predominancia os instintos e a animalidade. Iniciou-se pela intgerpretação biblica do "pecado original" que fadou o homem ao pagamento eterno de um erro de seus ancestrais (adão e eva). Por isso, todos carregamos o arquetipo do pecado original, julgando-nos responsáveis por algo que não nos pertenceu. Tudo é uma forma de visão, baseada em nossa concepção de conhecimento. Se acreditamos que quando erramos, mesmo que contra as instituições regiliosas ou suas leis, iremos pagar, isso significa que pecamos, e ou nos arrependemos e não pecamos mais - para poder encontrar a remissão de nossos pecados; ou encaramos como um erro e buscamos a oportunidade de corrigi-lo (Capitulo VII do Céu e o Inferno - Alan Kardec). No conceito psicológico é não acreditar que se pode modificar uma situação e ficamos no pecado; Errar pelo mesmo conceito é se dar a oportunidade de corrigir, ressarcir e modificar a situação, melhorando-a e crescendo para não errar mais... Assim como Jesus sempre disse ao curar: Vá e não erre mais! (Outras traduções dizem Vá e não peques mais). Abraço

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!